Análises escritas por Júlio Cesar Barel Alves

1 resultados - mostrando 1 - 1
 
Custom
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Júlio Cesar Barel Alves Analisado por Júlio Cesar Barel Alves    25 de Março de 2016
Analista Top 1000  -  

É minha primeira moto custom, e provavelmente será a única! Foi a única custom que me atraiu!
Ainda estou me acostumando com uma custom, pois tinha uma Ténéré 250, bem mais leve e mais macia!! Prefiro as on/off e big trail!
Se for possível, NÃO a venderei, e quando puder, comprarei o meu sonho de consumo que é a Ténéré 660 standart!
Lamentável o que fizeram com as linhas 250/650 Comet/Mirage! O 'cara' deixou a marca quebrar tendo produtos ótimos!

Eu recomendo!
Prós
Beleza, não tem custom mais bonita! Design moderno e esportivo! Em nada lembra as tradicionais customs, com aquele ar antigo!
Maior potência máxima da categoria, 80,7 cv! É um motorzão!
Transmite segurança e estabilidade!
Confortável! Maior curso de suspensão da categoria: dianteira invertida com regulagem e curso de 126 mm: traseira com regulagem em 5 posições e curso de 130 mm. Altura do solo: 16 cm - se não me engano, é a maior entre as customs! Um amigo que já teve um a Shadow 750, deu uma volta, inclusive em rua com paralelepípedo, e disse que a Mirage é bem mais macia!
Consumo entre 16 a 18 km/l na cidade! Ainda quero viajar com ela, por enquanto, ainda não deu! Fiz a revisão dos 12.000 km, mais instalação do GPS e mais outros serviços, +/- R$650,00.
Contras
Kasinski!
Descontinuada!
Concessionária com preços de peças muito alto, mas encontra-se pela internet.
Comparando com a Ténéré 250, é muito dura! kkkk

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
12.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (2)Não (0)
Denunciar esta análise
1 resultados - mostrando 1 - 1
Powered by JReviews