XTZ Crosser 150 XTZ Crosser 150 Quente

XTZ Crosser 150

Marca

Fabricante
Yamaha

Descrição

Origem
Nacional

Motor/Transmissão/Chassi

Cilindrada
149,30 cc
Tipo do Motor
OHC / 1 cilíndros cilindros / 4 tempos tempos / Arrefecimento Ar
Combustível
Flex
Potência máxima
12,40 cv a 7.500 rpm
Torque máximo
1,29 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão
5 marchas
Injeção
Eletrônica
Partida
Elétrica
Chassi
Aço
Suspensão Dianteira
Convencional
Balança
Convencional

Dimensões

Peso (seco)
120,00 Kg
Comprimento
2.050 mm
Largura
830 mm
Altura
1.140 mm
Altura do Banco
836 mm
Distância entre Eixos
1.350 mm
Pneu Dianteiro
90/90-19 M/C (52P)
Pneu Traseiro
110/90-17 M/C (60P)

Análises dos usuários

Avaliação média dos usuários: 8 usuário(s)

Para escrever uma análise por favor registre-se ou login.

Satisfação Geral 
 
8.6  (8)
 
Visual 
 
8.9  (8)
Conforto 
 
8.6  (8)
Performance 
 
7.8  (8)
Dirigibilidade 
 
9.0  (8)
Consumo 
 
9.1  (8)
Custo x Benefício 
 
8.8  (8)
 
XTZ Crosser 150 2014-07-08 01:27:22 Fabio De Carvalho
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Fabio De Carvalho Analisado por Fabio De Carvalho    08 de Julho de 2014
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Excelente no design e no desempenho urbano. Na estrada é preocupante a leveza do quadro.

Eu recomendo!
Prós
Design inovador, boa dirigibilidade na cidade, boa relação Custo x Benefício. Boa arrancada e retomada no transito da cidade.
Contras
Na estrada a falta de estabilidade é preocupante, pois a moto é muito leve - o quadro/chassi deveria ser mais pesado e/ou ter um sistema de contrapesos.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
2.200 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (19)Não (3)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2014-07-25 19:00:47 Emerson Otsuka
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Emerson Otsuka Analisado por Emerson Otsuka    25 de Julho de 2014
Analista Top 100  -   Ver todas as minhas análises

É uma moto urbana pronta pra enfrentar o asfalto lunar da cidade de São Paulo. Não comprei esta moto para pegar estrada e acredito que não seja a praia dela pois além de ser leve demais o motor não tem desempenho suficiente para determinadas rodovias.
Parece com aqueles carros com roupagem aventureira, pois é um pouco melhor que um carro comum pra enfrentar pisos ruins, mas não é off road de verdade.
Vejo pessoas reclamando da velocidade final, mas realmente não sei o que elas esperam de um motor de 150cc! Eu noto sim uma diferença de desempenho com o scooter de 150cc que eu pilotava antes, mas nunca achei que a Crosser fosse correr muito mais.
Ela é "perfeita" para o que se propõe no projeto, moto urbana de baixa cilindrada com suspensões preparadas para pisos ruins e cara de trail.

Eu recomendo!
Prós
Suspensão com link na traseira evita que a moto pule nas lombadas e valetas e absorve bem as irregularidades.
É uma moto leve, fácil de pilotar e se esgueira fácil nos corredores.
Câmbio macio, fácil engate das marchas.
Painel de fácil leitura com indicador de marchas e conta giros.
Contras
Um painel digital grande mas sem um mísero relógio.
Freio dianteiro borrachudo.
A frente é leve em excesso, facilita em manobras mas ela empina fácil na saída em ladeiras.
Não tem cavalete central nem como acessório nas concessionárias.
A furação no bagageiro não é compatível com a grande maioria das bases dos bauletos (mesmo as bases colméia os furos não batem), sendo necessário comprar uma chapa metálica para instalá-los e somente uma concessionária em São Paulo tinha a peça.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
250 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (9)Não (2)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2014-11-08 20:31:00 Fernando Cesar Zarantonello
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Fernando Cesar Zarantonello Analisado por Fernando Cesar Zarantonello    08 de Novembro de 2014
Atualizado pela última vez: 08 de Novembro de 2014
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

sem problemas até agora, só economia (fazendo média de 46 km/l na gasolina na área urbana de Brasília/DF

Eu recomendo!
Prós
agilidade, resposta do motor, baixa vibração, visual, qualidade e economia de combustível fantástica
Contras
preço, pouco torque em baixa rotação

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
2.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (8)Não (2)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2015-02-19 13:50:28 Eddie Alessandro Miranda Carvalho
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Eddie Alessandro Miranda Carvalho Analisado por Eddie Alessandro Miranda Carvalho    19 de Fevereiro de 2015
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Confesso que estava em dúvida entre a XT 250 teneré e a Tornado 300 da honda...mas depois de saber dos problemas de cabeçote da Tornado 300 da honda eu desisti da compra e o fato da XT 250 não ser bi-combustível e ser beberrona perto da Xt 150 e como usaria 95% na cidade, 4% em trilhas e 1% em viagens, desisti de adquirir a XT 250 onde as peças eram muito mais caras e a manutenção desanimava, além de ser mais pesada. Estou feliz com o custo-benefício que a XT 150 oferece no dia a dia, se a Yamaha aumentasse a cilindrada para 175 cc seria ideal já que a Honda recentemente aumentou para 160 cc da NXR Bros, deixando ela mais esperta para andar na cidade.

Eu recomendo!
Prós
Extremamente econômica, já fiz medições de 44 km/l gasolina e 39 km/l no álcool puro.
Painel completo faltando apenas o relógio.
Motor moderno, durável, baixa manutenção, resistente e leve.
Conforto das suspensões, ágil nas curvas, não passa insegurança e baixa vibração e sem trepidações.
Ultrapassa com segurança as ruas esburacadas e ainda se sai bem em trilhas leves nos fins de semana...
Peças de reposição baratas e fácil de se encontrar.
Nenhum defeito apresentado e nenhuma peça trocada até os atuais 10 mil km.
ótimo freio dianteiro à disco.

Contras
Não é uma moto para viagens longas e sim para uso diário na cidade e no campo, cansa a bunda acima de 400 km pois não passa de 105 km por hora e os caminhões perturbam na estrada e nessa velocidade já tá tocando a campainha e perde um pouco da velocidade final nas subidas inclines.
A suspensão traseira poderia ter regulagem como nas XT 250 Teneré e Xt 125 e um maior curso como nas XR 250 ou TTR 250.
Altura pode atrapalhar os baixinhos mas dá para rebaixar 5 cm no garfo dianteiro.
Os retrovisores ficam numa posição que pode pegar nos retrovisores das camionetas e alguns carros SUV´s em caso de fazer cobrinhas.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
10.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Baixo
Esta análise foi útil para você? 
Sim (7)Não (1)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2014-10-14 22:29:09 Alexandre
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Alexandre Analisado por Alexandre    14 de Outubro de 2014
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Em comparação à moto anterior que tive ela é bem diferente e superior em quesitos como dirigibilidade, agilidade e conforto.
Sabendo qual é o objetivo e o uso da moto não se tem do que reclamar, mas como ela ainda é nova prefiro aguardar mais um pouco para falar dela com mais propriedade.

Eu recomendo!
Prós
Suspensão boa,
posição de pilotagem bem confortável,
ótima para pilotar em trânsito pesado pois passa sem problemas entre os carros,
responde bem às acelerações apesar de ainda estar em fase de amaciamento,
câmbio macio.
Contras
Apesar de macio achei o câmbio barulhento.
Não tem cavalete central nem como acessório nas concessionárias.
A furação no bagageiro não é compatível com a grande maioria das bases dos bauletos, sendo necessário comprar uma chapa metálica para instalá-los e somente uma concessionária em São Paulo tinha a peça.
Ela esquenta as pernas no trânsito mais intenso.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
135 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (7)Não (2)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2015-03-12 16:35:17 Davi Carvalho
Satisfação Geral 
 
5.0
 
Visual 
 
4.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
2.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
6.0
Davi Carvalho Analisado por Davi Carvalho    12 de Março de 2015
  -   Ver todas as minhas análises

Realmente um ótimo modelo, mas peca pelo seu baixo desempenho em estradas, incapaz de realizar retomadas mais vigorosas em velocidades acima dos 90kmh. Seu preço sugerido está alto para oque entrega. Muito melhor será o possível cliente da Yamaha xtz crosser 125 ver também a Traxx Fly 250, com ótimo desempenho dentro da mesma faixa de preço!!! Fica a Dica.

Eu recomendo!
Prós
Prós: Agilidade urbana, consumo e acabamento.
Contras
Contra: Preço, índice de roubo..., desempenho em estradas.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
50.005 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (3)Não (5)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2015-08-28 19:39:49 Flávio Makoto Nemoto
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Flávio Makoto Nemoto Analisado por Flávio Makoto Nemoto    28 de Agosto de 2015
Analista Top 10  -   Ver todas as minhas análises

Na categoria considero muito honesta. Muito bem construído, baixíssimo nível de vibração. Materiais empregados nela são de alta qualidade, motor bem resistente e adequado pra categoria. O consumo está bem dentro do esperado e o visual sensacional. Quadro de instrumentos completíssimo. A Yamaha veio com uma moto muito competitiva pra entrentrar a Bros. Sou uma pessoa suspeita em relação a Yamaha, pois já tive 4 (2 Fazers 250 e 1 Lander X). A proposta da Crosser está muitíssimo adquado dentro da categoria. Para os que querem mais, simples, só comprar um produto superior, isto é, partir pra 250cc. Reclamar é fácil, porém sentar, projetar, testar e fazer um produto confiável e durável é um desafio. Parabéns a Yamaha por seus ótimos produtos e por testar, entregar na pista e entregar aos consumidores finais toda experiência. Os produtos que usam o CrossPlane são o de que há de melhor no mercado (vide as Teneré, MTs, R1M, R3, etc).

Esta análise foi útil para você? 
Sim (2)Não (0)
Denunciar esta análise
XTZ Crosser 150 2015-08-13 17:22:34 Robson Bastos
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Robson Bastos Analisado por Robson Bastos    13 de Agosto de 2015
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Sinceramente eu não poderia estar mais satisfeito. A posição de dirigir é ótima; A saída é muito rápida, superior as outras motos 150cc; Consumo é excelente; Design muito bonito, perdi as contas de quantas vezes me perguntaram o valor da moto e elogiaram parado no sinaleiro.

Esta análise foi útil para você? 
Sim (1)Não (0)
Denunciar esta análise
 
Powered by JReviews

Postado: 28 Ago 2015 16:41 por flávio.nemoto #662062
flávio.nemoto's Avatar
Unica coisa que não gosto é do banco... Acho muito duro... Mas é sacanagem exigir numa moto com essa faixa de preço tenha um banco igual da Tiger ou da Versys... Pra mim a Yamaha tá perdoada... he..he..
Postado: 19 Fev 2015 20:09 por Patriarca #659567
Patriarca's Avatar
Olá Eddie tudo bem? O que você já trocou nela? Já viu se a moto está no recall?