BURGMAN 650 Executive BURGMAN 650 Executive Quente

BURGMAN 650 Executive

Marca

Fabricante
Suzuki

Descrição

Visão Geral
Com o maior motor de sua categoria, o Burgman 650 tem forte aceleração na cidade ou na estrada. O potente motor com refrigeração líquida possui 638cm3 e combina a maior cilindrada de sua categoria com o design de uma verdadeira obra-prima.
O chassi tubular e a balança de alumínio permitem o posicionamento do motor mais à frente, oferecendo mais equilíbrio e agilidade.
O piloto e seu passageiro vão apreciar o passeio com amplo e macio assento, que pode transportar com total conforto, inclusive em longos trajetos.

Motor/Transmissão/Chassi

Cilindrada
650,00 cc
Tipo do Motor
DOHC / 2 cilíndros cilindros / 4 tempos tempos / Arrefecimento Líquido
Combustível
Gasolina
Potência máxima
55,00 cv a 7.000 rpm
Torque máximo
6,32 kgf.m a 5.000 rpm
Transmissão
CVT
Injeção
Eletrônica
Partida
Elétrica
Chassi
Aço
Suspensão Dianteira
Convencional
Balança
Convencional

Dimensões

Peso (seco)
0,00 Kg
Peso em Movimento
269,00 Kg (MVOM)
Comprimento
2.260 mm
Largura
810 mm
Altura
1.435 mm
Altura do Banco
750 mm
Distância entre Eixos
1.595 mm
Pneu Dianteiro
120/70 R15 M/C (56H), sem câmara
Pneu Traseiro
160/60 R14 M/C (65H), sem câmara

Galeria de Imagens

BURGMAN 650 Executive

Análises dos usuários

Avaliação média dos usuários: 3 usuário(s)

Para escrever uma análise por favor registre-se ou login.

Satisfação Geral 
 
10.0  (3)
 
Visual 
 
7.7  (3)
Conforto 
 
10.0  (3)
Performance 
 
9.3  (3)
Dirigibilidade 
 
9.3  (3)
Consumo 
 
6.7  (3)
Custo x Benefício 
 
8.3  (3)
 
BURGMAN 650 Executive 2013-03-14 20:47:45 Renato Ferreira
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Renato Ferreira Analisado por Renato Ferreira    14 de Março de 2013
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
Para quem está acostumado ao mundo dos scooters de cara percebe a diferença que a Burgman 650 Executive tem dos demais scooters, principalmente itens que só ela possui como ajuste elétrico da bolha, rebatimento dos retrovisores também elétricos. As maiores diferenças são provenientes da parte mecânica como motor bi-cilindroco que deixa o scooter muito macio, com vibração muito reduzida aumentando o conforto, motor com ótimas respostas, embreagem com discos húmidos. Outro grande diferencial é sua transmissão automática, o SECVT, que se trata de um CVT eletricamente variável e controlável, o que possibilita 3 modos de pilotagem, no modo drive "D", Power mode que deixa o scooter com respostas mais rápidas e fortes e o cambio sequencial de 6 velocidades que simula 5 marchas e um over drive. O ajuste do posicionamento das polias durante a pilotagem no modo automático é muito bem ajustado deixando a pilotagem mais gostosas e ágeis. O conforto ao se sentar sobre ela é muito perceptível, um verdadeiro sofá o que permite longos períodos sobre ela sem muito sofrimento. O ABS é um item de segurança fundamental, que na minha opinião deveria ser obrigatório em todas as motos.
De 2009 em diante a Suzuki J. Toledo comercializou apenas as versões não Executive com intuito de reduzir seu alto custo, que se diferencia da versão Executive pela ausência dos freios ABS e ajuste de bolha e rebatimento dos retrovisores elétricos.
Contras
Consumo alto, suspenção sente demais os impactos de nossas más pavimentações, scooter pesada, fragilidade dos encaixes das carenagens, dificuldade para encontrar peças, muitas vezes é preciso vir do Japão e com isso a demora na espera, pois nosso querido João Toledo (representante da Suzuki no Brasil) se preocupa apenas com a venda, o pós venda é algo quase inexistente neste grupo.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Pista
Quilometragem
12.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (10)Não (0)
Denunciar esta análise
BURGMAN 650 Executive 2014-01-01 23:33:51 Roberto Romagnani
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
6.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Roberto Romagnani Analisado por Roberto Romagnani    01 de Janeiro de 2014
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Se estiver pensando em adquirir o melhor dos scooters, pode comprá-la sem medo.

Eu recomendo!
Prós
Para quem procura praticidade, conforto, estilo e segurança, esta é a escolha certa. A Burgman é ótima para pilotar, segura e confortável. O motor é ótimo e faz com que a moto responda muito bem aos comandos. Seu estilo é maravilhoso e o espaço de carga é incomparável. O prazer que a moto entrega à seus condutores é indescritível. Mesmo andando em S.Paulo, não tenho problemas com o trânsito, lembrando sempre que não podemos comparar este sofá com os pequenos scooters devido suas avantajadas proporções.
Contras
A única ressalva fica por conta de irritantes barulhos de plástico na dianteira que (ainda) não consegui resolver. O consumo é compatível a um carro econômico (11 km/l cidade - 17 km/l estrada).

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
1.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (5)Não (0)
Denunciar esta análise
BURGMAN 650 Executive 2014-06-21 14:33:18 Alvaro Guatura
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
6.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Alvaro Guatura Analisado por Alvaro Guatura    21 de Junho de 2014
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises

É desde 2002 referencia em conforto e tecnologia. A unica scooter que conheci que consegue ser boa tanto pra estrada, quando pra cidade.
Pena ser tao datada, se a Suzuki de verdade estivesse no pais já teríamos a versão nova sendo importada oficialmente..

Eu recomendo!
Prós
Tiram o folego: parabrisa regulavel eletricamente, freios abs, cambio CVT com opcao de trocas manuais e opcao pelo modo de conducao, retrovisores rebativeis eletricamente

Contras
Visual ultrapassado... chegou aqui em 2008, mas lá fora foi lançada em 2002... por isso o visual é tão datado.

Manutenção complicada, bem mais que a Burgman400... consumo elevado (aproximadamente 20km/l...

Mercado restrito, é cara, o pessoal olha, olha, e acaba optando por outros modelos de moto. Poderia ter porta-malas maior, como a versao 400cc...

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
  • Pista
Esta análise foi útil para você? 
Sim (5)Não (0)
Denunciar esta análise
 
Powered by JReviews

Postado: 02 Nov 2015 14:42 por renato_furnas #662703
renato_furnas's Avatar
Oloko, 11km/l na cidade, eu nunca consegui um consumo tão alto com a minha. Na estrada ja consegui media de 22km/l mas em media faço 19 km/l. Depende da mão de cada um. Ja fiz 21km/l com uma Burgman 125.
Postado: 19 Mar 2013 08:31 por Soueu #630194
Soueu's Avatar
Peças é um problema geral. É mais fácil encontrar peças, ou substitutivos para veículos antigos. Mais fácil, rápido e barato.
A contatação é óbvia e há razões para isso; mas, "parece haver" um código de defesa do consumidor que assegura uma ideia de garantia na manutenção das coisas legalmente adquiridas... existe !... funciona ???