Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me
  • Página:
  • 1

TÓPICO: Começando a planejar a troca da moto

Começando a planejar a troca da moto 15 Dez 2013 21:44 #1

  • Berlim
  • Berlim's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 389
  • Thank you received: 90
Olá pessoas,

Em meados de 2014, quando já tiver passado pela fase do casório, pretendo trocar minha Burgman por uma moto maior. O problema é que tenho uma lista de motos bem eclética na minha cabeça. O meu maior dilema, é encontrar uma moto boa para o dia-a-dia, mas que encare bem uma estrada em fins de semana, com garupa e bagagens. Pretendo gastar abaixo de 10 mil reais e faço questão de que a moto seja pouco visada para roubos.

Como não tenho preconceito contra motos mais antigas, vocês irão dizer que a maioria das motos que estou considerando são dinossauros, tranqueiras, dor de cabeça, etc.


-> Honda NX 350 Sahara
-> Suzuki DR 650 RSE
-> Kasinski Mirage 250
-> Yamaha Lander 250
-> Yamaha Virago 250



JÁ DESCARTEI

-> Yamaha Fazer 250 (visada para roubos)
-> Yamaha XTZ 600 Ténéré (visada para roubos + manutenção cara)
-> Honda CB 450 (manutenção cara)
->Honda CBX 250 Twister (visada para roubos)
-> Suzuki Savage 650 (manutenção cara)
-> Yamaha Virago 535 (manutenção cara)
-> Burgman 400 (manutenção cara e difícil)
Última Edição: 15 Dez 2013 21:47 por Berlim.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.


Começando a planejar a troca da moto 15 Dez 2013 23:15 #2

  • MANDRUVADOIDAO
  • MANDRUVADOIDAO's Avatar
  • OFFLINE
  • Mega Forista
  • Postagens: 28697
  • Thank you received: 551
Mais bonita : M250.

Mais confiável e te dará menos dor de cabeça com manutenção: XTZ250.

Por paixão e saudosismo eu iria de XLX350 partida a pedal e sem carenagem.
Movimentando o MOTONLINE desde Sexta-Feira, 14 Agosto 2009 as 13:35

Sô minêru uai sô!!!
Caboclo du bão.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 16 Dez 2013 10:38 #3

  • Catelan
  • Catelan's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 259
  • Thank you received: 52
Eu iria de Sahara sempre quiz ter uma, mais tem procurar uma boa viu a maior parte tá malhada!!!

Se for nessa me fala tem uma aqui no meu condominio bem cuidada que logo logo o cara vai vender se tivesse $$$ eu mesmo pegava.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 16 Dez 2013 10:52 #4

  • ezenecon
  • ezenecon's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Expert
  • Postagens: 2801
  • Thank you received: 458
Berlim escreveu:
Olá pessoas,

Em meados de 2014, quando já tiver passado pela fase do casório, pretendo trocar minha Burgman por uma moto maior. O problema é que tenho uma lista de motos bem eclética na minha cabeça. O meu maior dilema, é encontrar uma moto boa para o dia-a-dia, mas que encare bem uma estrada em fins de semana, com garupa e bagagens. Pretendo gastar abaixo de 10 mil reais e faço questão de que a moto seja pouco visada para roubos.

Como não tenho preconceito contra motos mais antigas, vocês irão dizer que a maioria das motos que estou considerando são dinossauros, tranqueiras, dor de cabeça, etc.


-> Honda NX 350 Sahara
-> Suzuki DR 650 RSE
-> Kasinski Mirage 250
-> Yamaha Lander 250
-> Yamaha Virago 250



JÁ DESCARTEI

-> Yamaha Fazer 250 (visada para roubos)
-> Yamaha XTZ 600 Ténéré (visada para roubos + manutenção cara)
-> Honda CB 450 (manutenção cara)
->Honda CBX 250 Twister (visada para roubos)
-> Suzuki Savage 650 (manutenção cara)
-> Yamaha Virago 535 (manutenção cara)
-> Burgman 400 (manutenção cara e difícil)

Amigo Berlim,

Não tenho nada contra motos antigas, muito pelo contrário, tenho saudades de algumas ainda mais antigas do que as que vc mencionou, porém, se é para o uso no dia-a-dia, eu não aconselho, e por uma razão. Elas são de manutenção mais difícil, pois demandam mais tempo e $$ para achar algumas peças de reposição,e no caso de quebra de uma peça vc ficará muito tempo sem a moto.
Por isso eu descartaria a Sahara (moto excelente), a Virogo 250 e a DR 650.

A Lander é tão, ou mais, visada que a Fazer, além de ser uma tormento fazer uma viagem de mais de 100 km, principalmente com garupa.

Sobrou a Mirage 250, porém, de novo a manutenção + difícil, não seria minha escolha (sempre lembrando que a moto seria para o dia-a-dia).

Puxa, não sobrou nenhuma!!!!!!!!

Eu reveria com muito carinho a Fazer 250. Com seu orçamento vc acha muitas com baixa km. Ela é visada? Sim, mas qual não é? Porém não é tanto como uma "Bonba", mas ela é muito confortável (viajei com garupa, baú de 46 L e alforges por uns 3.000 km, e foi sussa), tem manutenção fácil (um pouco cara nas CC, mas vc acha muita coisa no mercado paralelo de boa qualidade), e é muito ágil e econômica para o uso no dia-a-dia!!!

Nos moldes apresentados, ainda não tem moto melhor que a Fazer 250. A moto na categoria 250/300 mais equilibrada.
Ezenecon

2º ENM, eu também FUI!!!!!!
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 16 Dez 2013 11:01 #5

  • marceloe
  • marceloe's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Sênior
  • Postagens: 1063
  • Thank you received: 207
Catelan escreveu:
Eu iria de Sahara sempre quiz ter uma, mais tem procurar uma boa viu a maior parte tá malhada!!!

2
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 16 Dez 2013 15:56 #6

  • Mackenzie
  • Mackenzie's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Junior
  • Postagens: 594
  • Thank you received: 104
Relamente, para o dia a dia moto antiga fica difícil. Eu no seu caso, como nao cogitou a Fazer 250, iria de Lander. Essa moto é muito guerreira, e passa facilmente dos 100 mil km rodados. Pra quem quer algo pra usar no dia a dia e fazer viagens no final de semana, essa é a moto!
Quem quer subir pra categoria das 250, tem que aceitar o fato de estar mais visado para roubo, se não vai passar a vida inteira andando de burgman. No meu caso foi a mesma coisa, já não tinha opções pra subir de cilindrada sem ser visado para roubo.
Então, se eu ficasse pensando nisso nunca mudaria de moto ( no caso, uma intruder). Comprei uma Fazer 2011 e estou super feliz. Botei seguro nela, assim fico um pouco mais tranquilo.

Um abraço e boa escolha.
Atual: Heritage Custom 2008 33.000km
Haojue Lindy 125 2018 35km
Ex: Z 750 2012 Preta 22.000km
Ex Fazer 250 2011 Roxa - 55.000km
Ex: Suzuki Intruder 125 2011 - 21.500km
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.


Começando a planejar a troca da moto 16 Dez 2013 19:34 #7

  • Catelan
  • Catelan's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 259
  • Thank you received: 52
Berlim qual a distancia que percorre com a moto, porque apesar de querer uma moto mais velha até pode ser viavel com tanto que moto esteja com manutenção em ordem e vc saiba que existem peças de reposição no mercado, se for longas distancias como é meu caso que são 100km por dia e 45km de rodovia em media tenho que usar a CG não porque gosto, mais é barata e tem peças rodo paralela e original só escolher e economia de combustivel ponto chave hoje em dia para mim.

Se trabalhasse perto iria todo dia de CBR para trabalho!!!
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 19 Dez 2013 22:17 #8

  • Berlim
  • Berlim's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 389
  • Thank you received: 90
ezenecon escreveu:

Amigo Berlim,

Não tenho nada contra motos antigas, muito pelo contrário, tenho saudades de algumas ainda mais antigas do que as que vc mencionou, porém, se é para o uso no dia-a-dia, eu não aconselho, e por uma razão. Elas são de manutenção mais difícil, pois demandam mais tempo e $$ para achar algumas peças de reposição,e no caso de quebra de uma peça vc ficará muito tempo sem a moto.
Por isso eu descartaria a Sahara (moto excelente), a Virogo 250 e a DR 650.

A Lander é tão, ou mais, visada que a Fazer, além de ser uma tormento fazer uma viagem de mais de 100 km, principalmente com garupa.

Sobrou a Mirage 250, porém, de novo a manutenção + difícil, não seria minha escolha (sempre lembrando que a moto seria para o dia-a-dia).

Puxa, não sobrou nenhuma!!!!!!!!

Eu reveria com muito carinho a Fazer 250. Com seu orçamento vc acha muitas com baixa km. Ela é visada? Sim, mas qual não é? Porém não é tanto como uma "Bonba", mas ela é muito confortável (viajei com garupa, baú de 46 L e alforges por uns 3.000 km, e foi sussa), tem manutenção fácil (um pouco cara nas CC, mas vc acha muita coisa no mercado paralelo de boa qualidade), e é muito ágil e econômica para o uso no dia-a-dia!!!

Nos moldes apresentados, ainda não tem moto melhor que a Fazer 250. A moto na categoria 250/300 mais equilibrada.

Olá, amigo Ezenecom,

Quanto ao problema de manutenção, sou da opinião de que qualquer moto acima das 125cc que precise de peças específicas (fora da manutenção periódica), terá problemas, seja nova ou antiga. Tente encontrar um estator de Next 250, um CDi para Transalp ou um coletor para XT660R e veja se será fácil.

A Virago e a Mirage 250 estou mesmo descartando não pela manutenção, mas por serem custom, que creio eu, sejam tão sofríveis na buraqueira, quanto minha Burgman o é. E com garupa, as coisas ficam pior.

A Sahara que estou de olho, é uma ano 97 com 42 mil km originais que meu mecânico está vendendo. A moto está muito bem conservada, que segundo ele, pegou de um oficial de justiça que quase não a usava. A Sahara vai ficar no páreo.

A DR 650 eu cogitei por ser um "tipo de Sahara mais forte" e mais segura em viagens. Mas com o preço da gasosa batendo nos 3 reais, estou pensando melhor. Mas ao bem da verdade, pelo que pesquisei, o consumo dela fica entre 18 e 20 km/l, muito igual à Sahara e também da Mirage 250. E pelo que disseram, os amigos do alheio nem olham para uma DR.

A Fazer realmente é bem conceituada no meu ponto de vista, mas acho que uma trail tem a suspensão mais robusta para a buraqueira com garupa. Vi o Carlos Gonzalez comentando a diferença que sentiu quando foi de uma Fazer para uma Lander. Segundo ele, a Lander passa muuuuito mais segurança na pilotagem do que a Fazer. Então acho que de todas as motos que considerei, a Lander talvez seja mesmo a escolha mais racional. Mas quero deixar a racionalidade um pouco de lado para variar e fazer uma "certa loucura" e arriscar um pouco mais.

Última Edição: 19 Dez 2013 22:40 por Berlim.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 19 Dez 2013 22:23 #9

  • Berlim
  • Berlim's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 389
  • Thank you received: 90
Catelan escreveu:
Berlim qual a distancia que percorre com a moto, porque apesar de querer uma moto mais velha até pode ser viavel com tanto que moto esteja com manutenção em ordem e vc saiba que existem peças de reposição no mercado, se for longas distancias como é meu caso que são 100km por dia e 45km de rodovia em media tenho que usar a CG não porque gosto, mais é barata e tem peças rodo paralela e original só escolher e economia de combustivel ponto chave hoje em dia para mim.

Se trabalhasse perto iria todo dia de CBR para trabalho!!!

Olá, Catelan. Atualmente percorro cerca de 40 km por dia na cidade. Depois que me casar, vou percorrer uns 50 km/dia. Quanto à manutenção, sou meio criterioso, gosto de deixar a moto sempre em dia para evitar imprevistos.

Por mim eu continuava com minha Burgman 125, que comprei quando era solteiro e não pensava em garupa. O problema é que de uns tempos para cá, minha noiva vai e volta comigo pro trabalho e aos finais de semana, gostaríamos de por moto na estrada e viajar para relaxar, e com uma 125, tudo fica mais sofrível e em algumas situações, até perigoso.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 19 Dez 2013 22:34 #10

  • Berlim
  • Berlim's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 389
  • Thank you received: 90
Mackenzie escreveu:
Relamente, para o dia a dia moto antiga fica difícil. Eu no seu caso, como nao cogitou a Fazer 250, iria de Lander. Essa moto é muito guerreira, e passa facilmente dos 100 mil km rodados. Pra quem quer algo pra usar no dia a dia e fazer viagens no final de semana, essa é a moto!
Quem quer subir pra categoria das 250, tem que aceitar o fato de estar mais visado para roubo, se não vai passar a vida inteira andando de burgman. No meu caso foi a mesma coisa, já não tinha opções pra subir de cilindrada sem ser visado para roubo.
Então, se eu ficasse pensando nisso nunca mudaria de moto ( no caso, uma intruder). Comprei uma Fazer 2011 e estou super feliz. Botei seguro nela, assim fico um pouco mais tranquilo.

Um abraço e boa escolha.

Fala, Mackenzie,

Realmente cogito muito a Lander. O único porém seria mandar instalar um banco mais confortável, no mais, acho a moto um ótimo custo-benefício. Realmente não podemos viver oprimidos e paranoicos com medo de tudo. Mas se eu puder minimizar as chances de roubo escolhendo algo menos "desejado" pelos malacos, eu o farei. E o negócio é confiar em Deus e tomar cuidado.

Seguro eu não faria, porque na minha visão, é deixar de ser roubado por um malaco, para ser roubado por uma grande corporação. Na época em que comprei minha CB, peguei o hábito de fazer uma poupança, onde todo mês deposito um valor que seria destinado ao seguro, para o caso de algum imprevisto (roubo/colisão, etc...). mas como graças a Deus não aconteceu nada, posso usar o dinheiro poupado para trocar de moto. Já com o seguro, se não acontecer nada, o dinheiro investido vai embora.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 20 Dez 2013 11:46 #11

  • Catelan
  • Catelan's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 259
  • Thank you received: 52
É Berlim eu iria na Sahara porque é motão para viajar, se bem que vai ter melhorar o banco dela porque essa é reclamação de todos o proprietários, agora se não achar o não rolar negocio vai de Lander mesmo.

Lembre-se essa força extra da Sahara na estrada e com garupa vai te dar uma segurança melhor.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 20 Dez 2013 19:36 #12

  • Mackenzie
  • Mackenzie's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Junior
  • Postagens: 594
  • Thank you received: 104
Berlim escreveu:
Mackenzie escreveu:
Relamente, para o dia a dia moto antiga fica difícil. Eu no seu caso, como nao cogitou a Fazer 250, iria de Lander. Essa moto é muito guerreira, e passa facilmente dos 100 mil km rodados. Pra quem quer algo pra usar no dia a dia e fazer viagens no final de semana, essa é a moto!
Quem quer subir pra categoria das 250, tem que aceitar o fato de estar mais visado para roubo, se não vai passar a vida inteira andando de burgman. No meu caso foi a mesma coisa, já não tinha opções pra subir de cilindrada sem ser visado para roubo.
Então, se eu ficasse pensando nisso nunca mudaria de moto ( no caso, uma intruder). Comprei uma Fazer 2011 e estou super feliz. Botei seguro nela, assim fico um pouco mais tranquilo.

Um abraço e boa escolha.

Fala, Mackenzie,

Realmente cogito muito a Lander. O único porém seria mandar instalar um banco mais confortável, no mais, acho a moto um ótimo custo-benefício. Realmente não podemos viver oprimidos e paranoicos com medo de tudo. Mas se eu puder minimizar as chances de roubo escolhendo algo menos "desejado" pelos malacos, eu o farei. E o negócio é confiar em Deus e tomar cuidado.

Seguro eu não faria, porque na minha visão, é deixar de ser roubado por um malaco, para ser roubado por uma grande corporação. Na época em que comprei minha CB, peguei o hábito de fazer uma poupança, onde todo mês deposito um valor que seria destinado ao seguro, para o caso de algum imprevisto (roubo/colisão, etc...). mas como graças a Deus não aconteceu nada, posso usar o dinheiro poupado para trocar de moto. Já com o seguro, se não acontecer nada, o dinheiro investido vai embora.

Banco mais confortável não é problema. Há muitas empresas que fazem esse tipo de serviço. Cara, concordo com você que prefere se proteger comprando uma moto relativamente menos visada. Porém, hoje em dia ladrão está levando de tudo. É só, você dar um mole, se eles tiverem uma oportunidade, levam qualquer coisa! A Lander não é uma moto extremamente visada.

Quanto a questão do seguro, eu concordo com você em partes. Essa parte de em vez de ser roubado pelo ladrão, ser roubado por uma grande empresa concordo, afinal, pagamos impostos para termos segurança pública. Achei legal também esse seu esquema de guardar uma grana por mês., para qualquer eventualidade.
Bom, mas discordo no seguinte termo. Mesmo que você junte uma grana por mês, já pensou se se envolver em um acidente com um carro mais caro? Um concerto em um importado é tão caro quanto na moto. Um amigo do meu pai teve uma V70 que foi alvejada por um vectra. Valor do concerto, 23 mil reaisl, e te digo que o carro nem amassou tanto assim. Fora o conserto da moto neste caso, que sairia certamente bem caro.
Eu pago na minha moto 1300 reais de seguro por ano. Dá pra me programar e pagar direitinho, além disso, tenho assistência 24h, guincho, chaveiro, e ainda cobertura de roubo e furto, incêndio, causas naturais, auxilio em caso de pane seca, pneu furado. E ainda tem o fato de que o reboque tem que chegar pelo contrato em menos de 30 min, em qualquer lugar do Brasil que eu esteja.
Neste caso, eu preferi optar pelo seguro para me sentir mais tranquilo.

Bom, esse foi o meu caso! Mas continuo indicando a Lander! Acho que é a moto perfeita pro dia a dia! Só não comprei uma pois só achei Lander muito cara e rodada. As boas, quando ligava já tinham vendido.

Um abraço!
Atual: Heritage Custom 2008 33.000km
Haojue Lindy 125 2018 35km
Ex: Z 750 2012 Preta 22.000km
Ex Fazer 250 2011 Roxa - 55.000km
Ex: Suzuki Intruder 125 2011 - 21.500km
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Começando a planejar a troca da moto 27 Dez 2013 18:15 #13

  • Jordão
  • Jordão's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 298
  • Thank you received: 6
Poxa vou ser direto "Fazer 250"
Já tive uma por 3 anos, nunca me deu problemas de manutenção, fui feliz por a bandidagem não me encher o saco.
E na estrada com garupa, respondeu muito bem, e é economica. :)
Guarulhos - Sp
Ex: KAWASAKI ER6-N

Px. ?????
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
  • Página:
  • 1
Time to create page: 0.219 seconds