Análises escritas por Danilo

2 resultados - mostrando 1 - 2
 
Street
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
7.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Danilo Analisado por Danilo    25 de Setembro de 2013
Analista Top 500  -  

Comprei uma Mirage 150 para aprender a andar de moto, uma ótima moto também, mas devido à velocidade de arrancada comecei a achar ela até um tanto perigosa no transito, pegar estrada então nem pensar, pesquisando muito me deparei com a GS500, projeto antigo, carburada.
Não resisti e comprei, a moto é uma delícia no transito, saí bem no sinal, anda bem no corredor.. onde passa uma CG eu passo também.
Na estrada é confiável, acelera fácil, passando dos 8mil rpm a moto vira um canhão, vc sente qdo o motor fica cheio e arremessa a moto pra frente.. uhuuu.
Não sei se é mto roubada, mas sei que todo semáforo tem motoqueiro namorando minha moto... como tem seguro não fico preocupado.

Eu recomendo!
Prós
-ágil no transito
-ganha velocidade mto rápido, depois dos 8mil rpm vira uma moto esportiva... e no transito é uma moto dócil.
-tamanho ideal para manobras
-consumo ideal
-som metálico do escapamento mto gostoso
-custo de manutenção baixo
-uso pneu original que também tem custo baixo
-ótima posição de pilotagem, vc fica atento ao transito qdo inclinado pra frente.
-mecânica simples, carburador... essas coisas que a gente consegue mexer.
Contras
-não esterça, por vezes no trânsito qse bati na traseira de um carro tentando mudar de corredor.
-câmbio duro e algumas vezes não consigo ir da N pra 1a, me disseram que pode ser a embreagem mal regulada ou mto gasta.
-Suspensão dianteira bate mais que escola de samba, mto macia, qqr coisa ela chega no final do curso... solução é trocar o óleo 5w ou 10w que está na bengala pelo 15w ou 20w dependendo da utilização.
-Marcador de combustível inexistente, piloto a moto tenso pq nunca sei qto tem de gás... se vc pensar que as vezes andamos com estilos e consumos diferente, não dá pra saber se tá acabando ou não o combustível, considero isso como: a autonomia é 50%, pq sempre abasteço qdo chega nuns 100km rodados, ou seja, dia sim dia não.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
19.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (0)Não (1)
Denunciar esta análise
Custom
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
7.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Danilo Analisado por Danilo    29 de Agosto de 2013
Analista Top 500  -  

Essa é minha primeira moto, comprei ela pensando que moto era o bicho mais difícil e domar, principalmente depois do curso de condutores obrigatório.
A moto me aceitou do jeito que eu sou, anda bem, passa no corredor (precisa dar uma rebolada), sai bem no semáforo, as vezes morre.
na subida precisa acelerar mesmo que pouquinho, pq se deixar só na força do motor ela dá uma morrida.
Mas é uma moto mto bonita, não é visada pra roubo, deixo ela sem preocupação na rua e a noite ela dorme na garagem do lado da minha esposa (HD Rocker C) e elas nem brigam.
Boa de curva, vivo raspando a pedaleira e ela segura bem.
vai ficar comigo mais alguns milhares de kilometros, daí penso se parto pra tenerezinha ou uma d-tracker.

Eu recomendo!
Prós
- Moto leve
- Fácil de manobrar
- Posição de pilotagem tranquila
- Visual incrível, meu Pai acha ela mais bonita que a minha HD.
- Consumo bom
Contras
Desempenho contra o Vento.
Morre o tempo todo.
faz mto barulho dos plastico se batendo.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
8.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (3)Não (1)
Denunciar esta análise
2 resultados - mostrando 1 - 2
Powered by JReviews