Análises escritas por Eduardo Dachary

1 resultados - mostrando 1 - 1
 
Custom
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
7.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
6.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Eduardo Dachary Analisado por Eduardo Dachary    19 de Março de 2013
Analista Top 1000  -  

Tive uma Intruder 125 por dois anos e em seguida adquiri a 250 e não me arrependo do investimento! Estou muito bem servido com a moto, aliás a utilizo como meio de transporte principal.

Eu recomendo!
Prós
É uma moto muito forte em todos os seus sistemas além de ser completa, confortável e de fácil dirigibilidade por não ser uma moto muito grande e pesada. Para quem gosta de customizações é a moto ideal pois se enquadra em diversos estilos diferentes, da para fazer uma bobber, chopper, café racer, rats e por ai vai. É uma moto barata em relação as concorrentes da mesma cilindrada e as peças são encontradas com certa facilidade em relação as outras, tudo isso facilita a sua customização.
Contras
Muitas pessoas listam como um contra da moto o fato de ela não ser muito rápida pela sua cilindrada mas se esquecem que a velocidade não é a sua proposta final mas sim a força. Na minha opinião os únicos contras são mais estéticos como a sinaleira traseira quadrada que não combina nada com a moto, a moto é pequena com isso é preciso adquirir um comando avançado para quem é muito alto, a sua traseira é muito alta e não combina muito com o estilo custom originalmente e seu tanque é pequeno porém maior do que algumas concorrentes da mesma cilindrada. Mas todos esses detalhes podem ser tratados tranquilamente.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
1998
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
46.100 Km
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (11)Não (1)
Denunciar esta análise
1 resultados - mostrando 1 - 1
Powered by JReviews