Análises escritas por Flavio Gomes Abreu

3 resultados - mostrando 1 - 3
 
Custom
 
Satisfação Geral 
 
4.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
5.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
1.0
Flavio Gomes Abreu Analisado por Flavio Gomes Abreu    08 de Janeiro de 2015
Atualizado pela última vez: 08 de Janeiro de 2015
Analista Top 500  -  

relação custo benefício melhor não comprar.

Não recomendo.
Prós
Linda moto, rende tanto na estrada quanto na cidade, não sei porque mais tanto na cidade quanto na estrada faz 26km/litro, sua velocidade final é de 130km/h, aceleração e ronco do motor são sensacionais, em comparação com a intruder 250 a aceleração e velocidade final são bem melhores que a Intruder, lindíssima onde passa chama a atenção, conforto notável, já vem com acessórios que a deixam mais bonitas ainda.
Contras
Apesar de ser linda e a shineray tem ganhado espaço no mercado, essa moto nem sempre esta em produção, geralmente chega nas concessionarias em setembro e dezembro já n tem mais acho que cada loja vende uma por ano, peças nunca tem, na maioria das vezes que quebrou adaptei peças de outras motos como burgman 125 intruder 250 entre outras, o motor é único não existe peças equivalentes no mercado, o motor apesar de parecer igual a traxx e a Fym quando desmonta o motor, surpresaaaaa, nada serve, tive que vender ela as pressas pra não ficar no prejuízo pois o motor estava com vazamento de óleo e precisava trocar a borracha de vedação, nenhuma concessionária do Brasil tem peças nenhuma para essa moto, nem por encomenda, o baú traseiro muito sensível quebra fácil, fiquei um ano com essa moto e nos primeiros 6 meses só maravilha depois toda semana quebrando alguma coisa, muita dor de cabeça, realmente não vale a pena, eu sabia dos riscos mais resolvi compra-la mesmo assim, n achei que seram tantas as dores de cabeça. no fim das contas para vende-la tive que abaixar muito o preço de 7650 preço de tabela vendi por 5mil, sem comentar que quando chega a uns 80km/h a moto vibra muito os pedais vibram tanto que o piloto e carona ficam com os pés duendo em menos de 5minutos.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
20.000 Km
Manutenção
Difícil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (49)Não (9)
Denunciar esta análise
Custom
 
Satisfação Geral 
 
8.0
 
Visual 
 
3.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
4.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Flavio Gomes Abreu Analisado por Flavio Gomes Abreu    12 de Maio de 2013
Atualizado pela última vez: 12 de Maio de 2013
Analista Top 500  -  

não me arrependo de te-la comprado, porém deveria ter escolhido a Kasinski 150, a intruder 125 é uma ótima moto, eu faço pequenas viagens com ela cerca de 200km de distancia e me apaixonei por moto, pena que a modelo 250 americana não vai chegar no brazil pois tenho certeza que desbancaria todas as 250cc da categoria, enfim vale a pena para uma moto de primeira viagem. Vou vender a um amigo para migrar para a kasinski 250cc mais com dor no coração, quando ele não quiser mais eu talvez compre de volta rsrsrsrs. Eu recomendo.

Eu recomendo!
Prós
Leve, fácil de personalizar, ótima aceleração, boas retomadas, mão de obra barata, pouco visada para roubos, rede autorizada grande e ótimo atendimento. Ótima moto de primeira viagem, bom para aprender as malicias da pilotagem. Muito fácil de customizar. Faz em média 35km/lt, não vi fazer mais, ja menos, mais que isso a minha não faz.
Contras
aceleração final baixa, medidor de combustível muito ruim, começa a decair o ponteiro depois de 100km rodados com tanque cheio, e fica na reserva por mais 100 km, com o tanque cheio ela roda 350 km ele só mede dos 100 aos 200 km mais até ai já me acostumei. Lampadas queimam a cada 3 meses, n sei se é normal, a cada 3 meses queima a luz do farol ou a luz traseira. E por fim a moto parece com qualquer outra 125cc do mercado as Street digamos assim. para ficar de fato custom, tem que de fato customiza-la muito.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Utilitário (trabalho)
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
15.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (0)Não (0)
Denunciar esta análise
Custom
 
Satisfação Geral 
 
8.0
 
Visual 
 
7.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
6.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Flavio Gomes Abreu Analisado por Flavio Gomes Abreu    08 de Outubro de 2012
Analista Top 500  -  

responde muito bem as retomadas, assim como toda 125cc chora um pouco na subida com carona, em estrada reta fica entre 100 e 115km/h muito mais confortavel que qualquer outra modo das concorrentes, tanto para o motorista quanto para o carona.

Eu recomendo!
Prós
a intruder é muito boa, sem problemas de peças ou desgaste além do natural, manutenção baixa e boa resistência. Tenho uma e sem dores de cabeça até agora 5400km rodados. O banco é muito confortável, devo dizer até que melhor que todos os outros modelos 125 em questão de conforto. Esse é o ponto da Intruder, "o conforto"
Contras
as informações passadas acima são todas da intruder 125 e não a 250, pois a foto é claramente do modelo 125cc, tenho uma modelo 2013, faço 45 km /litro, com um tanque cheio com gasolina aditivada, fez 480 quilômetros, a versão 2013 ja vem com marcador de combustível para quem sem interessar, não adianta querer acelerar muito com ela pois é 125cc

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
4.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (10)Não (15)
Denunciar esta análise
3 resultados - mostrando 1 - 3
Powered by JReviews