Carteira A

07 Dez 2010 18:50 #1 por Mattoso
Carteira A foi criado por Mattoso
Sou a favor de se criar categorias para carteira, afinal não faz sentido começar por motos potentes como 600 e 1000.


Aqui em BSB é muito comum vc ver pessoas endinheiradas que dão para seus filho motos esportivas que não condizem com a habilidade de quem acaba de tirar carteira, entendo que seria coerente que a primeira carta permiti-se pilotar apenas motos de baixa cilindadas, assim a habilidade do piloto iria se desenvolvendo e em alguns anos o mesmo estaria apto a tocar poderosas 1000 sem se matar.


Moto é responsabilidade e equipamentos nossas leis permitem que capacetes de R$50,00 sejam vendidos (com selo do imetro e tudo), mas vc confia neles ?? O mesmo acontece com o piloto inesperiente acha que é Valentino e acaba se matando e em parte isso vem de nosas leis feitas por quem jamais subiu em uma moto.

MATTOSO
COMET GT
XLX 350 R
Brasília DF

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

08 Dez 2010 07:33 #2 por Blender
Respondido por Blender no tópico Carteira A
O mais correto seria sim existir novamente as divisões por categoria, mas hoje em dia por questões mercadologicas creio ser quase impossivel que nossos (imparciais politicos kkkk) venham a aprovar uma mudança deste tipo por um motivo muito simples ,tenho uma amiga que trabalha como vendedora em um loja da Suzuki e ela me disse uma vez que pelo menos metade das motos de 500CC em diante vendidas são para garotos com menos de 20 anos com pais endinherados sendo que alguns são tão inexperientes que os funcionarios da loja muitas vezes tem de explicar para eles como se anda em uma moto destas e logo em seguida vão embora enchendo a embreagem de trancos...

Ridiculo! Absurdo! Perigoso! sim tudo isto e muito mais entretanto não ha o que fazer....

Quanto aos capacetes o assunto é mais complexo os capacetes baratos aprovados pelo INMETRO, atendem sim as normas de segurança!!!! isto levando em consideração que não existam falcatruas para aprovar produtos incapazes.

O problema é o seguinte estas normas dizem que os capacetes devem ser eficazes em uma gama de situações que equivalem ao uma queda em baixa velocidade se não me engano a 60KM/h o capacete deve resistir a um determinado impacto e distribuir esta força pelo seu casco evitando assim o trauma, entretanto se a força for maior do que a suportada pelo capacete este deve se auto-destruir para absorver o maior coeficiente de energia possivel.

Então porque se diz que estes capacetes são menos seguros do que os de marcas famosas o motivo para isto é complexo pois os capacetes de Grifs famosas são feitos para serem eficazes a velocidades mais altas devido ao fato de serem feitos de matérias primas de alta qualidade muitas marcas dizem que são eficazes até mais de 200KM/h entretanto poucos especialistas acreditam que qualquer capacete seja eficiente a mais de 140/160KM/h

Alem disto os capacetes de alta performace oferecem proteção adicional contra perfuração de objetos arremeçados contra o motocilista são mais confortaveis e mais leves.

Então aparece a pergunta se o capacete mais forte não protege bem acima de 140/160 como o pessoal do Moto GP não morre a cada queda ou mesmo um motoboy não morre em quedas a 100 ?

Bem isto não ocorre porque uma pessoa dificilmente bate literalmente de cara no chão ou em outro objeto, ao cair da moto o proprio movimento de cair rolar e bater desacelera violentamente o veiculo ou o corpo do piloto assim quando o capacete chega a bater no chão dificilmente o impacto é direto ele meio que rola e kica como uma bola, assim a energia recebida por ele pode ser absorvida diminuindo os danos no piloto.

Nos raros casos em que o piloto atinge diretamente um objeto sólido com a cabeça a proteção do capacete de qualquer tipo é infinitamente menor.


Blender40520.4028587963

A moto não é uma arma é o simbolo da liberdade então não mate nem morra com ela.

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

10 Dez 2010 17:57 #3 por leonardozanella
Respondido por leonardozanella no tópico Carteira A
Eu não concordo com essa divisão de categoria, até mesmo por que deveria ter isso para carros também, os mesmos boyzinhos que andam de moto também arrebentam seus porshes e ferraris nos postes ou em pontos de ônibus como já vimos vários.


Um porshe na mão de um boyzinho drogado é mil vezes mais perigoso que uma ducati por exemplo.


Visto que de moto a probabilidade dele se matar sozinho é maior do que num porshe atropelando dezenas em um ponto de ônibus.


O que deveria ter mesmo era uma campanha legal, conscientizando o "degrau das cilidradas".


Essa tal divisão de categorias só teria serventia para aumentar ainda mais o valor para quem quer se habilitar.

Preservem nosso Planeta, ele é o único que tem CERVEJA!!!

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

10 Dez 2010 18:56 #4 por michele
Respondido por michele no tópico Carteira A
Concordo com o Leonardo. A pessoa que é imprudente com uma moto, também é com um carro. É tudo questão de consciência, e hoje a maioria não tem.


Mesmo que essa juventude tivesse licença para pilotar moto de alta cilidrada, iria adiantar alguma coisa? Quantos jovens habilitados morrem por dia em acidentes de carro e motos de apenas 125cc? E quantas pessoas - independente da idade - andam sem permissão?


Por isso que acho que é apenas questão de bom senso.

Fazer

Quis custodiet ipsos custodes?

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

10 Dez 2010 19:11 #5 por Patriarca
Respondido por Patriarca no tópico Carteira A
Engraçado ver pessoas com menos de 30 anos falar dos jovens de "hoje", afinal de contas essa é a geração deles, só que eles são os conscientes dessa geração.



Parabéns à vocês.


http://www.acessonews.com/blog/2729/quando-comecamos-a-envel hecer/ Patriarca40522.8855208333

"Bons amigos são a família que nos permitiram escolher..."
"Memento te mortalem esse"
“Não é o trânsito que te educa, você leva sua educação por onde vai."

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

10 Dez 2010 19:48 #6 por Blender
Respondido por Blender no tópico Carteira A

Patriarca escreveu: Engraçado ver pessoas com menos de 30 anos falar dos jovens de "hoje", afinal de contas essa é a geração deles, só que eles são os conscientes dessa geração.







Parabéns à vocês.





http://www.acessonews.com/blog/2729/quando-comecamos-a-envel hecer/


Desta vez tenho de admitir eles estão certos!!! esta divisão não faria sentido hoje em dia mas eles são especiais são reponsaveis por eles mesmos desde jovens.

Ja o Blender aqui teve de aprender do jeito dificil para que tenha uma idea tenho uma foto aqui em casa de quando tinha 21 anos que tem 11 amigos motocilistas e exeto por eu meu irmão e mais 1 os outros 8 estão mortos todos em acidentes de moto cada vez que a vejo fico pensando porque não foram 9 eu era muito irresponsavel.

Alem disso quando meu velho faleceu e nossa situação finaceira ficou muito ruim a eu estava estudando e a faculdade longe de acabar e a unica coisa que sabia fazer éra andar de moto, trabalhei mais de 4 anos como motoboy e vi coisas que até deus duvida.

Amo motocicletas mas acho que isto tudo deixou-me muito chato prometo que vou maneirar daqui em diante

A moto não é uma arma é o simbolo da liberdade então não mate nem morra com ela.

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

14 Dez 2010 14:58 #7 por MarceloTK
Respondido por MarceloTK no tópico Carteira A
Sou a favor de haver níveis de carta para moto sim. Não é ruim, se o adolescente quer uma esportiva tem GTR, se quer naked tem Fazer e assim vai.
Depois com maturidade ele parte para uma moto 600, depois para uma 1000 como em muitos outros países.

Carro é diferente ao passo que é muito mais fácil alterar as características originais dos carros e fazer um golzinho 1.0 andar mais que Golf. O que seria interessante é facilitar o acesso a carros com motores menores que 1.0, como é no Japão, onde os key-car, menores, mais ecologicos e economicos são um sucesso nas grandes cidades.

Www.neptun.com.br
Vendendo uma citycom 2013

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

16 Dez 2010 17:43 #8 por leonardozanella
Respondido por leonardozanella no tópico Carteira A
Meu espírito é velho, Patrão.

Preservem nosso Planeta, ele é o único que tem CERVEJA!!!

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

16 Dez 2010 17:53 #9 por Patriarca
Respondido por Patriarca no tópico Carteira A
Velho não, "experiente".

"Bons amigos são a família que nos permitiram escolher..."
"Memento te mortalem esse"
“Não é o trânsito que te educa, você leva sua educação por onde vai."

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

17 Dez 2010 13:31 #10 por Poeta
Respondido por Poeta no tópico Carteira A

Patriarca escreveu: Engraçado ver pessoas com menos de 30 anos falar dos jovens de "hoje", afinal de contas essa é a geração deles, só que eles são os conscientes dessa geração.







Parabéns à vocês.





http://www.acessonews.com/blog/2729/quando-comecamos-a-envel hecer/


2

Confraria Motonliners

1ºENM inicia uma tradição!

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

17 Dez 2010 13:41 #11 por Poeta
Respondido por Poeta no tópico Carteira A
Acredito que ao invés de criar mais burocracia e custos para a habilitação, seria mais eficiente que o governo desse uma educação de verdade, com qualidade nas escolas, assim já teriamos uma terra fértil para termos melhores cidadãos, motoristas, motociclistas e por aí vai!

Confraria Motonliners

1ºENM inicia uma tradição!

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

28 Dez 2010 07:45 #12 por Mattoso
Respondido por Mattoso no tópico Carteira A
Não ha como comparar carro com moto, principalmente por que é muito improvavel que alguem com 18 anos ganhe uma ferrari do pai, afinal R$400.000,00 é muito dinheiro, mas uma mor 1000cc custa R$50.000,00 bem diferente!!!


No mais entendo que isso tornaria mais claro para sociedade que são categorias muito distintas, superesportiva é pra quem tem muita experiencia e habilidade.

MATTOSO
COMET GT
XLX 350 R
Brasília DF

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

28 Dez 2010 11:52 #13 por Rafael.P.Silva
Respondido por Rafael.P.Silva no tópico Carteira A
sei lá,


penso que para o governo seria bem mais fácil criar regra/leis para amenizar os problemas de hoje, do que corrigir o erro no início de tudo.


Se existem pessoas irresponsáveis no trânsito, seja de motocicleta ou carro, é pq não receberam a devida educação ao longo da tragetória de suas vidas, e não podemos esquecer as pessoas que já nascem com devio de conduta, com o tempo só tendem a florecer.


Creio ser um pouco injusto colocarem mais regras para motos, já está difícil ser motociclista hoje, imaginem com mais regras. Podia ser feito uma fiscalização e uma melhor normatização do aprendizado da categoria A, novos habilitados (aos montes) estão saindo pro trânsito sem nenhuma malícia.

Vitória/ES
Lander Vermelha

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Tempo para a criação da página:0.169 segundos