CBR 250 R CBR 250 R Quente

CBR 250 R

Marca

Fabricante
Honda

Descrição

Visão Geral
Performance e estabilidade com o DNA da linha CBR Para mais esportividade no seu dia-a-dia.

Motor/Transmissão/Chassi

Cilindrada
249,40 cc
Tipo do Motor
DOHC / 1 cilíndros cilindros / 4 tempos tempos / Arrefecimento Líquido
Combustível
Gasolina
Potência máxima
26,40 cv a 8.500 rpm
Torque máximo
2,34 kgf.m a 7.000 rpm
Transmissão
6 marchas
Injeção
Eletrônica
Partida
Elétrica
Chassi
Aço
Suspensão Dianteira
Convencional
Balança
Convencional

Dimensões

Peso (seco)
154,00 Kg
Peso em Movimento
0,00 Kg (MVOM)
Comprimento
2.030 mm
Largura
709 mm
Altura
1.127 mm
Altura do Banco
784 mm
Distância entre Eixos
1.369 mm
Pneu Dianteiro
110/70-17M/C
Pneu Traseiro
140/70-17M/C

Análises dos usuários

Avaliação média dos usuários: 16 usuário(s)

Para escrever uma análise por favor registre-se ou login.

Satisfação Geral 
 
7.7  (16)
 
Visual 
 
8.0  (16)
Conforto 
 
7.2  (16)
Performance 
 
7.0  (16)
Dirigibilidade 
 
8.1  (16)
Consumo 
 
7.6  (16)
Custo x Benefício 
 
6.8  (16)
 
CBR 250 R 2012-08-31 02:59:20 Éder Fonseca
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Éder Fonseca Analisado por Éder Fonseca    31 de Agosto de 2012
Atualizado pela última vez: 13 de Abril de 2013
  -   Ver todas as minhas análises

Depois de 6000 rodados, tenho alguns comentários a fazer:

São 8 meses de uso predominantemente urbano. Depois que desfiz de minha Biz, tornou-se meu meio de transporte, em condições que beiram a severidade.

O ponto alto dessa moto é o conjunto: boa para a cidade e para pegar estrada, mantém velocidade de cruzeiro com segurança e bastante manobrável. Pra quem gosta de pilotar de verdade, será uma delícia a experiencia com ela. No corredor se sai bem, com os retrovisores quase sempre passando por cima dos dos automóveis, a pilotagem é divertida e ela perdoa erros, desde que não no molhado. Com pista molhada todo cuidado é pouco.

Outro ponto a se destacar é o custo de manutenção: todas as peças de reposição são muito mais baratas que as similares das concorrentes principais, além disso a moto é bastante economica, me surpreendeu bastante nesse aspecto, pois não esperava essa economia. Desnecessário citar a facilidade de acesso à rede de concessionárias da Honda.

A velocidade máxima que eu atingi foi de 165 km/h, que não é definitiva haja visto na oportunidade ainda haver um pouco de cabo a mais para enrolar. Depois da terceira revisão realizarei um novo teste. Mantém cruzeiro dentro dos limites de velocidade tranquilamente, sozinho ou com garupa.

Dentre os pontos negativos eu citaria a ergonomia; depois de um período começa a forçar as costas e braços. Sei que isso é característica de toda moto sport, e dentre as principais concorrentes, Ninja e Comet, a CBR é de longe a menos desconfortável. Já para o banco não há desculpas, a Honda poderia usar melhores materiais no estofamento.

Outro ponto negativo é o preço, mas não há moto no Brasil da qual não se possa reclamar disso. O mercado brasileiro é totalmente irracional. Com o preço de uma CBR com ABS ou Ninja 300 se pode comprar uma ER6N semi-nova, ou mesmo partir para uma XJ6...

Eu recomendo!
Prós
- Equilibrio do conjunto.
- Economica, bastante economica.
- Nivel de acabamento muito superior às motos nacionais.
- Ciclística.
Contras
- Banco simples demais.
- Concessionárias cobrando ágio.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
6.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (46)Não (8)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-07-20 13:53:44 Marcus Vinícius P. de Santana
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
5.0
Custo x Benefício 
 
7.0
Marcus Vinícius P. de Santana Analisado por Marcus Vinícius P. de Santana    20 de Julho de 2012
  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
Desempenho excelente para uma moto equipada com um motor monocilíndrico de 250cc.
Contras
Tanque de combustível pequeno com apenas 13 litros, isso diminui e muito a autonomia da moto.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
2.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (36)Não (24)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-10-20 20:33:20 Leonardo Caldas
Satisfação Geral 
 
4.0
 
Visual 
 
7.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
2.0
Dirigibilidade 
 
6.0
Consumo 
 
6.0
Custo x Benefício 
 
1.0
Leonardo Caldas Analisado por Leonardo Caldas    20 de Outubro de 2012
  -   Ver todas as minhas análises

A moto é até boazinha mas não vale pelo preço que a Honda ta cobrando. É absurdo. A gente tem que parar de alimentar estas marcas que fazem a gente de bobo. Me lembro uma reportagem com o Presidente da Honda. que disse ..." a gente cobra alro pq o brasileiro paga"... pois bem o negócio é boicotar. Há outras marcas que oferecem produtos mais vantajosos. A CB 300 vale muito mais a pena. Aguardo ansiosamente pela NINJA 300 !

Não recomendo.
Prós
É HONDA
Contras
É HONDA

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (31)Não (47)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-08-08 12:38:06 Helio Diogenes
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Helio Diogenes Analisado por Helio Diogenes    08 de Agosto de 2012
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
Moto leve e boa de pilotar. Responde muito bem às minhas necessidades
Contras
Bancos pouco confortáveis

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
Estrada
Quilometragem
1.200 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (29)Não (14)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-08-09 11:47:51 Rodrigo Carrara
Satisfação Geral 
 
1.0
 
Visual 
 
1.0
Conforto 
 
1.0
Performance 
 
1.0
Dirigibilidade 
 
1.0
Consumo 
 
1.0
Custo x Benefício 
 
1.0
Rodrigo Carrara Analisado por Rodrigo Carrara    09 de Agosto de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

lixo de moto

Não recomendo.
Prós
nao existe pro, a moto nao presta
Contras
a motinha eh uma piada, eh uma twister com carenagem, lixo total, a ninja 250 bate ela em todos quesitos

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Utilitário (trabalho)
Esta análise foi útil para você? 
Sim (27)Não (124)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-09-18 16:43:46 Tárcio Luna
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Tárcio Luna Analisado por Tárcio Luna    18 de Setembro de 2012
  -   Ver todas as minhas análises

Uso ela para ir todos os dias ao trabalho, meu dia-a-dia ficou mais divertido! A moto é linda e ótima para quem está iniciando!

Eu recomendo!
Prós
Muito fácil de pilotar, ótima em baixas rotações e um design fantástico!

Contras
Por ser uma monocilíndrica o ronco do motor deixa uma pouco a desejar.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
700 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (26)Não (4)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2013-01-28 13:24:56 Marcus Vaz
Satisfação Geral 
 
5.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
6.0
Performance 
 
4.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
3.0
Marcus Vaz Analisado por Marcus Vaz    28 de Janeiro de 2013
  -   Ver todas as minhas análises

Como proprietário de CB 300 e ex-proprietário de outra, assim como 2 fazers e tb após exaustivos testes na ninjinha 250, eu não recomendo esta moto pois é muito cara pelo pouco q oferece. Noutros países é excelente opção para as pessoas leigas aprenderem a pilotar uma esportiva, pois neles há diferentes categorias de habilitação e os jovens não dispõem da possibilidade de comprar uma esportiva de verdade logo de cara. Aqui não é possível pagar 17 mil numa motinho de "brinquedo" para se dar esse luxo, uma CB 300 de 11.500 reais é muito mais negócio. Manutenção barata, mecânica já consagrada pelo mercado paralelo, torque bem maior e já disponível em baixa, no perímetro urbano a velha "cbosta" dá de relho, e na estrada a ninja 250 humilha custando 14 mil reais, isso mesmo, 14 mil! Desnecessário comparar com a ninja 300, superior em TUDO, a situação piorará no inverno, quando a 250 sair de linha e essa 300 cair para 17 mil reais... detalhe a ninja 300 é montada no brasil, a CBR é importada, ou seja, entre baixar de preço e parar sua importação, adivinhem o que a honda irá fazer? quem comprar, ficará com o mico na mão, enquanto a CB 300 R é cheque no bolso, revenda garantida igual CG 150. Ou seja, enquanto a honda não montar a CBR no brasil, eu não recomendo essa moto, é um mau negócio.

Quanto ao desempenho em estrada, ela passou um pouco mais de segurança que a CB 300 em altas velocidades, chegando facilmente a 140, 150. Não fui mais q isso pois a moto não era minha, acredito q forçando a mão e deitando feito superman na moto alcançaria os 160 com bastante dificuldade, coisa q nem nas ninjas mais velhas acontece, a 150 o motorzinho monocilíndrico já vibra bastante, a 160 constantes a durabilidade dele, sei não hein? Moto pequena não é feita pra rodar no limite, por isso mesmo a ninja HUMILHA nesse aspecto.

Então é isso pessoal, moto pra cidade é a veterana cb 300, moto pra estrada é a ninja. A CBR vai ter q baixar de preço para se tornar uma opção viável. Boazinha ela é sim, mas pagar 17 mil numa motinho q peida igual uma cb 300, definitivamente não é uma boa idéia.

Não recomendo.
Prós
Design;
Dirigibilidade;
Consumo;
Segurança;
Modernidade do projeto.
Contras
Péssimo custo x benefício;
Baixo desempenho;
Manutenção cara;
Suspensão e banco duro;

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (24)Não (18)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2013-01-28 21:02:39 ruan castilho
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
ruan castilho Analisado por ruan castilho    28 de Janeiro de 2013
  -   Ver todas as minhas análises

Moto muito boa, seu desempenho é excelente. Nada a reclamar, eu já coloquei 175 km/h, minha próxima moto vai ser a CBR 600f.

Eu recomendo!
Prós
Moto muito boa, seu desempenho é excelente.
Contras
Nada a reclamar

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
5.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (14)Não (8)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2013-03-26 12:25:08 Rafael Rodrigues
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Rafael Rodrigues Analisado por Rafael Rodrigues    26 de Março de 2013
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
boa performance, apesar e ser monocilindrica.
painel de facil visualização
boa de guiar na cidade mesmo com seu tamanho
melhor custo x beneficio
conforto na posição de pilotagem em comparação com outras
achei economica pelo perfil de moto
Contras
cara para a categoria
poderia poderia ser bicilindrica pela proposta e esportividade o que iria diferencia-la das naked 250 cc e 300 cc apesar da configuração do motor ser diferente
por ser mono, o barulho e menos empolgante, mas isso era esperado
poderia ter indicador de marcha, ela merecia
tanque pequeno, o que reduz a autonomia

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Pista
Esta análise foi útil para você? 
Sim (13)Não (0)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2014-04-11 03:03:17 Fabiano Lopes
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Fabiano Lopes Analisado por Fabiano Lopes    11 de Abril de 2014
Atualizado pela última vez: 11 de Abril de 2014
  -   Ver todas as minhas análises

Sou proprietário da CBR 250R, satisfeitíssimo com a moto e todo o seu conjunto. O motor de 249cc entrega bom torque e garante acelerações condizentes com o trânsito, seja urbano, seja rodoviário. Uso ela para ir trabalhar. Seu consumo fica entre 18 e 22 km/l (tanque de 13 litros, atingi autonomia de 235km), mas depende da maneira que se anda. Eu geralmente vou mais forte. Vai muito bem nos corredores, nunca tive problemas. É ágil e chama a atenção por onde passa.

Anda mais que CB300 e Fazer. Sua velocidade final beira os 180km/h. Transmite bastante segurança, principalmente em curvas. Ao contrário do que muitos "haters" postam, seu motor nada tem a ver com a antiga Twister (talvez por analogia às 250cc), e tão pouco deixa a desejar. É uma moto que lhe sobe a adrenalina numa acelerada mais forte, dentro das limitações de uma 250cc, obviamente. Já fui proprietário de Fazer e Ténéré. Não me arrependo de ter optado pela CBR.

O banco é largo e confortável, ao contrário do banco "sela" da Ténéré e o "esponjoso" e cavado da Fazer. Uma moto que deveria ter emplacado, mas infelizmente vivemos num Brasil de ignorância e mal educado, onde pessoas se prestam a tecer comentários empíricos e até sem nexos. Comparar a CBR 250R com CG ou Twister? Seu preço alto é devido a importação e taxas.

Eu recomendo!
Prós
Bastante velocidade final, já bati os 177km/h.
Estabilidade, excelente em curvas.
Visual chamativo.
Pilotagem esportiva.
Freios.
Muito boa em uso urbano, mas sua praia são as rodovias!
Motor responde bem em retomadas, torque disponível.
Contras
Pneus originais pecam um pouco.
Suspensão dura (por ser esportiva).

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Utilitário (trabalho)
Terreno testado
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
6.800 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (13)Não (3)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2012-09-21 19:25:29 JONATHAN
Satisfação Geral 
 
7.0
 
Visual 
 
6.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
5.0
Dirigibilidade 
 
7.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
4.0
JONATHAN Analisado por JONATHAN    21 de Setembro de 2012
  -   Ver todas as minhas análises
Não recomendo.
Prós
NADA
Contras
EU TENHO UMA CB 300 E ESSA CBR É UMA CB COM CARENAGEM QUALQUER BAIANO CONSEGUE FAZER ISSO ALE DISSO ELA TEM MAIS PESO E MENOS POTENCIA>>>> RSRRRRRRRRRRRRRSRSRSRSRRSRSRS

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2012
Terreno testado
Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (12)Não (94)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2014-06-12 23:21:55 Alexandre Taniguchi
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Alexandre Taniguchi Analisado por Alexandre Taniguchi    12 de Junho de 2014
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Como motociclista há mais de 25 anos, não me influencio por gente que fala que tal marca é uma porcaria, ou que determinada moto é um lixo. Isso é papo de quem não sabe nada de motocicleta. A CBR é uma moto que foi muito atacada porque chegou depois que o mercado já havia assimilado outros modelos, como Ninja e Comet. Ou seja: terreno minado. E muita gente criticou o fato da moto ter moto monocilíndrico, mas nenhum dos críticos foi verificar que esse é um motor 100% novo (o da Ninja é da década de 90; o da Comet é um pouco mais antigo, só foram atualizados). O motor da CBR tem 17 patentes diferentes da Honda, sendo pioneiro em muitos aspectos, tanto é que enfrenta motores bicilindricos e vence no torque, na retomada e na facilidade de uso, além de garantir uma excelente economia. É uma moto muito agradável de pilotar, ágil, rápida e segura. Sou fã da CBR 250 e, com relação à velocidade final, se for pra eu andar a 180 km/h, oras, compro uma moto maior. Recomendo!

Eu recomendo!
Prós
Acabamento de altíssimo nível, deixa as concorrentes da mesma categoria no chinelo. Painel, comandos, qualidade da pintura, detalhes em geral, no mesmo nível de motos de categoria superior. Desempenho excelente para um motor de 250 cc, além de oferecer uma economia maior até do que motos de menor cilindrada. Com ela é fácil fazer 28 km/lt a 120 km/h na estrada. Motor liso, quase não vibra, principalmente em alta rotação, bom torque que facilita uso na cidade (não tem que ficar cambiando como na Ninja, que tem que fazer o motor gritar pra conseguir alguma resposta), além de uma velocidade final acima de 160 km/h que considero muito bom para o tamanho de seu motor. E dá pra levar uma acompanhante na garupa sem problemas. Além de linda, essa moto possui um farol espetacular, é melhor do que o do meu Gol G5. E o fato de ser monocilindríca não é problema, a futura Triumph 250 é mono, as KT 200 e 390 são mono, e a Kawasaki vai lançar uma Z 250 mono...isso mostra que esse tipo de motor pode ser top também, com certeza!
Contras
Poucas coisas merecem crítica nessa moto. A lanterna traseira podia ser led, os números do painel digital são meio pequenos, e os suportes das manetes não deveriam ter um ressalto pra encaixe de retrovisores (cobertos por um plástico). E a tampa de combustível podia ser articulada.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
5.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (8)Não (1)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2013-01-23 20:21:05 Luan Franzoi
Satisfação Geral 
 
5.0
 
Visual 
 
2.0
Conforto 
 
5.0
Performance 
 
7.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
5.0
Custo x Benefício 
 
5.0
Luan Franzoi Analisado por Luan Franzoi    23 de Janeiro de 2013
  -   Ver todas as minhas análises
Não recomendo.
Prós
É Honda, tem um motor com uma performance excelente.
Contras
Muito esportiva, e nada de motor. Ficou com o Visual de moto grande, mas com "motor" pequeno de baixo desempenho. Não me agradou.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (5)Não (26)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2013-09-25 15:51:32 Markos Philipe
Satisfação Geral 
 
5.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
6.0
Performance 
 
5.0
Dirigibilidade 
 
6.0
Consumo 
 
6.0
Custo x Benefício 
 
4.0
Markos Philipe Analisado por Markos Philipe    25 de Setembro de 2013
  -   Ver todas as minhas análises

É uma boa moto.. Mas por ser "HONDA", se valorizou muito. -Mas não vale o que custa!

Não recomendo.
Prós
É uma CBR..- Pelo menos o Nome vem de uma linha super esportiva da Honda-. É lindinha -apesar da cor principal ser essa colorida com azul..-
Adoraria ter uma ou mesmo pilotar de novo!

Segue a ideia de que "Moto é Honda". -Com esse pensamento você compra uma moto 'Mais ou Menos' pagando o preço de uma moto muito mais satisfatória!
Contras
Não vale o que custa!
-Quem compra, compra por desinformação.. Tem algum dinheiro e quer fazer um mimo a sí mesmo(ter uma CBR, ora! rs) ou não tem dó do seu dinheirinho!
Se eu ganhasse uma, ficaria put* feliz :D .. Mas comprar uma 250 de estilo sport... Vou de 2 cilindros! O preço é equivalente mesmo. -> Ninja 250/300

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (5)Não (15)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2014-09-05 13:20:11 Wendell
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Wendell Analisado por Wendell    05 de Setembro de 2014
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises

Eu acho uma moto espetacular (claro, considerando a categoria, motor e afins).
É uma 250 bem acabada, com qualidade feita para os padrões europeus.
Muito fácil de conduzir, boa para estrada, boa para o carona mas melhor na cidade por ser muito leve e dócil.

Numa comparação "direta", diria que a ninja é mais esportiva, tem mais velocidade final, também é muito bonita e tem boa tecnologia. Boa para quem quer uma mini-esportiva e anda sozinho. Já a Cbr250, é melhor na cidade, é melhor para o carona tanto no quesito conforto quanto pelo fato de ter alças de apoio, cabe uma baú para quem faz viagens, é mais econômica, tem custo de manutenção mais baixo e tem rede de concessionária em qualquer buraco do brasil.

Ai vai de cada um, o que quer. Qual moto atende melhor as expectativas dele. A Cbr atende melhor a minha porque viajo muito, preciso de baú, prezo pela manutenção com preço aceitável e às vezes viajo com garupa. Independente disso, a Cbr é sim, uma ótima motinha! Indico!

Eu recomendo!
Prós
. Muito bonita
. Muito fácil de conduzir
. Bem leve
. Frenagem bem eficiente
. Muito econômica (De 26,5 a 31km/l comigo urbano/estrada)
. Qualidade do material (moto importada)
. Boa velocidade de cruzeiro
. Pouca vibração para uma monocilindrica
. Relativamente confortável para a categoria
. Relativamente confortável para o(a) carona (comparado a ninjinha)
. Dá para colocar baú (para os que viajam muito como eu)
. Custo de manutenção bem aceitável
. Maior número de concessionárias do Brasil
Contras
. Suspensão dura é ideal para curvas mas ruim em em perímetro urbano mal pavimentado
. Demora para chegar as peças de reposição menos usuais, tipo carenagem (cerca de 30 dias)
. Acho as manete muito "alta", cansando fácil a mão em perímetro urbano
. Acho o custo-beneficio alto, mas o mesmo serve para a ninjinha, inzauma e outras.... não é exclusividade da cbr.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
9.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (4)Não (1)
Denunciar esta análise
CBR 250 R 2015-08-02 21:23:19 Claudenilson Silva
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Claudenilson Silva Analisado por Claudenilson Silva    02 de Agosto de 2015
  -   Ver todas as minhas análises

Boa noite!
Tenho uma CBR 250R e posso afirmar que é uma moto que vale a pena comprar, não indicaria fazer a compra de uma nova mas existe muitas opções com preços condizentes com a moto. Comprei a minha a um ano e meio de segunda mão por R$ 12.000,00 e até hoje só gastei com revisões e combustível. Moto econômica e muito bonita. Quem tem recomenda agora quem deu uma voltinha não tem respaldo para falar da moto.

Esta análise foi útil para você? 
Sim (0)Não (0)
Denunciar esta análise
 
Powered by JReviews

Postado: 02 Set 2017 20:05 por alecsander.antunes #666675
alecsander.antunes's Avatar
Realmente tenho uma cbr 250 uma moto realmente linda replica das suas irmas traz um motor otimo para andar no dia a dia e ate nas estradas oferece um grande conforto de banco posiçao de pilotagem mais suave da categoria oq qero dizer q se vc qer compra moto rapida neste valor pegue uma cb 500 gs500 nao so puxasaco de marca mais tenho uma e sei q o produto q a honda ofereceu quando ela foi lançada foi um conjunto dos atributos q uma moto deve oferecer.se apenas velocidade fosse importante produziria apenas motores nao seus atributos
Postado: 30 Ago 2016 11:51 por caioravi #665005
caioravi's Avatar
Olá amigos, gostaria de uma dica com relação a CBR 250r, estou pensando em colocar uma escapamento nela e queria pedir a opinião de vocês.
Gostaria de colocar um ronco mais Grave e encorpado, estava vendo esse daqui: produto.mercadolivre.com.br/MLB-72499249...-aluminio-full-4-_JM

O que acham?

particulamente eu nao gostei muito desse por achar o ronco muito barulhento, mas o vendedor da loja me disse que tinha um tal de DB killer que acompanha no escapamento e que ficaria com som mais encorpado, procede?

Agradeço desde ja!
Postado: 04 Dez 2015 00:55 por Novo motociclista #662949
Novo motociclista's Avatar
Vlw Wendell. Obg pela resposta!
Pode ter certeza q ajudou bastante mano.
Postado: 03 Dez 2015 21:39 por Wendell #662946
Wendell's Avatar
Passei pela mesma situação. Escolhi a cbr pelas mesmas razões, carona e custo.

A garupa da cbr não é confortável como uma bigtrail, longe disso, mas com certeza é melhor que a da ninjinha.

As peças para manutenção cotidiana acha no mercado paralelo tranquilamente. Mas se caísse (por exemplo, com certeza não acontecerá) a honda tem todas as peças em estoque e as concessionárias recebem as peças que não tem em estoque em até 30 dias vindas de manaus.

Não acredito que seja visada por bandidos e o principal motivo é exatamente esse, algumas peças só serem encontradas na concessionária.

Grande abraço!
Postado: 03 Dez 2015 20:27 por Novo motociclista #662945
Novo motociclista's Avatar
Falaê pessoal. Estou pesquisando a minha primeira moto e entre elas, a ninja 250 e cbr250. Vi varios videos falando bem das duas motos e sei q elas tem propósitos diferentes. Pegaria a ninjinha se nao fosse pelo fato de ter a manutenção cara e de ter ouvido q p garupa é ruim . tenho esposa e ela precisa ter pelo menos um pouco de conforto rs.
Quem tem a cbr, responda p mim por favor.
A garupa da cbr é muito ruim?
É difícil encontrar as peças hj em dia?
Ela é muito visada pelos bandidos?
Preciso saber muito disso pq é oq vai definir a minha compra. Conto com a ajuda de vcs.vlw!!!
Postado: 03 Mar 2015 15:37 por Nobre #659822
Nobre's Avatar
Tbm andei na CBR de um amigo e gostei bastante, seria ótimo ver esse motor no lugar dos atuais de 291cm³ arrefecidos a ar que tendem a trincar cabeçote!
Postado: 28 Fev 2015 17:52 por vandeco #659776
vandeco's Avatar
Dei uma volta em uma de um colega e achei a moto ótima: bom torque, é bem menos dura do que eu imaginava, posição não muito esportiva. Tenho até vontade de comprar uma.
Postado: 05 Jan 2015 12:25 por Wemerson #658871
Wemerson's Avatar
Pessal, bom dia!
Sou novo no forum, não tenho moto, mas já estou providenciando isso!
Lí todas opiniões dadas aqui sobre esta moto, e não iria dar a minha opinião se não estivesse interessado em adquirir uma moto do tipo.
A princípio vou explicar porque cheguei até este forum e até esta moto.
Meu estilo não é este, é custom, mas a custom que quero eu não R$ para adiquiri-la.
Então comecei a "eliminar" motos e como não sou apaixonado pelo estilo speed e sou mais "tiozão" foi fácil eliminar algumas motos.
É obvio que se fosse por velocidade escolheria as Ninjas, mas acredito que escoher uma moto sem paixão você acaba observando outras coisas.
Mas porque não irei adquirir uma Ninja?
Estou no DF e aqui existe somente uma CC (tinha outra em Taguatinga, faliu) Kawa na parte nobre do DF, ou seja, longe (muito longe, 37km só de ida) da minha casa. já Honda tem em qualquer buraco, só perto de casa tem 3 CCs (Ceilândia, Taguatinga e Samambaia). (também ouvi opiniões de amigos que são de motoclube para chegar a esta decisão)
As peças da Kawa são bem mais caras que da Honda (aqui no DF são) e não são todas as lojas de "paralelas" que tem todas as peças.
Por esse motivo acredito que a Ninja não seja a mais vendida no Brasil, mas acredito que ela é a mais vendida onde tem Kawa. A final, como um boy do interior compra uma Ninja e tem que ir até a Capital para dar um trato na magrela?
Eliminei Yamaha por ela não possui uma moto (ainda, pois está para lançar em 2015 uma 300) nessa faixa de preço que me agrade e não gosto do estilo YBR, Titam, Bross, Lander. A CB 300 é esteticamente parecida com a Titam (tenho raiva disso) e muito visada para roubo.
Revenda, aqui no DF a Honda tem mais revenda, exatamente pelos motivos que citei acima (opinião da galara do motoclube).
Minha moto dos sonhos é uma Yamaha Midnight (600 tá bom), mas enquanto as condições financeiras não são suficientes vou trilhando o caminha por motos "comerciais" até chegar na minha paixão.
Pela paixão sim, compraria uma m.. qualquer só pra me sentir bem, sem pensar que estaria perdendo dinheiro ou com o motor mais ou menos forte ou fraco...
Sem mais delongas, um abraço a todos!
Se alguém for do DF e puder me dar outra visão (ou concordar), desde já, obrigado!
Postado: 16 Jun 2014 21:05 por vandeco #653594
vandeco's Avatar
Wendell escreveu:
Não é só motor mais forte... é paixão!!!!!!

Acha que comprei a bandit porque? Porque chega a quase 250km/h? Ou porque tem motor mais forte numa ultrapassagem?

Muitas bi-cilíndricas que existem no mercado me atenderiam. Não precisaria da bandit.

Alguns compram moto por necessidade, outros por paixão. O que me moveu a comprar a bandit foi paixão, não necessidade.

E todo apaixonado gosta de saber e curtir detalhes de sua moto/carro.

Logo, mesmo que nunca chegue a velocidade máxima dela, quem não gostaria de saber onde ela pode chegar?

O nome disso é paixão.

Agora... realmente... muitos cometem imprudências por "paixão por velocidade" - por exemplo.

Eu confesso que desanimei um pouco da Bandida depois que andei " conversando " com doutor Wendell sobre o consumo da mesma. 15km/L a 130km/h achei muito beberrona. Mas se eu vier a compra-la. A minha velocidade de cruzeiro será no máximo 130km/h. É claro que de vez em quando darei uns tirinhos, mas só de vez em quando mesmo. :)
Postado: 16 Jun 2014 17:50 por Mackenzie #653589
Mackenzie's Avatar
Ah, e voltando ao tópico, eu acho que a CBR 250 é a moto perfeita pra quem quer uma moto menos esportiva e mais confortável, mas ainda mantendo o visual esportivo e agressivo que muita gente gosta.
Postado: 16 Jun 2014 17:47 por Mackenzie #653588
Mackenzie's Avatar
Se nós analisarmos a necessidade, uma moto de 250 cilindradas está de bom tamanho, talvez uma Falcon 400 seria o ideal.Acima disso é o sonho que fala mais alto, e não há nada de errado nisso. A minha fazer 250 me atende perfeitamente, mas teria com certeza uma Bandit, Hornet, R1, Hayabusa etc,
Postado: 16 Jun 2014 16:15 por jpelisoli #653585
jpelisoli's Avatar
Concordo com você Wendell, quem não queria ter uma Bandit linda? Eu mesmo queria muito!

Só expressei minha opinião pelo fato de muitas pessoas quererem que uma moto que não foi desenvolvida para o propósito de ser realmente uma esportiva, ter o desempenho de uma tal, a ninja sim foi a única moto de baixa cilindrada realmente projetada para ser uma esportiva...mas para mim não serviria, pois é uma moto que bebe DEMAIS para uma 250cc, torque ridículo em baixas rotações, é um pau de dura e sequer tem como instalar um baú para colocar minhas tranqueiras de viagem :P

É a mesma coisa que eu pegar minha CG e querer que ela chegue a 150 por hora...ela não foi projetada para isso, ela foi projetada para que você encha o tanque dela e nunca mais por gasolina na vida hahahha....ou seja, ser econômica. Velocidade pra ela é no máximo 100 km/h.

Outra coisa, tem muita gente também que fala que "só ultrapassa os lerdões", mas quando você vai perguntar constata que os "lerdões" estão andando no limite de velocidade da rodovia. É tudo uma questão de educação, sei que tem muita gente aqui que tem motos potentes e são responsáveis, mas convenhamos, a IMENSA maioria das pessoas que compram uma moto um pouco mais potente não tem um pingo de responsabilidade e querem "colar o ponteiro".

Acho que também da mesma forma que agora freios ABS e airbags são obrigatórios nos carros, pelo menos os freios ABS deveriam ser obrigatórios nas motos...evitariam muitos acidentes. E isso desde a moto menos potente até a mais potente, pois qualquer moto seja ela qual for consegue chegar a 90 km/h, o que é uma velocidade que já é praticamente fatal. Hoje nem os freios à disco são.
Postado: 16 Jun 2014 12:16 por MANDRUVADOIDAO #653578
MANDRUVADOIDAO's Avatar
Eu sonho em comprar uma BANDIT porque ela "é" a BANDIT.

Antes eu sonhava em andar de moto.
Quando comprei moto meu sonho se tornou a BANDIT.
Postado: 16 Jun 2014 09:47 por Wendell #653576
Wendell's Avatar
Não é só motor mais forte... é paixão!!!!!!

Acha que comprei a bandit porque? Porque chega a quase 250km/h? Ou porque tem motor mais forte numa ultrapassagem?

Muitas bi-cilíndricas que existem no mercado me atenderiam. Não precisaria da bandit.

Alguns compram moto por necessidade, outros por paixão. O que me moveu a comprar a bandit foi paixão, não necessidade.

E todo apaixonado gosta de saber e curtir detalhes de sua moto/carro.

Logo, mesmo que nunca chegue a velocidade máxima dela, quem não gostaria de saber onde ela pode chegar?

O nome disso é paixão.

Agora... realmente... muitos cometem imprudências por "paixão por velocidade" - por exemplo.
Postado: 16 Jun 2014 09:39 por ezenecon #653575
ezenecon's Avatar
Wendell escreveu:
jpelisoli escreveu:
PRA QUE fazer motos super potentes, que ultrapassam os 200 km/h, se é ilegal chegar nessa velocidade?

Pra que fazer carros super potentes? Podíamos andar todos com diferentes modelos de carro mas com motores 1.0, não? Ou podíamos ter diferentes modelos de motos mas todas com motor 125cc, não? :sick: :sick: :dry: :pinch:

Na verdade, os dois estão certos!

Jpelisoli, não é só a velocidade final da moto que deveria contar, mas o conforto, a segurança de ter um motor mais forte para sair de uma encrenca (como um caminhão te empurrando numa descida, ou mesmo numa subida), etc. etc. Além de que é essa ambição do "ter" é que movimenta a humanidade!!!

Por outro lado, diferente dos donos de "carrões", os dono de motos, digamos, "mais potentes" estão sempre acima dos limites de velocidade, o que não acontece com os "carrões". Sim, vemos muitos carros acima do limite, mas alguns deles são 1.0 andando no limite dele, próximo dos 140/150 (com o motorista sozinho) e não apenas as Ferraris, Posches, Camaros, etc., etc., etc.,

Eu acho que falta bom senso em saber que estrada não é pista e não deve ser usada como tal.

Porém, tão perigoso quanto andar a 200 km/h é andar a 80 km/h quando o fluxo está a 120 km/h, velocidade que muitas motos não atingem.

O correto é andar seguindo o fluxo, seja à 80 ou 90 km/h, seja à 120/130 km/h. ;)
Postado: 16 Jun 2014 08:55 por Wendell #653572
Wendell's Avatar
jpelisoli escreveu:
PRA QUE fazer motos super potentes, que ultrapassam os 200 km/h, se é ilegal chegar nessa velocidade?

Pra que fazer carros super potentes? Podíamos andar todos com diferentes modelos de carro mas com motores 1.0, não? Ou podíamos ter diferentes modelos de motos mas todas com motor 125cc, não? :sick: :sick: :dry: :pinch:
Postado: 15 Jun 2014 22:27 por PernalongaBA #653563
PernalongaBA's Avatar
Wendell escreveu:
Olá a todos.
Da mesma forma que a opinião de outras pessoas me ajudaram na decisão, darei a minha.
Primeiro, gostaria de listar as motos que já tive e já andei.
Já tive/tenho: Biz 100, Fan 125, Kansas, YS 250, YS LE 250, Ténéré 250, Intruder 125, Comet GT250R, YS 250, Intruder, Bandit 650S (13~), Cbr250r (14~)
Já andei: XRE 300, Ninja 250, 750 GSXF

Agora vou relatar a razão da escolha.
Resolvi comprar um imóvel e por isso quis reduzir os custos, logo, resolvi vender a bandit e a intruder e comprar uma moto mediana mais barata/econômica e usar como moto única - trabalho/viagens curtas/médias.
Partindo desta ideia, pesquisei por todas as 250/300 do mercado. Comecei filtrando pelas marcas, eliminando as que não "confio". Depois comecei eliminando as motos que esteticamente não me agradam. Por fim fiquei com uma lista pequena de motos que me interessariam E me atenderiam. Dentre elas, XRE, Fazer, Cbr e Ninja 250/300.
Por fim, fiz o que “todos” fazem quando vão comprar uma moto... colocam na balança quais são os fatores mais importantes. No meu caso, queria uma moto que servisse para trabalho, viagens curtas/médias, fosse relativamente econômica e oferecesse um mínimo de conforto para a carona (minha namorada). O fator “custo de manutenção” pesa na decisão, mas no meu caso não era um fator decisivo.
Após pesquisa inicial, eliminei a XRE pois tive 4 amigos/conhecidos que tiveram suas XRE roubadas, o índice de roubo desta moto é alto e desconsiderei. Logo depois desconsiderei a Ninja 250/300 pois minha namorada achou muito desconfortável tanto pela posição, quanto pela falta de uma alça quanto também pelo fato de ter que carregar mochila nas costas.
A “grande final” foi entre a Fazer e a Cbr. Fiquei em dúvida, vi algumas Fazer e 2 cbr. No final o que decidiu foi o fator estético mesmo. Tanto minha namorada, quanto eu, quanto minhas primas (que opinaram) acharam a cbr mais bonita.

Mas a cbr é melhor?
Depende do que procura!!!
Por exemplo, numa comparação direta com a cbr:
. a Fazer tem custo de manutenção menor, freios de eficiências um pouco inferior, suspensão identicamente dura/firme, consumo bem próximo, índice de roubo alto, velocidade final inferior.
. a ninja tem custo de manutenção maior, consome mais, velocidade final um pouco superior, suspensão identicamente dura/firme, freios com eficiências próximas, não tem alça (logo, também, não tem base para baú), é a menos visada para roubo e a mais desconfortável para o carona.
. a XRE é a mais confortável para ambos, consumo similar, eficiência dos freios um pouco inferior, índice de roubo altíssimo, custo de manutenção menor, velocidade final um pouco inferior.
Assim como no meu caso, cada um pondera sobre quais são os fatores mais importantes para ele na escolha de sua moto.

Mas a cbr é boa?
Sim!!! É uma moto importada, voltada para o mercado asiático e europeu e por consequência de qualidade superior a muitas outras produzidas aqui.
Esteticamente é muito bonita, relativamente confortável para ambos, é bem econômica, não tem custo de manutenção muito superior às concorrentes nacionais (na média)(excluindo as ninjas e comet que tem custo maior), anda um pouco mais que as concorrentes nacionais (excluindo as ninjas), é possível colocar baú nela (para quem viaja), tem muitas concessionárias Honda, tem peças no mercado paralelo e importadas, tem freios bem eficientes, é MUITO leve e muito fácil de conduzir.
Em contrapartida o fato da suspensão ser dura/firme não ajuda com a coluna e algumas poucas peças tem um valor salgado.

E o custo/benefício numa moto de 17 mil?
Bom... eu paguei 12 mil na minha. Comprei semi-nova com 3900 km rodados. EU não pagaria 16~17 mil numa cbr zero como também não pagaria 17~19 pela ninja zero. Destas acima citadas, a que tem melhor custo benefício sendo zero é a Fazer (12.600).
Mas ter melhor custo/benefício não é ter melhor tecnologia, não é ser mais bonita, não é andar mais. Logo EU prefiro pagar 12 mil numa semi-nova com esses “adicionais” que 12.600 numa zero sem eles.

Como disse, desde o início, vai de cada um. Mas falar que é cbr é uma moto xoxa ou ruim é tão ridículo quanto justificar o preço que cobram por ela zero no Lisarb.

Excelente post, amigo.
Faltou apenas umas fotos da motoca.
Abraço
Postado: 15 Jun 2014 17:04 por MANDRUVADOIDAO #653553
MANDRUVADOIDAO's Avatar
Por essas e outras que pretendo abandonar "moto grande", comprar uma TÉRÉZINHA e ficar com ela até se desfazer.
Creio que vá demorar um bocado.
Postado: 15 Jun 2014 15:48 por jpelisoli #653551
jpelisoli's Avatar
Todo mundo falando "ahhh ela não bota 180 km/h nem na descida"...agora digam-me amigos: em qual rodovia brasileira a velocidade máxima é maior que 110 ou 120 km/h? PRA QUE fazer motos super potentes, que ultrapassam os 200 km/h, se é ilegal chegar nessa velocidade? Se querem ser imprudentes, vão para autódromos...e mesmo assim tem muitos autódromos que os organizadores não deixam acelerar tudo. Acho um absurdo gente que acha normal andar a 200 km/h numa rodovia, passou um animal na pista...já era.

PS.: Agora falando da moto: ela é uma moto 250cc, que foi projetada para uso URBANO e ser ECONÔMICA, com fôlego de sobra para andar na estrada com SEGURANÇA. Para que mais?
Postado: 14 Jun 2014 21:04 por vandeco #653541
vandeco's Avatar
Eu acho que a Cbr deva ser realmente uma boa moto. Acredito que alguns não ficaram muito satisfeitos porque esperaram muito da moto e esqueceram que ela é apenas uma 250.
Postado: 14 Jun 2014 19:05 por Wendell #653536
Wendell's Avatar
MANDRUVADOIDAO escreveu:
MATUSA escreveu:
vandeco escreveu:
Pelo amor de Deus, velocidade final de 180km/h kkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você fez para conseguir esta velocidade? Jogou a mesma do penhasco, foi? kkkkkkkkkkkkkkk


Caramba!!! Eu também li esse comentário sobre a extraordinária velocidade dessa CB, e já estava quase indo por fogo na minha GS 500!
Ainda bem que não estou sózinho...

Apaguei o fósforo... :P

Ni Minsgerais é "fosqui". :P

Ela não chega a 180km/h nem em descida...

Ainda não tive a oportunidade de enrolar o cabo da minha. Tentarei fazer em breve com o GPS para registrar máxima de painel e no GPS (real) e informarei aqui.

Mas de antemão, me baseando no que leio em sites sérios, será algo entre 160~170km/h no painel. Me baseando nos mesmos sites, acredito que a máxima real dela será em torno dos 150~155km/h.

Veremos!

PS: Na Fazer fiz 155km/h usando o vácuo de outro veículo à frente, no GPS registrava 137km/h.
Postado: 14 Jun 2014 19:02 por Wendell #653535
Wendell's Avatar
sil.vio escreveu:
É ASSIM Q PEGA UM NA MENTIRA COMO PODE UMA MOTO POTENTE E ECONOMICA AO MESMO TEMPO!? PERECE CONVERSA DE VENDEDOR DE MOTO
rssrsss :lol:MANDRUVADOIDAO escreveu:
MATUSA escreveu:
vandeco escreveu:
Pelo amor de Deus, velocidade final de 180km/h kkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você fez para conseguir esta velocidade? Jogou a mesma do penhasco, foi? kkkkkkkkkkkkkkk


Caramba!!! Eu também li esse comentário sobre a extraordinária velocidade dessa CB, e já estava quase indo por fogo na minha GS 500!
Ainda bem que não estou sózinho...

Apaguei o fósforo... :P

Ni Minsgerais é "fosqui". :P

A moto é potente sim para uma 250cc. Só perde para as bi-cilíndricas de mesma potência. Vence qualquer outra mono até 300cc.

A moto é econômica sim! Comigo já fez de 25km/l a 30km/l.

Para os encautos que não sabem, o nome dado a isso é tecnologia!
Postado: 14 Jun 2014 17:52 por sil.vio #653526
sil.vio's Avatar
É ASSIM Q PEGA UM NA MENTIRA COMO PODE UMA MOTO POTENTE E ECONOMICA AO MESMO TEMPO!? PERECE CONVERSA DE VENDEDOR DE MOTO
rssrsss :lol:MANDRUVADOIDAO escreveu:
MATUSA escreveu:
vandeco escreveu:
Pelo amor de Deus, velocidade final de 180km/h kkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você fez para conseguir esta velocidade? Jogou a mesma do penhasco, foi? kkkkkkkkkkkkkkk


Caramba!!! Eu também li esse comentário sobre a extraordinária velocidade dessa CB, e já estava quase indo por fogo na minha GS 500!
Ainda bem que não estou sózinho...

Apaguei o fósforo... :P

Ni Minsgerais é "fosqui". :P
Postado: 13 Jun 2014 22:41 por MANDRUVADOIDAO #653505
MANDRUVADOIDAO's Avatar
MATUSA escreveu:
vandeco escreveu:
Pelo amor de Deus, velocidade final de 180km/h kkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você fez para conseguir esta velocidade? Jogou a mesma do penhasco, foi? kkkkkkkkkkkkkkk


Caramba!!! Eu também li esse comentário sobre a extraordinária velocidade dessa CB, e já estava quase indo por fogo na minha GS 500!
Ainda bem que não estou sózinho...

Apaguei o fósforo... :P

Ni Minsgerais é "fosqui". :P
Postado: 13 Jun 2014 13:43 por MATUSA #653489
MATUSA's Avatar
vandeco escreveu:
Pelo amor de Deus, velocidade final de 180km/h kkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você fez para conseguir esta velocidade? Jogou a mesma do penhasco, foi? kkkkkkkkkkkkkkk


Caramba!!! Eu também li esse comentário sobre a extraordinária velocidade dessa CB, e já estava quase indo por fogo na minha GS 500!
Ainda bem que não estou sózinho...

Apaguei o fósforo... :P