Análises escritas por Diogo Ogro

2 resultados - mostrando 1 - 2
 
Trail
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Diogo Ogro Analisado por Diogo Ogro    28 de Setembro de 2013
Analista Top 500  -  

Melhor moto que já tive (XTZ, Falcon, CB 500, Tornado, Tenere 250)!!!...gosto do visual limpo, de moto de enduro, sem carenagens volumosas...motor vibra, mas curto essa característica de motores monocilíndricos pela resposta rápida e forte...sei que em alguns estados brasileiros ela é muito visada, mas enquanto as pessoas quiserem se dá "bem" na custa dos outros e continuar comprando peças de origem duvidosa, esse mercado nunca vai acabar...

Moto não tenho do que reclamar, como já escrevi, a melhor moto que já tive!!!

Eu recomendo!
Prós
Motor forte...Se não tomar cuidado ela da um backflip na saída dos sinais.
Visual...Linda, porem já pede por mudança, é o mesmo desde o seu lançamento em 2005.
Agilidade...Transito pesado pra ela é brincadeira.
Consumo...22km/l, tive uma Tornado que fazia o mesmo, pra uma 660 é tranquilo.
Off road... Muito boa! muito torque em baixa, suspensão de longo curso com retorno suave, se fosse um pouco mais leve e de manutenção mais em conta, teria uma pra fazer trilha.
Contras
Preço de aquisição e manutenção...como tudo aqui no Brasil, pagamos caro pra enriquecer bandidos de colarinho.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (7)Não (1)
Denunciar esta análise
Trail
 
Satisfação Geral 
 
8.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Diogo Ogro Analisado por Diogo Ogro    23 de Março de 2013
Analista Top 500  -  

Moto sem frescura, encara qualquer desafio urbano ou fora de estrada com muito conforto, economia e autonomia (+ de 400km). Tem porte e moto maior, parece muito com a irmã mais cara de 1200cc. A Yamaha poderia usar o motor de 350cc do quadriciclo dela YFM 350, porte a Tenerezinha tem!
A minha maior reclamação são a balança e rodas de aço (a maior concorrente usa a excelentes rodas de DID de alumínio e balança idem) a mangueira do freio traseiro passando por baixo da balança (mais fácil de danificar) e a facilidade de oxidação de alguns parafusos, molas mas isso deve ser porque moro em Natal/RN e muito próximo da praia, maresia aqui castiga muito, por isso não passo mais de que duas semanas sem lavar a Smurfette (Tenere) sempre com vaselina.

Eu recomendo!
Prós
-Consumo
-Autonomia
-Conforto
-Visual
Contras
-Baixo torque
-Poderia usar balança e rodas de alumínio, como a principal concorrente
-A mangueira de freio traseiro passando por baixo da balança, num uso mais off road fica mais fácil danificar.
(Esses dois últimos contras que mencionei, a Yamaha poderia ter resolvido no lançamento da Tenere 250, pois era reclamação comum dos usuários e de revistas especializadas, com sua irmã mais magra e mais antiga, Lander)

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (4)Não (0)
Denunciar esta análise
2 resultados - mostrando 1 - 2
Powered by JReviews