DYNA SUPER GLIDE CUSTOM DYNA SUPER GLIDE CUSTOM Quente

DYNA SUPER GLIDE CUSTOM

Marca

Fabricante
Harley-Davidson

Descrição

Visão Geral
A Super Glide® Custom brilha com acabamento de qualidade e honra o seu legado e vocação custom. Esta motocicleta tem visual único e personalizado de ponta a ponta. O painel de instrumentos banhado em cromo, a autêntica tira de couro sobre o tanque de combustível, a exclusiva caixa de bateria e o robusto guidão pullback de aço inoxidável transmitem a renomada atitude Harley-Davidson® e tornam esta motocicleta singular.

Motor/Transmissão/Chassi

Cilindrada
1.585,00 cc
Tipo do Motor
OHV / 2 cilíndros cilindros / 4 tempos tempos / Arrefecimento Ar
Combustível
Gasolina
Potência máxima
0,00 cv a rpm
Torque máximo
11,90 kgf.m a 3.250 rpm
Transmissão
6 marchas
Injeção
Eletrônica
Partida
Elétrica
Chassi
Aço
Suspensão Dianteira
Convencional
Balança
Convencional

Dimensões

Peso (seco)
295,00 Kg
Peso em Movimento
310,00 Kg (MVOM)
Comprimento
2.345 mm
Altura do Banco
710 mm
Distância entre Eixos
1.625 mm
Pneu Dianteiro
100/90-19 57H
Pneu Traseiro
160/70-17 73V

Análises dos usuários

Avaliação média dos usuários: 4 usuário(s)

Para escrever uma análise por favor registre-se ou login.

Satisfação Geral 
 
9.5  (4)
 
Visual 
 
9.5  (4)
Conforto 
 
7.5  (4)
Performance 
 
8.5  (4)
Dirigibilidade 
 
8.3  (4)
Consumo 
 
8.5  (4)
Custo x Benefício 
 
9.0  (4)
 
DYNA SUPER GLIDE CUSTOM 2012-10-19 22:27:37 João E Jossimê
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
7.0
Dirigibilidade 
 
7.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
João E Jossimê Analisado por João E Jossimê    19 de Outubro de 2012
Atualizado pela última vez: 19 de Outubro de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Harley não tem defeitos, tem características, Moto que agrada a um consumidor específico, Estilo de vida, Moto pra casar, não pretendo trocar, Viciante Grandalhona, Pesada, barulhenta, durona, esquenta o motor, (dependendo do que vc espera de uma moto pode ser seu Paraíso ou seu Inferno. Muito torque e força mas uma velocidade final um tanto apática (180km/h) para quem pretende dar esse tipo de uso para uma moto. Não é raro alguns Harleyros procurarem acessórios de desempenho, remapeamento de I.E. para melhor rendimento mas acho que Harley não é pra isso, principalmente neste modelo Dyna. Considero seu motor espetacular. Manutenção normal feita em Oficinas especializadas mas não em concessionárias, ja troquei pneus, óleo, pastilhas de freio, rolamentos na roda traseira sem sustos no orçamento. Eu gosto da posição das pedaleiras recuadas, Mudei a espuma do banco traseiro e gostei do resultado. Eu sempre quis ter uma e entrei no mundo Harley perfeitamente ciente do que encontraria, e me surpreendi bastante favoravelmente, Muita opção de customização, acessórios uteis, e muitos penduricalhos também pra quem gosta. facilmente encontraveis, principalente em feiras de troca de usados ou lojas que fazem consignação de acessórios. Faço 21km/l na estrada,

Eu recomendo!
Prós
Estilo
Torque/potência
Sexta Marcha
Econômica
confiável/durável
excelente valor de revenda
ampla gama de acessórios (principalmente usados para troca e customização)
Contras
motor esquenta demais em trânsito pesado
Não é muito boa de freio
Não aceita desaforo de piloto inexperiente
pós venda de dealers oficiais
Viciante

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2008
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
29.000 Km
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (27)Não (1)
Denunciar esta análise
DYNA SUPER GLIDE CUSTOM 2012-06-25 14:09:36 Henrique Gouvea de Paula
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Henrique Gouvea de Paula Analisado por Henrique Gouvea de Paula    25 de Junho de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Antes de comprar a Dyna estava entre uma Dragstar (usada), Boulevard M800 (usada) e Vulcan 900 (zero km).

Já tinha praticamente descartado a Dragstar por causa dos seus carburadores. freio traseiro a tambor e tanque de gasolina pequeno, em um testdrive em duas motos de amigos também não gostei do tamanho da moto, eu com 1,80m mais minha garupa achamos que ficamos muito apertados.

Não consegui nenhuma Boulevard M800 para fazer um test-drive, a Suzuki não permite tal coisa nas suas 0km e também não tinha um amigo que tivesse uma.

Estava quase comprando a Vulcan mesmo sem fazer um test-drive, eu e minha garupa gostamos da moto apenas de sentar na concessionária. A moto vinha com freios a disco na frente e atrás e um tanque de gasolina de 20 litros. Porém em uma promoção no Salão das Duas Rodas, por 3mil reais a mais acabei pegando a Harley. Já tinha notado também que seria muito mais fácil trocar a Harley depois de uns anos do que a Vulcan.

Até hoje não me arrependo em nada, adoro essa moto e só troco ela por outra Harley, daqui uns anos pegarei uma Softail pois de acordo com relatos a suspensão melhora e muito, resolvendo assim o que eu acredito ser o pior problema da Dyna, sua suspensão.

Eu recomendo!
Prós
Torque - Excelente, em 30 metros já se coloca quinta ou sexta marcha e caindo na estrada é quase uma moto automática, só se encosta no câmbio ao chegar no pedágio ou no posto de gasolina.

Qualidade no acabamento - Nem se compara a qualquer custom japonesa, o cromado principalmente, parece um espelho.

Consumo - Na estrada ela fica entre 18 e 22km/L. As piores médias são feitas com muita bagagem e garupa, sozinho mesmo subindo serras e/ou com vento contra o consumo não se altera.

Tanque de gasolina - Com quase 20L te dá uma autonomia de 350km em média, pedindo reserva entre 250 e 280km. Não entendo porque as outras marcas japonesas insistem em fazer motos custom que teoricamente são feitas para viajar longas distâncias com tanques rídiculos de 14 litros.

Sexta marcha - Na estrada ando desde 80 até 120km/h. Deixa o motor trabalhar com uma rotação menor e reduz o consumo. Mesmo quando é necessário fazer uma ultrapassagem não é necessário reduzir para quinta, acelere e a moto passa dos 140km/h em poucos segundos.

Correia dentada - Minhas outras motos tinham corrente. Só de pensar que não tenho mais que lubrificar a corrente e sujar a moto toda é um alívio.

Curvas - Há quem reclame que a Dyna não gosta de curvas, também já ouvi que a Boulevard M800 é bem melhor nesse quesito. Não posso comparar pois nunca andei na custom da Suzuki mas eu não tenho nenhum problema nas curvas com minha moto. Para uma moto custom desse porte achei que era bem pior antes de comprar, me surpreendeu.
Contras
Banco do garupa - Como toda moto custom, o banco do garupa e nada é a mesma coisa. Foi a primeira coisa que troquei, optei por um banco original Harley mais "touring" (Sundowner Seats) e logo depois por um encosto (sissy-bar) para o garupa.

Suspensão - Andei na Shadow 750 2012 de um amigo e posso dizer que a Honda já aprendeu a fazer suspensões para nosso asfalto horrível, a Harley se aprendeu não o fez na Dyna.

Freio traseiro - O freio traseiro não serve para parar a moto efetivamente, apenas diminui a velocidade. Achei que fica parecendo um freio a tambor. Andei em uma Dragstar 2004 e achei que os freios são bem parecidos.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
12.987 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (25)Não (0)
Denunciar esta análise
DYNA SUPER GLIDE CUSTOM 2012-08-10 20:23:28 Antonio Carlos
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Antonio Carlos Analisado por Antonio Carlos    10 de Agosto de 2012
Atualizado pela última vez: 10 de Agosto de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Melhor custo benefício. Outra coisa, melhor torque das Harley que andei.

Eu recomendo!
Prós
Concordo com todos os comentários do usuário anterior
Contras
A suspensão. Inacreditável uma moto maravilhosa com uma suspensão fraca.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
3.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (24)Não (0)
Denunciar esta análise
DYNA SUPER GLIDE CUSTOM 2014-05-26 21:25:45 Sávio Amaral
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
7.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Sávio Amaral Analisado por Sávio Amaral    26 de Maio de 2014
Analista Top 10  -   Ver todas as minhas análises

Sempre quis ter uma motocicleta que ficasse velha comigo. Acho que será minha Dyna.

Para quem roda bastante recomendo uma atenção especial na parte elétrica, o chicote costuma apresentar problemas próximo às terminações. Peçam para seu mecânico caprichar nos enforca gatos para deixá-lo bem firme no quadro e longe de fontes de calor.

Eu recomendo!
Prós
Que motor. Maravilhoso. Forte na medida certa.
Disponibilidade de Acessórios.
Consumo (para uma 1600cc).
Inquebrável.
Contras
Freios. Poderiam ser melhores.
Farol. Poderia ser maior e mais forte, tive que trocar a lâmpada e resolveu parcialmente.
Elétrica. Precisa de atenção especial nas revisões.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2008
Terreno testado
Urbano
Quilometragem
69.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (1)Não (2)
Denunciar esta análise
 
Powered by JReviews

Postado: 04 Set 2017 21:30 por Andre Gouvea #666680
Andre Gouvea's Avatar
Pessoal, boa noite, sou novo no forum, tenho uma dyna q ta com problema no velocimetro, funciona e para de funcionar aleatoriamente, qdo nao funciona a moto não dá lenta, quando volta normaliza o funcionamento. Como moro numa cidade de interior, longe de uma especializada ou mecanico especialista, não consegui consertar com o pessoal daqui, por falta de scanner. Alguem pode me socorrer com alguma dica ou experiência similar? Já limpei o sensor, conferi os cabos, o código de erro do painel dá erro 5005 e 5001.obrigado
Postado: 06 Fev 2015 18:51 por Jones-RJ #659369
Jones-RJ's Avatar
Motaço, um dia chego lá!
Postado: 31 Mai 2014 09:18 por wolfmann #653021
wolfmann's Avatar
Mandruva, acho muito difícil encontrar avaliações neutras, principalmente de clientes satisfeitos (sim eles existem apesar da HDMC e seu pós-venda praticamente inútil).

Não sou proprietário de Dyna para falar dos defeitos recorrentes. Dos relatos e conversas posso te dizer sobre os que conheço: rolamentos nas 2008 e reguladores/estatores nas 2011.

Características: o "mal de Davidson" quando está em marcha lenta, a dissipação de calor e os coxins do motor que tem a péssima mania de se deteriorarem com alguma rapidez por conta do projeto onde a balança não tem apoio eficiente.

No geral, as HDs são bem o que o Daniel falou: uma moto para quem procura uma Custom confiável. Modelos atemporais, mudando muito pouco ao longo dos anos (a tendência de maior tecnologia acaba sendo um calo para se acostumar por conta da "economia" em ajustar o sistema elétrico às novas demandas).

Para quem procura desempenho esportivo e tecnologia, não deve sequer pensar em uma Custom, muito menos em HD. Dá para tirar leite de pedra? Dá, mas custa trabalho, dinheiro e habilidade. Melhor encarar super esportiva BMW que ajuda em tudo e entrega a adrenalina sem fazer esforço. Desse público você vai ouvir avaliações negativas, mas é um público que não aprecia nem a marca e nem o segmento Custom.
Postado: 30 Mai 2014 08:10 por MANDRUVADOIDAO #652982
MANDRUVADOIDAO's Avatar
A unanimidade não está relacionada ao erro de montagem, mas na opinião expressa no post beeeeemmmm anterior.
Uma coisa não tem a ver com a outra.
Postado: 30 Mai 2014 07:50 por Celestino Gomez #652981
Celestino Gomez's Avatar
MANDRUVADOIDAO escreveu:
Nobre conterrâneo, faço minha suas palavras.
Nunca tive HD, mas pretendo um dia entrar presse time de malacabados dos PHD. :lol:
A moto que pegou fogo no dínamo foi na cidade Caratinga. é frustante ver
Isso em 1998.
Mas foi por causa de montagem errada creio eu.
Era bem antiga a moto.
Não me lembro nem do modelo.
Mas é frustante ver tamanha unanimidade.
Mas cada qual com seu cada qual e eu com meu. ;)

Abraços.

Se foi um erro de montagem, me pergunto....unanimidade em que??

Abraços
Postado: 29 Mai 2014 14:34 por MANDRUVADOIDAO #652950
MANDRUVADOIDAO's Avatar
Nobre conterrâneo, faço minha suas palavras.
Nunca tive HD, mas pretendo um dia entrar presse time de malacabados dos PHD. :lol:
A moto que pegou fogo no dínamo foi na cidade Caratinga. é frustante ver
Isso em 1998.
Mas foi por causa de montagem errada creio eu.
Era bem antiga a moto.
Não me lembro nem do modelo.
Mas é frustante ver tamanha unanimidade.
Mas cada qual com seu cada qual e eu com meu. ;)

Abraços.
Postado: 29 Mai 2014 11:22 por DanielAlvares #652945
DanielAlvares's Avatar
Quando é um cliente falando, levo em consideração a paixão do cara pela marca...quando falo que prefiro minha 883 do que a GS que tive anteriormente, é porque o estilo, a pilotagem mais complicada e o sonzão do motor me agradaram muito mais e era isso que sempre quis numa motoca. Mas quando falo que a ciclística, freios, tecnologia... da beeme, PRA MIM, são insuperáveis, o pessoal da HD quase me bate!

Mas pior do que o cara falar que determinado produto não tem defeitos é você comprar uma revista de renome para ler um teste sobre uma moto que chegou a pegar fogo durante esse teste, e não foi no dinamômetro, e a avaliação da revista ser super positiva!

Aí parei de comprar revistas para ler os testes, pois pra mim isso foi o cúmulo da matéria paga!
Postado: 28 Mai 2014 22:36 por MANDRUVADOIDAO #652936
MANDRUVADOIDAO's Avatar
Fico imaginando o que leva uma pessoa a dizer que determinado produto não tem defeitos.
Dizer que os "defeitos" são características do produto é no mínimo falta de senso e excesso de ilusão.
Poderia ser uma DUCATTI que "sim", teria problemas.
Já vi HD pegar fogo n dínamo.
Isso também será característica?