Análises escritas por BRUNO JAVAROTTI MACIEL

1 resultados - mostrando 1 - 1
 
Custom
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
BRUNO JAVAROTTI MACIEL Analisado por BRUNO JAVAROTTI MACIEL    31 de Dezembro de 2013
Analista Top 1000  -  

Não tenha medo ou receio. Procure participar de um grupo de motociclistas ou conversar com quem é do ramo que facilmente fará a escolha correta. A Honda Shadow tem tradição no mercado, assistência técnica em abundância e uma infinidade de acessórios. Penso que nem Jesus Cristo quando veio a Terra agradou a todos, não será a Honda Shadow que agradará. Más, pode acreditar que esta máquina o fará muito feliz. E, por onde passar de crianças a idosos pararão para apreciar a beleza dessa máquina nipônica.

Eu recomendo!
Prós
Fui proprietário de várias motocicletas, dentre elas trail, esporte e custom. Antes da Shadow 750 fui dono de uma YS Drag Star 650cc. A Drag é uma excelente moto e muito bonita por sinal. Porém, a injeção eletrônica da Shadow fez toda a diferença com acelerações muito lineares. A Honda se comportou muito superior à Dragstar. No início tive uma certa resistência em relação a Shadow, pois estava a procura de uma Harley Daividson. Todavia, ao me deparar com os absurdos valores cobrados por Harleys tanto na motocicleta quanto na manutenção optei por uma japonesa muito conhecida em nosso mercado. Não quer dizer que mais adiante eu não a troque por uma Harley, más, no presente momento estou super satisfeito com a minha nova aquisição, uma Honda Shadow 750 2010 com apenas 4000 kms. Pesquisei, outrossim, a Suzuki Boulevard M800, uma moto muito boa e com mecânica superior a da Shadow, todavia, para quem busca uma moto custom em sua essência acaba rejeitando o excesso de pretos e poucos cromados da Boulevard, fazendo com que ele ficasse em segundo plano. O torque da Shadow é muito bom em baixas rotações. Advirto, quem quer moto para apostar corridas, raly e etc não vá de Custom, ou seja, nenhuma custom prestará. Agora, quem procura uma motocicleta para lazer, clássica, muito confiável, baixíssimas manutenções, bonita, e um estilo custom por natureza vá de SHADOW de olhos fechados. Em termos de conforto, existem no mercado vários acessórios que dará ao condutor um prazer inquestionável de pilotar uma estradeira, como por exemplo um bom parabrisas, banco confort (Ere ou pedrinho), pedaleiras avançadas, encosto para piloto e garupa e etc. Deixo aqui algumas considerações, primeiro... Moto Custom é moto para HOMEM... E segundo, nesta praia não há espaço para frescuras! Custom, ou você ama ou você odeia. rs Não pretendo sair das Custom tão cedo. Por vários fatores, e um deles é o baixo índice de roubos e furtos!
Contras
Não são contras e sim características das motos custom. Muitos reclamam da ausência de conforto, não só na Shadow, mas nas demais motocicletas do segmento. Quem quer conforto para longas viagens ou garupa vá de Varadeiro, V-Strom, Teneré 660, dentre outras. Custom é uma paixão. O Fato de você conduzir uma motocicleta que parece um caminhão de tanta força em baixas rotações, robustez e ainda mais quando está equipada com um escapamento JJ, Tourbal dentre outros que valorizam o ronco grave do motor não tem preço! É necessário a instalação de alguns acessórios para que a Custom passe a dar ao condutor muito prazer.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2010
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
4.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (6)Não (0)
Denunciar esta análise
1 resultados - mostrando 1 - 1
Powered by JReviews