Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me
  • Página:
  • 1
  • 2

TÓPICO: Teste Kasinski Prima Electro 2000

Teste Kasinski Prima Electro 2000 12 Jun 2011 16:21 #1

  • motonline
  • motonline's Avatar
  • OFFLINE
  • Administrator
  • Postagens: 1230
  • Thank you received: 11
Uma pequena elétrica para uso urbano. Uma boa opção quando o percurso para o trabalho for de até 45Km.
Veja a matéria aqui
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.


Teste Kasinski Prima Electro 2000 12 Jun 2011 18:50 #2

  • claudiocampeche
  • claudiocampeche's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 61
  • Thank you received: 2
Mais de R$ 5290,00 por um "brinquedo" desses só pode ser "brincadeira" né.E eu que achava que passava sufoco as vezes com a minha Honda Lead,quem testou esse projeto de scooter aí nas filmagens passou por váriosapertos, sem falar nos que não apareceram no vídeo.Talvez num futuro distante, quando e se descobrirem uma bateria com muitasvezes a capacidade das baterias de hoje em dia, possa ser uma boaalternativa aos bons e velhos motores a combustão.
Honda Lead
Honda XRE 300
Yamaha MT-07 ABS 2015/2016 (atual)
MT-09 (encomendada)
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 12 Jun 2011 18:53 #3

  • Bonzinho
  • Bonzinho's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 253
  • Thank you received: 1
Primeiro este foi um excelente teste, muito criterioso na abordagem de diversas condições só faltou o tempo de recarga em 110 e 220 volts.......
Sobre esse objeto de duas rodas:
Nota 10 pra idéia de se rodar com nível de emissões zero.
Nota 1 pra esse scooter de desempenho impraticável, painel tendencioso (pra não dizer mentiroso pois marca o dobro da vel max. obtida) autonomia um tanto quanto modesta e economia ilusória frente ao custo de reposição das baterias que ainda são ineficientes e pesadas pois são de chumbo e ácido.
Uma motinha que se propõe a condução urbana em curtos trajetos nunca será viável sem uma vel max mínima de 90 km/h e autonomia mínima de 100 km com tempo de recarga entre 4 a 6 horas porém isso só é possível com baterias de lítio.
Pra quem quer conhecer uma Scooter elétrica de verdade...
MotorSem escova, 6000wEficiência90%~95%Bateria21*LFP60 AhVelocidade máxima95km/hTorque máximoaté 180Nm na corrente 100AHabilidade de escalada30%Escalaescala 120kms na velocidade do cruzeiro de 45km/h escala 80kms na alta velocidade de 70km/h+FreioDisco dianteiro traseiro PneumáticoDianteiro/parte traseira 4.0-13G.W./N.W.152/100kgs (bateria excluída)Carregamento
Ex- Cg Bolinha
Ex- Super fifty 50cc
Ex- Xr 200r
Ex- Xtz 125
Atual Titan Mix Esd 150 uma bost...
Futura Fazer 250 2012
Yamaheiro de carteirinha
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 12 Jun 2011 19:16 #4

  • Bonzinho
  • Bonzinho's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 253
  • Thank you received: 1
E tb é chinesa...
Mas pq será que não trouxeram essa ou equivalente pro Brasil?
Não aceite comprar brinquedo à preço de moto...
Ex- Cg Bolinha
Ex- Super fifty 50cc
Ex- Xr 200r
Ex- Xtz 125
Atual Titan Mix Esd 150 uma bost...
Futura Fazer 250 2012
Yamaheiro de carteirinha
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 12 Jun 2011 21:40 #5

  • Eduardo Toda
  • Eduardo Toda's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 208
  • Thank you received: 8
Se em vias de transito rápido e em grandes avenidas é perigoso andar com um veículo tão lento assim, a Kasinskifica restrita a condomínios fechados e ruas praticamente desertas, pois somente é pouca coisa maisrápida que uma bicicleta com marchas apenas...
From Santo André - Brasil.

Honda CG150 Titan ESD 2007.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 13 Jun 2011 05:35 #6

  • Gui Jungkenn
  • Gui Jungkenn's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Expert
  • Postagens: 2255
  • Thank you received: 8
essa bicicleta com carenagem tinha que custar no maximo 2,5k duvido alguem dar mais de 5k nisso ai.
Viva para ter o que lembrar, Pois vai chegar o dia em que a sua maior riqueza serão as lembranças.
RD135
NX350
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.


Teste Kasinski Prima Electro 2000 14 Jun 2011 06:11 #7

  • Bitenca
  • Bitenca's Avatar
  • OFFLINE
  • Moderator
  • Postagens: 193
  • Thank you received: 16
Bonzinho escreveu:
Primeiro este foi um excelente teste, muito criterioso na abordagem de diversas condições só faltou o tempo de recarga em 110 e 220 volts.......
Sobre esse objeto de duas rodas:
Nota 10 pra idéia de se rodar com nível de emissões zero.
Nota 1 pra esse scooter de desempenho impraticável, painel tendencioso (pra não dizer mentiroso pois marca o dobro da vel max. obtida) autonomia um tanto quanto modesta e economia ilusória frente ao custo de reposição das baterias que ainda são ineficientes e pesadas pois são de chumbo e ácido.
Uma motinha que se propõe a condução urbana em curtos trajetos nunca será viável sem uma vel max mínima de 90 km/h e autonomia mínima de 100 km com tempo de recarga entre 4 a 6 horas porém isso só é possível com baterias de lítio.
Pra quem quer conhecer uma Scooter elétrica de verdade...
MotorSem escova, 6000wEficiência90%~95%Bateria21*LFP60 AhVelocidade máxima95km/hTorque máximoaté 180Nm na corrente 100AHabilidade de escalada30%Escalaescala 120kms na velocidade do cruzeiro de 45km/h escala 80kms na alta velocidade de 70km/h+FreioDisco dianteiro traseiro PneumáticoDianteiro/parte traseira 4.0-13G.W./N.W.152/100kgs (bateria excluída)Carregamento
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 14 Jun 2011 06:51 #8

  • bokomoko
  • bokomoko's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Junior
  • Postagens: 725
  • Thank you received: 36
O calcanhar de aquiles das scooters elétricas continua sendo as baterias. O motor elétrico seria capaz de entregar mais velocidade porém a carga da bateria num duraria o suficiente para chegar ao destino. A autonomia seria prejudicada.

O futuro da moto elétrica depende do futuro da bateria. Como armazenar energia elétrica suficiente num espaço tão pequeno quanto seria o tanque de combustível ? Um litro de gasolina tem mais energia do que dezenas de baterias. Esse densidade energética compensa a enorme ineficiência do motor a combustão que só transforma uma fração da energia da gasolina em movimento.

O cara que inventar uma bateria que tenha metade da energia da gasolina no mesmo espaço terá um veículo 22 vezes e meio mais eficiente que um a gasolina.

O futuro é elétrico e é uma questào de tempo.

Embora a scooter por 5290 ainda esteja um bocado cara já é viável. Para o meu percurso de casa-trabalho-casa ela já serviria. Por acaso (leia-se sorte) esse percurso pode ser feito sem passar por vias expressas. Aliás, aqui em Manguetown o trânsito tá tão ruim que acho que nos horários que eu "frequento" essas vias a Scooter anda mais rápido que a maioria dos carros.
Boko Moko.
Manguetown
www.bokomoko.com.br
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 14 Jun 2011 12:18 #9

  • Soueu
  • Soueu's Avatar
  • OFFLINE
  • Mega Forista
  • Postagens: 12611
  • Thank you received: 313
Só de pensar na possibilidade de que motores elétricos venham em substituição aos a explosão em motos, já me dá melancolia.

Também, penso em meus ossos, pois como pedestre me oriento muito pela audição e essas danadas são silenciosas né!?
Sempre na boa / sempre de moto - Biker since 1975.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 14 Jun 2011 19:35 #10

  • Bonzinho
  • Bonzinho's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 253
  • Thank you received: 1
soueu, eu tb não vejo muita graça num motor sem ronco pois o ronco é a voz da moto e dá personalidade...
acredito que quando as motos elétricas dominarem, teremos alto falantes nas motos para reproduzir o ronco do motor até por questão de segurança e isso com várias opções de ronco tipo esportivo, em infinitas gamas de timbres, agudos e graves, volume e tudo isso ajustável separadamente num comp**ador integrado no painel além dos pré determinados roncos, vc escolherá até ronco de R1 na sua scooter...rs e os autofalantes dentro de um falso escapamento, até pipocos deverá ter nesse sistema... sem falar nas músicas em mp3 ou outro formato que vai dar pra ouvir junto ou separado do ronco do scap com volumes independentes etc, tudo a gosto do cliente...
A eletrônica traz infinitas possibilidades só na questão do som na moto.
No momento tudo que precisamos é de baterias mais eficientes ou baratear as de lítio...
Acorda Kasinski, bateria chumbo-ácida foi inventada pelo françês Gaston Piantei em 1860 então será que não está um pouco ultrapassada?
Ex- Cg Bolinha
Ex- Super fifty 50cc
Ex- Xr 200r
Ex- Xtz 125
Atual Titan Mix Esd 150 uma bost...
Futura Fazer 250 2012
Yamaheiro de carteirinha
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 15 Jun 2011 05:52 #11

  • Soueu
  • Soueu's Avatar
  • OFFLINE
  • Mega Forista
  • Postagens: 12611
  • Thank you received: 313
Imagine. Eu de scooter elétrico ao som de uma 750 F 1994 ...


Muito boas suas observações Bonzinho.
Sempre na boa / sempre de moto - Biker since 1975.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 15 Jun 2011 10:43 #12

  • virtuhal
  • virtuhal's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 161
  • Thank you received: 1
Só umas obsevações ao artigo, a Prima Electra tem 4 baterias de 12v e nao 3 como foi citado. Ela trabalha em 48 V. O botao turbo está presente em algumas unidades (não todas). Não sei por qual motivo. As Primas que vi nas concessionarias nao tinham esse botao.

Sobre o uso de baterias de chumbo-ácida, isso ocorre justamente pelo custo. Se com o valor de R$ 5.290 o pessoal já se assusta, imagine se custasse uns R$ 3.000 a mais pelas baterias de lithium. Claro que a moto ganharia em autonomia e desempenho, além de recarregar muito mais rapidamente. Sem falar na redução no peso de cerca de 50kg.

A Prima Electra andará bem em cidades pequenas. Em cidades grandes com avenidas, a diferenca de velocidade com os demais veiculos se torna um risco.

Sobre colocar um auto-falante, considero um exagero. Vamos reduzir a poluicao sonora também.

Quem compra uma Prima Electra hoje vai ter a opçao de colocar outro tipo de bateria quando for necessario daqui a uns 2 anos. Com certeza os preços estarão mais baixas até lá.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 16 Jun 2011 17:20 #13

  • Soueu
  • Soueu's Avatar
  • OFFLINE
  • Mega Forista
  • Postagens: 12611
  • Thank you received: 313
Não sei como funciona o processo de captar energia solar e transforma-la em elétrica e até sou curioso em saber.Mas tenho em mim a impressão de que essa será a energia a movimentar os veículos no futuro...que espero esteja muito distante.
Sempre na boa / sempre de moto - Biker since 1975.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 16 Jun 2011 20:36 #14

  • Bonzinho
  • Bonzinho's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 253
  • Thank you received: 1
virtuhal escreveu:
Só umas obsevações ao artigo, a Prima Electra tem 4 baterias de 12v e nao 3 como foi citado. Ela trabalha em 48 V. O botao turbo está presente em algumas unidades (não todas). Não sei por qual motivo. As Primas que vi nas concessionarias nao tinham esse botao.

Sobre o uso de baterias de chumbo-ácida, isso ocorre justamente pelo custo. Se com o valor de R$ 5.290 o pessoal já se assusta, imagine se custasse uns R$ 3.000 a mais pelas baterias de lithium. Claro que a moto ganharia em autonomia e desempenho, além de recarregar muito mais rapidamente. Sem falar na redução no peso de cerca de 50kg.

A Prima Electra andará bem em cidades pequenas. Em cidades grandes com avenidas, a diferenca de velocidade com os demais veiculos se torna um risco.

Sobre colocar um auto-falante, considero um exagero. Vamos reduzir a poluicao sonora também.

Quem compra uma Prima Electra hoje vai ter a opçao de colocar outro tipo de bateria quando for necessario daqui a uns 2 anos. Com certeza os preços estarão mais baixas até lá.


O custo assusta devido à péssima autonomia e desempenho, se tivesse bateria de lítio e custasse 3000 a mais por isso o custo de 8290 assustaria menos pois aí sim começaríamos a ter algo mais próximo de uma moto.
Eu pagaria 13000 na scooter elétrica que postei....
Ex- Cg Bolinha
Ex- Super fifty 50cc
Ex- Xr 200r
Ex- Xtz 125
Atual Titan Mix Esd 150 uma bost...
Futura Fazer 250 2012
Yamaheiro de carteirinha
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Teste Kasinski Prima Electro 2000 17 Jun 2011 05:41 #15

  • Paulo Filipin
  • Paulo Filipin's Avatar
  • OFFLINE
  • Forista Novato
  • Postagens: 153
  • Thank you received: 1
Algumas duvidas sobre essa Prima
Ela é classificada como motoneta mesmo?
Paga ipva/dpvat normal?
Precisa de carteira A, B, ou não precisa?
Tem outros veiculos eletricos, aparentemente menores, mas parecidos com scooter, tbem entram na mesma categoria?
Paulo Filipin
EX: G650GS Preta;
Atual: Tiger 1050 Amarela
Cascavel PR
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
  • Página:
  • 1
  • 2
Time to create page: 0.309 seconds