Análises escritas por Gabriel Nappi Carvalhaes

2 resultados - mostrando 1 - 2
 
Esportivas
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Gabriel Nappi Carvalhaes Analisado por Gabriel Nappi Carvalhaes    14 de Outubro de 2013
Analista Top 500  -  

Sem dúvida é uma moto que vale cada centavo! Para quem quer entrar nas motos esportivas, é a melhor opção. O único problema é que vc vai não vai querer trocar por uma de menor cilindrada e não existe concorrente do mesmo nível, portanto o próximo salto é para as 600cc ou mais, o que acaba gerando uma série de outros custos e etc.

Eu recomendo!
Prós
Bonita, 2 cilindros, acelera forte, de final não fica muito atrás de algumas 600. Faz curvas espetaculares como qualquer esportiva.
Contras
Peças de reposição são um problema. Por ser uma moto nova, ainda não tem peças em estoque, vc precisa esperar as vezes mais de um mês. Eu não usei a moto por mais de um ano, mas fiz uma revisão e já precisei repor um retrovisor esquerdo que foi danificado, custou 226,00 e levou uns 15 dias pra chegar. O conforto para pilotagem urbana é baixo, deixa a desejar, afinal, é uma moto esportiva, suspensão mais dura e cansa um pouco se pegar trânsito. O garupa fica ainda mais desconfortável nessa situação, o que também é característica de toda moto esportiva, não é diferente na Ninja 300.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
6.300 Km
Manutenção
Difícil de encontrar
Custo de Manutenção
Alto
Esta análise foi útil para você? 
Sim (1)Não (0)
Denunciar esta análise
Street
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Gabriel Nappi Carvalhaes Analisado por Gabriel Nappi Carvalhaes    12 de Setembro de 2013
Atualizado pela última vez: 12 de Setembro de 2013
Analista Top 500  -  

Comprei usada com 49.500km, rodei pouco mais de 1.500km e gostei bastante da magrela. Um pouco mais "dura" que a CG, mas é tão fácil de pilotar quanto. O cavalete central ajuda a estacionar em alguns lugares, tem freio a disco na frente, indicador de marcha e partida elétrica.
É uma excelente moto para quem quer começar com baixa cilindrada para "pegar a manha", que é o meu caso.

Eu recomendo!
Prós
Bastante econômica, a minha faz em média 32km/L (gasolina shell v-power)
Freio a disco dianteiro, diferente das CG
Partida elétrica
Indicador de marchas
Pouco visada para roubos
Peças e manutenção a preços acessíveis, mesmo nas autorizadas
Estreita, passa com facilidade entre os carros no transito parado
EDITADO-Cavalete central
Contras
Caixa de direção tem baixa durabilidade
Poucas autorizadas Suzuki
Guidon é um pouco grande dos lados, o que atrapalha as vezes
Pedaleira não é retrátil, as vezes tenho medo de deitar mais em algumas curvas e acabar fazendo uma "alavanca" no chão devido a pedaleira ser fixa
Como toda moto de baixa cilindrada, é uma aventura pegar estrada, pois dificilmente passa dos 110km/h e, mesmo assim, o conforto é zero nessa velocidade para a qual ela não foi projetada para rodar muito tempo

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Utilitário (trabalho)
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
50.800 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (0)Não (0)
Denunciar esta análise
2 resultados - mostrando 1 - 2
Powered by JReviews