CBX 250 TWISTER

Hot
admin123
Updated
 
8.8 (56)
80780 0 1 3
CBX 250 TWISTER

Marca

Fabricante
Honda

Descrição

Visão Geral
CBX 250 Twister foi uma motocicleta fabricada pela Honda no Brasil onde teve seu primeiro mercado, sendo posteriormente exportada e fabricada em outros países da América Latina.
A moto teve sua fabricação iniciada em abril de 2001, e foi concebida para substituir a CBX 200 Strada, que deixou de ser fabricada no ano de 2002. Em 2006 ela sofreu algumas pequenas modificações estéticas.
Esta motocicleta também era vendida na Argentina e no México, além de ser exportada para alguns países da Europa, sob o nome de CBF 250, com pequenas modificações.

Motor/Transmissão/Chassi

Cilindrada
249,00 cc
Tipo do Motor
DOHC / 1 cilíndros cilindros / 4 tempos tempos / Arrefecimento Ar
Combustível
Gasolina
Potência máxima
24,00 cv a 8.000 rpm
Torque máximo
2,48 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão
6 marchas
Injeção
Carburada
Partida
Elétrica
Chassi
Aço
Suspensão Dianteira
Convencional
Balança
Convencional

Dimensões

Peso (seco)
139,70 Kg
Peso em Movimento
0,00 Kg (MVOM)
Comprimento
2.031 mm
Largura
746 mm
Altura
1.057 mm
Altura do Banco
782 mm
Distância entre Eixos
1.369 mm
Pneu Dianteiro
100/80 - 17 M/C 52S
Pneu Traseiro
130/70 - 17 M/C 62S

Avaliações dos usuários

56 avaliações
 
63%
 
32%
 
5%
3-5 estrelas
 
0%
1-3 estrelas
 
0%
Avaliação Geral
 
8.8
Satisfação Geral
 
8.8(56)
Visual
 
8.8(56)
Conforto
 
7.5(56)
Performance
 
8.7(56)
Dirigibilidade
 
8.7(56)
Consumo
 
7.5(56)
Custo x Benefício
 
8.7(56)
Já possui uma conta? ou Crie uma conta
Ver todas as avaliações de usuários Ver as mais úteis
Avaliação Geral
 
8.0
Satisfação Geral
 
8.0
Visual
 
9.0
Conforto
 
9.0
Performance
 
9.0
Dirigibilidade
 
9.0
Consumo
 
7.0
Custo x Benefício
 
8.0
Eu recomendo!
Prós
Uma moto fora de linha, mas que cumpre bem o seu papel, muito acima da media não é tão gastona como dizem nem tão cara de manter como uma primeira pequena moto grande é uma otima opção anda bem é forte só precisa de um poco de manha para pilotar pois é uma moto com personalidade !!!!!!!!!!!!!!!
Contras
Os contras são os mais faceis de resolver, quanto a lampada fraca do farol basta substituir a original por uma 55/60 watts sem medo de ter seus caminhos bem iluminados e quanto ao barulho de corrente basta remover o aro que fica prezo a coroa, no mais é só diversão muito melhor que uma 125 ou 150 !!!!!!

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2004
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
55.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Baixo
WV
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 62 4
Avaliação Geral
 
10.0
Satisfação Geral
 
10.0
Visual
 
10.0
Conforto
 
9.0
Performance
 
10.0
Dirigibilidade
 
10.0
Consumo
 
10.0
Custo x Benefício
 
10.0
Minha opinião sobre a Twister é bastante tendenciosa. É a unica moto que já tive, continua sendo a minha atual. Não andei em outras motos por muito tempo. Mas transpareci tudo o que penso e sinto sobre essa maquina. Recomendo!
Eu recomendo!
Prós
- Mecânica Honda, ou seja, funciona, demora pra dar problema, quando acontece não é caro.
- Design bonito, acertado e para a época foi muito bem aceito. (A minha é 2008, ultimo modelo com FaceLift)
- Econômica, já encontrei muitas pessoas reclamando que a Twister consome muito. No meu caso, o primeiro ano com a moto fazia 18K/L. Hoje faço 28K/L na cidade.
- Painel, na época não era comum motos de baixa cilindrada ter marcador de combustível, hodômetro parcial e relógio digital. Comparados com hoje isso é quase uma regra.
- Amável maneabilidade, no transito intenso seguir uma Twister é muito difícil. Esterça bem e mantem facilmente o equilíbrio devida o centro de gravidade. Esta moto foi mesmo pensada para o transito brasileiro. Enfrenta rua esburacadas, terra, chuva, vento e o calor com desenvoltura. Resume-se numa unica palavra, confiável!
Contras
- Motor carburado.
- Barulho da corrente.
- Alto índice de roubo até mesmo hoje em dia é uma das mais procuradas.
- Desconforto em viagens longas.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
29.800 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Baixo
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 53 5
Avaliação Geral
 
10.0
Satisfação Geral
 
10.0
Visual
 
10.0
Conforto
 
7.0
Performance
 
10.0
Dirigibilidade
 
10.0
Consumo
 
10.0
Custo x Benefício
 
10.0
Ótima moto, recomendo
Eu recomendo!
Prós
Moto econômica, ao contrário do que muitos dizem, tem motor com bastante força, atinge velocidade de cruzeiro muito fácil, se mostra bem ágil em trânsitos e retomadas, manutenção é fácil e dificilmente tu tens problemas com a moto,apenas a manutenção prevista de fábrica.
Contras
Assento mal posicionado para o carona, Farol com Lâmpada 35w

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
36.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Baixo
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 46 0
(Atualizado: 23 de Agosto de 2012)
Avaliação Geral
 
10.0
Satisfação Geral
 
10.0
Visual
 
8.0
Conforto
 
9.0
Performance
 
8.0
Dirigibilidade
 
10.0
Consumo
 
8.0
Custo x Benefício
 
9.0
A Twister se tornou uma referência em 250cc, vejam o que a concorrência está fazendo, a própria Honda lançou a 300cc com o motor da Twister, só que melhorado.
Eu recomendo!
Prós
Moto robusta, se encontrar uma em ótimo estado de conservação como a minha, 2008, pode comprar sem medo. Como não quero investir em moto zero km, esta me serve muito bem. É só ver a quantidade de Twister que foram vendidas nesses anos todos e terá uma conclusão muito a favor dela. Peças de reposição não falta, porque ela mudou muito pouco até encerrar a produção. O consumo na cidade é de 27km/l. Na estrada com garupa viajo a 120km/h com tranquilidade. O problema de ela ser carburada não compromete em nada, em caso de problemas é só desmontar, limpar e rodar, praticamente qualquer mecânico de moto conserta, enquanto a injeção eletrônica já precisa ter conhecimento. A suspensão é bem acertada, em curvas não tem problemas.
Contras
Nada.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
Quilometragem
22.540 Km
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 40 3
Avaliação Geral
 
10.0
Satisfação Geral
 
10.0
Visual
 
9.0
Conforto
 
8.0
Performance
 
9.0
Dirigibilidade
 
9.0
Consumo
 
8.0
Custo x Benefício
 
8.0
Fui um feliz proprietário de Twister. A moto era divertida e nunca me incomodou. Só alegria!

VISUAL: O visual é algo subjetivo, mas o fato de parecer com a CG(estratégia conservadora e bizarra da Honda) desanima um pouco. Além das linhas, as setas são as mesmas. No entanto, era bonita na época e super fácil de lavar e encerar. As rodas em liga leve eram atuais, o painel era bonito e o escape dava um porte de moto mais encorpada.

CONFORTO: Essa palavra não combina com motos da Honda. Sua suspensão era dura, não chegava a ser seca. Na estrada se tornava confortável. A posição de pilotagem era confortável para viagens curtas, exceto para longas distancias, pois o corpo ficava muito inclinado pra frente, além de cansar os braços.

PERFORMANCE: Era divertida, mas limitada. Eu conseguia extrair boas arrancadas dela, era super fácil sair numa roda só e na frente de muitas motos de cilindrada maior. Lembro que dei susto num cara de CB500 e arranquei do lado de uma Falcon. Em ambos os casos fui despachado, antes dos 100 km/h e logo após atingir 100 km/h, respectivamente. A velocidade final era boa, mas nunca consegui passar de 150 km/h no painel, na qual foi o máximo que atingi pegando vácuo de um Focus. Em condições normais, eu não conseguia passar dos 140 km/h. No que se refere a retomadas, ela deixava a desejar, pois sempre tinha que reduzir uma marcha para conseguir bom resultado.

DIRIGIBILIDADE: Em estradas era boa, bem estável. A posição dava muita segurança. Na cidade era boa, parecia que tinha domínio total da moto. O único porém era a tendencia excessiva em sair de frente nas curvas de baixa velocidade, pois o pneus não casava bem com a suspensão dianteira.

CONSUMO: Isso era complicado. Logo quando peguei a moto, estava todo empolgado. Saía esticando tudo quanto era marcha, como se eu estivesse com a minha antiga Bros 125. O primeiro consumo deu 18 km/litro, coisa que me assustou. Minha melhor média foi de 25,9 km/litro, sempre arrancando bem de leve e sem passar de 70 km/h em sexta marcha. Em condições de uso normal, ficava com média de 23 a 24 km/litro. Na estrada nunca tirei média, mas uma vez andei 130 km com velocidade constante de 110 km/h e acredito que o consumo tenha ficado na casa dos 30 km/litro, talvez um pouco mais.

CUSTO x BENEFÍCIO: Na época era bom, nunca foi tão completa como a Fazer, mas entregava partida elétrica, rodas em ligava leve, freio a disco dianteiro, sensor do descanso lateral, painel completo e lampejador de farol. Perante a Fazer devia muita coisa, por isso não dei nota maior que 8.

Enfim, era uma moto divertida e que na minha mão só tinha furado o pneu uma vez. Nunca me deu dor de cabeça, porém, moto só deve ser avaliada na casa dos 50.000KM, pois só assim é possível saber se a moto é durável ou não. Recomendo a compra para quem usará mais na estrada do que na cidade, pois na cidade a Fazer cumpre melhor o papel, mas na estrada a Twister leva vantagem pela sexta marcha.
Eu recomendo!
Prós
- Posição de pilotagem para viagens curtas;
- Sexta marcha;
- Painel bonito;
- Rodas em liga leve;
- Consumo na estrada;
- Acelerações;
- Estabilidade na estrada.
Contras
- Consumo urbano;
- Pneus originais;
- Efeito "Shimmy"(escorregar dianteira nas curvas);
- Suspensões duras(não chega a ser seca);
- Visual parecido com a CG;
- Posição de pilotagem para viagens longas;
- Retomadas;
- Falta protetor antiqueimadura no escape(queimei a batata da perna, uma vez).

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2004
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
18.000 Km
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Manutenção
Normal
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 39 4
Ver todas as avaliações de usuários