Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me
  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3

TÓPICO: [VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins]

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 01 Ago 2013 11:08 #1

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Senhores,

Como fiz para a Intruder 250 que eu tinha, estou abrindo aqui um tópico com as manutenções e adaptações que realizo na minha nova moto, a Virago 535.
Comprei essa moto a pouco tempo e como de praxe, eu sempre realizo algumas limpezas, manutenções e adaptações. A medida que forem ocorrendo, vou postando e comentando das dificuldades e sucessos(ou não) das proezas.
Não sou mecanico, sou apenas curioso e sigo o que o manual de serviço me fala pra fazer. Não deveria ser assim nas oficinas? kkkkkkk
Abaixo, umas fotos dela e logo logo, um how to de limpeza dos carburadores.
Abraços a todos.









Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: lampada


[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 01 Ago 2013 11:47 #2

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Fiz uma manutenção nos carburadores esse fim de semana.
Ela embolava um pouco ao acelerar e depois disparava.
Arranquei o conjunto de carburadores da moto, com facilidade. Mas depois pra colocar... Enfim.




Com ele desmontado, retirei as partes móveis e fiz uma bela limpeza com gasolina mesmo. Desmontei os dois injetores, e deles os gicles de baixa, alta e pulverizadores. Fica tudo alojado em uma única peça que é presa ao carburador. Facilita muito nesse caso. Eles ficam no lado esquerdo do carburador(moto).





No lado direito, temos os pistonetes, agulha e diafragmas. Como esperado, e pelo histórico de moto pouco rodada, os diafragmas estava com pequenos furos. Isso me persegue desde a intruder! heheeh Fechei eles com uma "adaptação técnica" até os reparos que comprei chegarem. Paguei R$40 nos dois diafragmas.





Ainda no lado dos diafragmas, peguei um Bombril, e de leve, limpei os dutos dos pistonetes, deixando assim a descida e subida do mesmo mais suaves.

Com os injetores(dos 2 carburadores) nas mãos, hora de desmontar os mesmos e começar a limpar gicles e dutos. Dava para sentir o pincel correndo por cima da sujeira, aquele barulho arranhado...
Desmontei os injetores, todos os gicles e pulverizadores. coloquei em uma sequencia descrita na foto abaixo.



1- Injetores;
2- Gicles de Baixa(40)
2- Gigles de Alta(140);
3- Pulverizadores;
4- *Gigles pilotos de ar(170)(fica no lado do diafragma/pistonete);
5- Parafuso que prende o duto que leva a mistura para o duto principal do bura.
* Os gigles de alta e o piloto de ar, tem exatamente o mesmo tamanho de rosca e diâmetro. Ao desmontar pra limpar, você deve tomar o cuidado de não confundir e montar o piloto de ar no lugar do gigle de alta. Vai dar um excesso monstruoso. :D !!!

Depois dessa mão de obra ai, remontar os pistoes, colocar a mola dos diafragmas, colocar o gigle piloto de ar(nº 170) e fechar a tampa dos carburadores. Regule o parafuso da mistura, que fica do mesmo lado dos diafragmas, com 2 voltas e 1/4. Isso esta descrito no manual de serviço.

Nos injetores, remonte os gigles de baixa, pulverizador, glice de alta. Aperte somente o necessário, sem exageros. Coloque as tampinhas de borracha nos seus devidos lugares.
Vá para o lado esquerdo do carburador e coloque os injetores no lugar e com suas respectivas juntas. Coloque a agulha da boia e a boia no lugar. Aqui, cuidado para a maldita agulha não cair. Ela pode cair nas aletas dos cilindros. (não que isso tenha acontecido comigo....).
Feche o carburador e aperte em X, eu sempre prefiro assim, mas fica a critério. Coloque as mangueiras de combustível e os de escape dos gases.

Feito isso, hora de dar partida na moto e conferir se deu tudo certo.
Aqui quando liguei, foi na hora. Barulho diferente, emboladas sumiram e ela ficou mais esperta. Vamos aos testes na rua.

Quando tiver novidades, posto pra galera.

Abraços


_____________________

03/08/2013

Fala Galera,

Hoje comprei as velas originais da Virago. É complicado aqui em Brasília conseguir peças para motos que não sejam honda. Pqp. Moro em Sobradinho e só achei em Taguatinga. Ainda assim em somente uma loja. Pra quem conhece, sabe como é longe uma satélite da outra. Pra quem não conhece, estamos falando de 50km só de ida. Para nós, brasilienses, sussa! kkkkkkkk

Bem, quando olhei as velas, assim que comprei a moto, já havia percebido que a do primeiro cilindro estava encharcada e a do segundo cilindro seca. Ambas com muita carbonização.
Feita a manutenção nos buras acima, algumas voltas depois e hoje tirei pra trocar.
Elas estava bem melhores mas como já haviam sofrido com o bura mal regulado, não tinha mesmo jeito.

A troca de velas na moto é uma coisa bem trivial, nem me sujei e nem precisa de ferramentas muito complicadas, salvo a chave que saca as velas. No meu caso, utilizei o kit dela mesmo. Tem tudo la.

Para ter acesso às velas, deve-se abrir o acabamento cromado do primeiro cilindro, do lado esquerdo e do segundo cilindro, do lado Direito. Feito isso, basta retirar os cabos de vela, e por ultimo as velas. Sussa.

A informação mais importante aqui, sempre segundo o manual de serviço, é o GAP. O GAP é a abertura do eletrodo da vela. Neste caso entre 0.7mm e 0,8mm. Ajuste com um paquímetro ou uma "régua" para velas. (R$15,00 no ML).

Abaixo, temos uma pequena sequencia de fotos.

Troca das velas da Virago 535.
Velas Originais(Manual de Serviço): NGK BPR6ES
GAP: 0,7~0,8.


Fotos das velas novas:


Velas Velhas:
Não eram originais, era umas AC Delco, mas não tenho certeza da equivalência das mesmas.




Primeiro Cilindro:


Segundo Cilindro:


Até a Próxima.

____________________________

06/08/2013

Senhores,

Apesar deste post ser mais recente, a troca de óleo foi a primeira coisa que eu fiz nela, assim que estacionei em casa.
Trata-se da vida da moto, principalmente por conta dela ser uma moto de média cilindrada e com resfriamento somente a AR.
EU sempre troco óleo e filtro, acho que não vale a pena trocar somente o óleo e deixar o filtro "contaminado".
Comecei a usar, ainda na falcon, o óleo LUBRAX ESSENCIAL para motos cm excelentes resultados. Estou utilizando ele na VIRAGO agora e sem problemas.
Para o cardã, utiliza-se o óleo w90. Estou usando novamente um lubrax, gl-5. Ele é um óleo proprio para engrenagens helicoidais e segundo o manual da virago, pode ser utilizado sem problemas.
Para esse trabalho, dá pra utilizar o kit de ferramentas original também, ele é bem completo.
Caso não o tenha, precisará de uma chave de boca 17(dreno motor, cardã), chave L 5(filtro de óleo)
O processo em si consiste em colocar um recipiente para pelo menos 4 lts de óleo abaixo do dreno da moto. Com a chave de boca 17, afrouxe o dreno mas não solte ainda. Retire o parafuso de cima, onde se coloca o óleo novo e posteriormente finalize a retirada do dreno. Deixe o óleo descer e vá para o cardã.
No cardã, retire o parafuso de óleo(o mesmo serve para ver o nível também), e após colocar um recipiente embaixo do cardã, retire o dreno logo abaixo. O óleo do cardã parece muito com "mel", deixe ele escorrer e prenda novamente o parafuso do dreno. Aperto na medida, sem ser fraco demais e sem querer tirar eite de pedra.
Complete o óleo do cardã com 190ml de óleo 90 novinho. Recoloque o parafuso do nível.
Do lado direito da moto, pegue a chave L-5 e retire os 3 parafusos do filtro de óleo. Vá devagar pois pode cair um pouco de óleo. Retire o filtro velho, limpe o compartimento e coloque o filtro novo. Feche o compartimento.
Pegue os 3 litros de óleo e vá colocando ate completar 2.8 litros. É isso.


Troca de óleo do motor: 3 litros de óleo(2,8 pra troca com troca do filtro);
Filtro de óleo: Mesmo filtro para Virago535, XT600, XT660, Virago 250;
Troca de óleo do Cardã: 190ml óleo 90 de engrenagens helicoidais.


Visão Geral do Motor e sua tampa para colocar o óleo:



Lado Direito do motor, local aonde fica o filtro de óleo.



Local do Filtro de óleo, agora limpo:



Filtro de óleo no lugar. Se atentar para o lado do filtro, o mesmo tem lado correto a ser colocado:



Finalizando a drenagem do óleo:



Medidor do Nível de óleo:



Cardã:



Dreno do Cardã:



Bom aqui não tem muito segredo, basta um pouco e paciência e leitura do manual de serviço.
Abraços a todos e até a próxima.

_______________________________________

09/08/2013

Ontem a noite foi mais tranquila do que imaginei. Resolvi trocar os diafragmas dos carburadores da Virago.
Bem como na intruder 250 que eu tinha, imaginei que nesta moto eu teria que trocar os diafragmas.
Pela idade mesmo, não por descuido, os mesmos apresentam micro furos que influenciam diretamente na carburação da moto e por consequência, seu desempenho.
O processo em si foi mais tranquilo que na intruder, menos trabalhoso de colocar os novos diafragmas.

Caixa dos Diafragmas:


Primeiramente, precisaremos de uma boa chave philips, para abrir as tampas dos carburadores, do lado direito da moto. As tampinhas cromadas. Vai ser necessário uma chave de fenda fina, para ajuste dos parafusos da mistura e equalização dos carburadores.

Com a chave philips, abra as tampas dos carburadores, com cuidado pois com a pressão das molas dos pistonetes elas podem voar longe, junte os 4 parafusos, mola, e reserve. Repita o processo no outro carburador.



Com os pistonetes nas mãos, retire os diafragmas velhos, com cuidado para não estragar nem marcar os encaixes. Estes são justos e devem permanecer assim.



Abaixo, olhem os diafragmas velhos. Comparados com os novos, como esperado, os velhos são de material muito superior. Contudo, os novos que são de borracha mais frágil, são de qualidade e vão durar um bom tempo. Pelo menos o tempo necessário para que eu pense em pensar novamente em troca-los. Os novos custaram R$20,00 cada.




Com cuidado, pegue o diafragma novo e encaixe por toda a circunferência do pistonete, colocando a sua borda menor de borracha na guia de encaixe do pistonete. Com a ajuda de uma chave de fenda fina, vá empurrando e encaixando devagar, com cuidado para nao furar o diafragma.




Feito isso, repita o processo no segundo pistonete.
Após a colocação, teremos os diafragmas colocados e o resultado final deve ficar parecido com o abaixo:





Bom, colocados os diafragmas, hora de montar os carburadores. Coloque de volta os pistonetes, tomando o cuidado de encaixar as bordas nos sulcos que tem no carburador, coloque as molas e em seguida as tampas.
Feche o carburador, procurando verificar se os diafragmas estão corretamente encaixados.
Regule o parafuso da mistura, que fica logo abaixo das tampas, para 2 voltas e 1/4(recomendação do manual de serviço.).

Resultado final: Motor do lado direito, tampas dos carburadores fechadas e limpas.



Legal, agora equalizar os carburadores.
Depois desses trampos todos, hora de equalizar os buras. Pode ser feito nas oficinas ou em casa. Tentei fazer em casa, mas escolhi a mangueira errada e ficou com uma bitola muito grande. Fiz uma luva, mas acho que nao ficou 100% vedado. Logo nao consegui acertar do jeito que eu queria.

Contudo, abaixo tem umas fotinhas dos tubos de vácuo e do equalizador caseiro:





_______________________________________

11/01/2014
Eu nao tinha nada para fazer mesmo...

Troca da Embreagem da Virago 535
Esses dias me deparei com a moto patinando em alta, a mais ou menos 90km/h enrolei o cabo e ela girou mas não andou. KKKK ficou igual cambio AT.
Notei que a embreagem patinou e com 43k rodados, regulagens na ultima era mesmo a hora.
Procurei na internet para comprar e estava achando somente os discos, paralelos, por um preço médio de R$170 mais frete. Não achava os discos separadores.
Aqui em Brasília é complicado de comprar as coisas. Brasiliense tem a mania de pagar caro pelas coisas sem reclamar, então a concorrência é fraca. Yamaha então... Enfim, acabei ligando na autorizada Yamaha de Taguatinga e para minha surpresa, tinha o jogo de discos e separadores por R$260,00. Fiquei de cara, pois era original de fabrica e com preço bom. Até assustei.
Fui lá, comprei e olha ai as danadinhas:


Eu já tinha comprado outros itens de revisão pra ela, como filtros, pastilhas de freio, orings, e ate um mimo: um afastador de alforje:




De posse das peças e ferramentas hora de começar a diversão.
Aqui meu maior problema é a própria originalidade da moto. Tudo lacrado, nunca mexido ou aberto. Parafusos do escapamento praticamente forjados em seus respectivos locais. Pense no trabalho que me deu pra tirar o escapamento.(sim, precisa tirar o escape!!!)

Na ordem, se faz necessário tirar o escapamento, soltando os prisioneiros das ponteiras do motor. Na frente, são parafusos normais de chave 13:



Já no cilindro traseiro, é uma chave sextavada pequena, se não me engano numero 6:



Detalhe do parafuso que quebrou por estar simplesmente fundido na peça:



Solte a pedaleira traseira, mas não solte todo para poder apoia, ainda temos um parafuso para tirar do outro lado da moto:



Do outro lado da moto, solte o acabamento que protege os parafusos do retificador para ter acesso ao parafuso que prende o silenciador do escape:



Após tirar o acabamento, solte este parafuso também. Mas aqui tem pulo do gato: Você perceberá que tem uma orelha, esta orelha não tem que sair, mas se você soltar os parafusos de baixo, que tiram ela, seu trabalho vai ficar muito, mas muito mais fácil. :D



Após soltar esse parafuso, basta puxar o escape com cuidado que o mesmo sai completo.

Segundo passo é soltar o suporte das peladeiras do lado do freio. A peça sai inteira, mas só sai depois do escape fora.
Se você tem o protetor de motor, tem que tirar também. Esses são simples e de fácil acesso. Não tem erro. Vai precisar de uma chave 17, sempre uma boa chave.



Após soltar os parafusos da frente, solte este parafuso que prende também a balança:



Feito isso, basta puxar a peça com cuidado pois ainda temos os cabos de freio e luz de freios conectados.




Bom agora vem a parte fácil. Abrir o motor, trocar os discos e separadores e fechar novamente.
Com a mesma chave que voce soltou o escape do cilindro traseiro, abra os parafusos do motor, começando pela tampa do filtro de óleo.



Posteriormente vá soltando os outros parafusos e apos soltar o ultimo, tire a tampa. Caso ela nao solte, uma pancadinha(INHA!) com a mão mesmo é suficiente para que ela solte. ATENÇÂO: Deixe um pano ou jornal embaixo da moto para que vc, caso seja casado, não tenha que dormir na garagem com a moto...





Solte os parafusos das molas da campana, chave numero 10:



Retire a campana, essa é a visão:



Molas da Embreagem:



Coloque os discos novos, previamente banhados em óleo do motor da moto. Os discos tem posição de colocação na campana, tem que alinha a marca dupla do disco com a marca da campana. Mais informações sobre isso no manual de serviço dela. Os discos nao tem tamanhos diferentes, ou seja não tem ordem de colocação.
Para colocar a sequencia é DISCO de FRICÇÂO depois um ESPAÇADOR e assim até o ultimo, fechando com um disco de fricção:


Recoloque a campana, coloque o parafuso de regulagem da embreagem, recoloque as molas e seus parafusos e aperte as molas:


Regule a embreagem como descrito no manual de serviço: Folgue a contraporca destacada na foto acima, ajuste o parafuso de regulagem ate o manicoto da embreagem do outro lado ficar alinhado com a marca na carcaça do motor.


Aperte a contra porca de acordo e vamos fechar o motor.



O processo de montagem é exatamente o processo inverso da desmontagem escrita acima. Não tem segredo. Basta seguir os passos descritos com calma e tudo vai ser bem tranquilo.

Como abri o motor, já troquei óleo e filtro que tinha previamente comprado.

Apesar de um processo que parece ser complicado e longo, é um trabalho que se nao apresentar contratempos, vai levar no máximo
2h.

Ainda neste embalo, efetuei a troca das pastilhas, vou tirar umas fotos e monto o tutorial.

Abraços e bons ventos.
Dagonias
Virago - 535
Última Edição: 13 Jan 2014 08:34 por dagonias.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: fabio.casonato

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 02 Ago 2013 09:39 #3

  • MANDRUVADOIDAO
  • MANDRUVADOIDAO's Avatar
  • OFFLINE
  • Mega Forista
  • Postagens: 28703
  • Thank you received: 551
Aí sim. :)

Moto boa em boas mãos.
Parabéns.
Movimentando o MOTONLINE desde Sexta-Feira, 14 Agosto 2009 as 13:35

Sô minêru uai sô!!!
Caboclo du bão.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: dagonias

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 03 Ago 2013 21:14 #4

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Updates no tópico.

abraços galera
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 10:36 #5

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Breve, tuto da troca de óleo, filtro + óleo de cardã. Sussa!

Ainda estou criando coragem pra trocar os diafragmas dos carburadores, que já chegaram.

Abraços
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 12:01 #6

  • Patriarca
  • Patriarca's Avatar
  • OFFLINE
  • Administrator
  • Postagens: 23230
  • Thank you received: 705
Tópico fixo. :)
"Bons amigos são a família que nos permitiram escolher..."
"Memento te mortalem esse"
“Não é o trânsito que te educa, você leva sua educação por onde vai."
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: dagonias


[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 14:14 #7

  • Berlim
  • Berlim's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 389
  • Thank you received: 90
Linda e excelente moto. parece que o ponto fraco dela é a bomba elétrica de gasolina que costuma pifar. E se o cara não for zeloso, o cardã pode dar pau e condenar a moto, pois um cardã novo é mais caro que a própria! hehehe mas excelente moto! Qual o KM/L da sua?
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 14:27 #8

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Berlim escreveu:
Linda e excelente moto. parece que o ponto fraco dela é a bomba elétrica de gasolina que costuma pifar. E se o cara não for zeloso, o cardã pode dar pau e condenar a moto, pois um cardã novo é mais caro que a própria! hehehe mas excelente moto! Qual o KM/L da sua?

Fala Berlim, tudo tranquilo?

Eu ainda estou me acostumando com ela. Ainda estou me habituando aos barulhos de um V2, que me fez ir ao mecânico 2 vezes para constatar que esta tudo bem.
Ainda estou me acostumando ao barulho do cardã, e reacostumando com a dureza das custom(venho de uma Falcon).
No mais estou adorando a maquina e o motor. Vibração quase nula nas velocidades que eu ando e até agora, as peças e manutenções que eu costumo fazer, tudo dentro do esperado.

A minha eu peguei de um cara bem zeloso. Tem 37500km rodados. Praticamente primeiro dono(era do pai dele e foi pra ele) e sempre foi cuidada com esmero.
Passou um bom tempo andando muito pouco, oque nesse caso ocasiona alguns problemas, mas até agora, todos sanados.

Li muito sobre a Virago 535 antes de pegar. Não vi relatos sobre o cardã, oque mais li foi justamente o contrario: Trocando o óleo dentro do especificado, vai durar mais que a moto em si.
Leio muito e vi muitas coisas que não concordo: Troca do óleo de cardã com 10k, com 20k até com 60k. Mas acho que o pessoal simplesmente esquece do manual de serviço. Lá fala claramente: 20k para a troca do óleo de cardã. 5k para motor e por ai vai. Esta tudo lá.

A reserva realmente é o calcanhar de Aquiles dela, mas tem muito a ver com o uso ou não. Eu sempre penso assim: Tá la, vai ter que usar. Rodo com ela ate pedir reserva, aciono e rodo ate o posto. Fiz minha parte e as peças mecânicas foram utilizadas e movimentadas. Vai durar o tempo que for programado pra durar. :)

No mais, recomendo, mas somente se vc anda sozinho. Minha esposa esta sofrendo. kkkkkkk
Eu gosto dela, mas vou alongar os comandos e colocar um guidon de rx-180.

Qualquer coisa estamos por ai.

Abraços
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 14:28 #9

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Esqueci de responder: As primeiras médias tem sido 18km/l, aqui em bsb. Mas tenho certeza que ela vai fazer mais quando eu finalizar a limpeza e troca dos reparos dos carburadores.

Abraços
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 06 Ago 2013 22:23 #10

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Updates.
Abraços
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 09 Ago 2013 16:03 #11

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Troca dos Diafragmas.

Abraços a todos
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 10 Ago 2013 08:59 #12

  • Mackenzie
  • Mackenzie's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Junior
  • Postagens: 594
  • Thank you received: 104
Po dagonias, com um cara ensinando assim da ate coragem de pegar uma hahaha... Parabens!
Atual: Heritage Custom 2008 33.000km
Haojue Lindy 125 2018 35km
Ex: Z 750 2012 Preta 22.000km
Ex Fazer 250 2011 Roxa - 55.000km
Ex: Suzuki Intruder 125 2011 - 21.500km
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 12 Ago 2013 12:32 #13

  • dagonias
  • dagonias's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 174
  • Thank you received: 4
Mackenzie escreveu:
Po dagonias, com um cara ensinando assim da ate coragem de pegar uma hahaha... Parabens!

Fala Mackenzie, tranquilo?

Cara, não tem segredo, é sussa. O maior problema que eu vejo é o preconceito que se forma quando vc não tem uma moto da Honda.
Com quase 1 ano com a falcon, qualquer lugar é fácil de arrumar peças e mecânicos. Mas antes com a intruder 250 e agora com a Virago 535, vejo que o pessoal é realmente muito despreparado.
Uma simples leitura no Manual de serviço e esta tudo lá. O restante é paciência e ferramental. So levo mesmo em mecânico quando não tenho tempo ou ferramental necessário

AAA, pode comprar uma viu, a motinha é show.
Abraços
Dagonias
Virago - 535
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 21 Ago 2013 17:00 #14

  • lampada
  • lampada's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 79
Legal! Comprei uma também faz umas 2 semanas, está com 20.000 km.
Só que não tenho suas habilidades e não me atrevo a fazer isso.

Tenho levado ela no mecânico para ajustar ela, essa semana ele vai fazer limpeza dos tanques e do sistema de alimentação, limpeza do solenoide da reserva, carburador troca de oleo do cardã..
Apesar de a pessoa de quem comprei dizer que trocou o oleo dela, vou fazer outra troca de oleo e filtro também.
Tive que trocar uma borracha que fica no inicio do cadã que protege ele da água, a borracha estava solta e não encaixava mais, o mecânico disse que se entrar água, tira a graxa e pode dar problema no cardã.
Eu comprei a moto de uma mulher e a moto era do pai dela que faleceu, então não deu pra trocar uma ideia com o cara do que precisava ou não fazer na moto, mas ela está ótima, responde bem a aceleração, liga fácil, o único problema que tenho visto é o consumo dela na cidade que está 13/litro, estou achando muito alto.
O importante é chegar !!!

Marília-SP
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

[VIRAGO 535 - Fotos, dicas, tutoriais e afins] 21 Ago 2013 17:40 #15

  • lampada
  • lampada's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 79
Ah! A minha é igual a sua, o ano dela é 2000.
E tenho uma intruder 125, lembro que quando comprei a minha intruder era apaixonado pela 250 hehehe mas já tinha saído de linha e já era difícil de encontrar.
O importante é chegar !!!

Marília-SP
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
  • Página:
  • 1
  • 2
  • 3
Time to create page: 0.276 seconds