XTZ 250 TENERE XTZ 250 TENERE Quente

65 resultados - mostrando 1 - 20 1 2 3 4
Ordenar 
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Jean Albuquerque Analisado por Jean Albuquerque    17 de Abril de 2012
Atualizado pela última vez: 21 de Fevereiro de 2013
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises

Moto muito boa. 12.000km rodados em 7 meses, e nenhum problema apresentado, aliás, só foram trocadas as flautas, problema resolvido na garantia.
Hj, 02/2013, está com 27.000 km, e sem problema algum. Troca do pneu traseiro com 18.500km, o dianteiro ainda é o original, assim como a relação.

Eu recomendo!
Prós
Uma moto com uma excelente autonomia, devido ao tamanho do tanque, 16 litros, aliádo à um consumo de combustível muito bom, em média de 30km/l na cidade com garupa. Fácil de pilotar, muito ágil.
Contras
O Banco merecia uma espuma de melhor qualidade, após 1 hora sobre a moto, já começa a incomodar.
é uma moto que possui um motor, que gosta de trabalhar com giro alto.
Na estrada, senti a falta de uma 6ª marcha

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
12.000 Km
Custo de Manutenção
Baixo
Esta análise foi útil para você? 
Sim (49)Não (1)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Monika Vogl Analisado por Monika Vogl    14 de Setembro de 2012
Atualizado pela última vez: 14 de Setembro de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Moto muito fácil de pilotar, obediente, ágil, leve e com altura perfeita para vc se sentir confortável sobre ela mesmo em viagens de 750 km sem ficar insegura com não alcançar o chão nas paradas (pilota mulher de 1,73). Como contra realmente sinto a falta da sexta marcha, espuma do banco um pouco dura e troca de marchas dura...mas nada demais que impeça você fazer uma viagem de final de semana de 780 km e chegar inteira querendo mais!

Eu recomendo!
Prós
Porte alto, posição de pilotagem super confortável, econômica, alta autonomia, é agil no transito pesado, na estrada e até na terra, moto que você não sente o peso dela de tão obediente e de facílima pilotagem. Na estrada passa muita segurança e a bolha é eficiente.
Contras
Falta a sexta marcha na estrada, a troca de marchas é um pouco dura e a espuma do banco não é lá muito macia para viagens longas.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
5.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (38)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
7.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Moisés Camargo Analisado por Moisés Camargo    20 de Outubro de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Excelente companheira! Para todas as horas. Tinha uma Sahara antes (e continuo fã incondicional desta moto). Achei que fosse sentir saudade das 350cc. Contudo, os Saharamaníacos que me perdoem, mas o que perdi em potência ganhei em dose extra em dirigibilidade, dose tripla em economia e dose quadrupla em conforto. Antes de comprar pesquisei e encontrei histórias de Fazer´s - com quem compartilha o motor - com mais de 150.000 km, sem fumacear (procura uma 300 com mais de 100.00 que não fez o motor ainda, fora os apagões de motor, junta de cabeçote babado de óleo e aquele barulho de corrente batendo).
Excelente moto! Todos os amigos que andaram exaltaram o conforto e a dirigibilidade. Sem contar que tem história: Descendente consanguínea da Família Ténéré, honra seu nome com todos os atributos de uma aventureira. Há mais de 30 anos existem Ténéré´s levadas ao limite nos desertos, estradas e trilhas.
Faz muita curva! Adora uma serrinha (ainda mais se for descendo rsrsrs)!
Moto pra viajar sozinho! (Assim como na XRE) Não dá pra fazer milagre com 21 cv e 2 "kg" de torque. Não que você não possa levar a esposa ou namorada pra um passeio, mas em viagens muito longas a falta de potência deixa o clima tenso (entendam viagem longa como mais de 500km, caso contrário recomendo! Faz bem pra alma, pro corpo e pro relacionamento).
Recomendo os acessórios do Manivela, alforges da Gift, baú Givi 35l e mata-cachorro com pedaleira pra descanso: vira uma Goldwing rsrsrs.
Outra moto só a irmã maior 660 ou a V-Strom 650 e sem vender a Tézinha.

Eu recomendo!
Prós
Motor confiável e muito durável, além de econômico. Muito confortável! Com grande autonomia, quilômetros e quilômetros sem parar. Visual arrebatador, não tem pra concorrência. Ótimo acabamento. Suspensões muito eficientes. Moto muito versátil. Você pode trabalhar com ela a semana toda, viajar e/ou fazer uma trilhazinha leve no sítio. Extremamente viciante!
Faz muita curva, e excelente dirigibilidade.
Contras
Alguns pecados como duas coifas (guarda-pó ou sanfona) da suspensão com Km 8.000, mangueira do óleo com 500 Km!!! Uma certa falta de ânimo no motor, que é compensada pela economia, durabilidade e confiabilidade.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
8.500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (36)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Wendell Analisado por Wendell    19 de Abril de 2012
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises

Eu vim de motos street. A grande vantagem da tenere comparada as streets é o conforto oferecido, principalmente nas estradas e em locais com buracos. A desvantagem que percebi (comparada as streets) foi a diferença de peso a mais e o fato de ser maior (mais larga) tornando-a menos prática em trânsito pesado.

Eu recomendo!
Prós
Confortável para viagens curtas e médias. A altura traz uma sensação de prazer a parte. Bem econômica... média de 29km/l. Muito boa nas curvas também.
Contras
Trocas de marchas meio duras. Altura é um atrapalho para pessoas menores de 1,70. Achei a moto bem pesada também.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
14.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (31)Não (5)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
8.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Clayton Lima Analisado por Clayton Lima    01 de Agosto de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
Moto muito boa, gostosa na cidade, na estrada e principalmente na terra.
Contras
Só vendi porque em menos de um mês fui roubado 2 vezes. Graças ao bloqueador recuperei. Quem tem faça um seguro ou coloque algum rastreador.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Utilitário (trabalho)
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
20.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (31)Não (3)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Thiago Moreno Analisado por Thiago Moreno    26 de Junho de 2012
Analista Top 10  -   Ver todas as minhas análises

Conheço essa moto há pouco tempo, mas ela me surpreendeu positivamente. Muito confortável para o piloto e para o garupa graças ao banco largo e o para-brisa, ela anda muito bem na cidade e em pequenos trechos rodoviários. Faltou uma sexta marcha para manter 120 km/h, velocidade em que o motor já beira os 7.500 rpm e gera incômodo em longas distâncias. Com o tanque grande, é o jeito mais barato de brincar de Big Trail sem muito dinheiro. Por causa do visual e do porte, porém, muito frentista já me perguntou se era uma Tenere 600.

Eu recomendo!
Prós
Versatilidade
Conforto
Autonomia
Contras
Desempenho em estrada

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (28)Não (1)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
7.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Rock_SP Analisado por Rock_SP    24 de Novembro de 2012
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises

Tenho a Tenebrosa a 2 anos e estou com felizes 87500 km rodados, foram muitas aventuras juntos, 2 idas ao Ceará (Jijoca de Jericoacoara), vários bate e volta de final de semana como para BH, Curitiba e Rio de Janeiro, mais os bate e voltas de um dia.
A moto possui uma grande estabilidade na estrada, manutenção dentro com valor dentro do esperado (foram até agora 4 relações e 4 pneus traseiros e 3 dianteiros, mais as peças de desgaste normal), a moto nunca me deixou na mão, utilizo nela uma tomada 12V onde ligo meu GPS.
Dentro das limitações de seu motor de 250 cilindradas essa pequena aventureira te leva a qualquer lugar que desejar ir, uma excelente motocicleta e com muitos pontos prós!!!!

Eu recomendo!
Prós
Moto muito ágil no transito, excelente para o dia dia, com ótima média de consumo de combustível, uma moto imponente, que encara qualquer desafio, um excelente farol, com desempenho que do meu ponto de vista surpreende dentro das limitações de uma motocicleta de 250 cilindradas.
Uma moto robusta e que possui um lindo visual, um painel de fácil leitura e com todas as informações básicas, suspensão excelente, e uma ótima dinâmica no comportamento.
Contras
A densidade da espuma do banco, os freios que poderiam ser mais potentes e ela deveria vir com um bagageiro de série.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2010
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
87.500 Km
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (28)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Darth Sidious Analisado por Darth Sidious    15 de Setembro de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Pilotos de pernas curtas ou com menos de 1.70 de altura tem de ter atenção ao conduzir a moto.
Uma boa companheira de viagem.
Merece ser tratada com muito carinho e respeito e ser batizada com nome de mulher.

Eu recomendo!
Prós
A moto é muito gostosa de ser pilotada, a altura do chão é muito boa o consumo fica na casa dos 33km/l (mantendo velocidade máxima de 75km/h e trocando de marchas suavemente). O visual é arrebatador, os comandos são de fácil utilização, os faróis são sensacionais, boa para medias e longas viagens (sem pressa).
Apesar da largura, enfrenta bem o trânsito.
Muito estável
Contras
O quadro exige atenção contra pontos de oxidação (eu aplico silicone em spray após cada lavagem como forma preventiva).
A capa da corrente não impede que a roda traseira "lave" a corrente sob chuva. Uma capa mais fechada como a da xre talvez diminua essa caracteristica.
O câmbio é um pouco duro e exige paciência e precisão do piloto nas trocas de marcha, mas nada que estrague o prazer da pilotagem.
Por ter uma relação mais longa que a lander, não se mostra tão ágil quanto a lander para superar pisos com areia fofa. Para piso de terra ou lama leve encara sem problemas.
Depois de algum tempo o banco em contato com a carenagem do tanque faz um barulho tipo "nheco nheco", resolvi colocando calços de feltro fob o apoio do banco e apertando a carenagem.
A moto merecia um pneu mais largo e aros de aluminio de fábrica. Resolvi isso instalando aros D.I.D , os mesmos da xre. Os pneus ficarão para a troca.
A bolha causa uma certa turbulência no capacete, mas depois de um tempo me acostumei. O peito fica bem protegido de chuva e vento ao se pilotar em rodovia.
O compartimento para ferramentas não é protegido o suficiente.
A moto poderia ter o mesmo sistema de remoção do banco da fazer, pois há um bom espaço para guardar as tranqueiras embaixo do banco.
A yamaha poderia oferecer de fábrica o paralama dianteiro pintado de azul... tive de fazer isso a parte.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
8.300 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (24)Não (2)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
8.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Robson Casali Analisado por Robson Casali    30 de Julho de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Excelente moto

Eu recomendo!
Prós
Excelente autonomia, consumo de combustível muito bom, em média de 30km/l na cidade. Fácil de pilotar, muito ágil.
Contras
Merecia uma 6ª marcha

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
17.500 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (22)Não (1)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Denis Carvalho Analisado por Denis Carvalho    22 de Julho de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Com 1 ano e 1 mês de uso e 4200km a mangueira de óleo se rompeu. O custo dessa mangueira é de quase R$300,00 e não teve cobertura pela garantia.

Eu recomendo!
Prós
Postura de pilotagem muito confortável, muito econômica e forte.
Contras
Banco muito duro, acessórios caríssimos

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
4.800 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Alto
Esta análise foi útil para você? 
Sim (21)Não (2)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
8.0
 
Visual 
 
6.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Helio Diogenes Analisado por Helio Diogenes    09 de Agosto de 2012
Analista Top 50  -   Ver todas as minhas análises
Eu recomendo!
Prós
Moto confortavel e com bom motor. Altura excelente para andar em estradas de barro e areia.
Contras
Nao gosto do visual, o motor é bom mas poderia ser mais potente para essa moto, pois devido a sua altura sua velocidade é muito inconstante na pista, principalmente com altos e baixos.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Esta análise foi útil para você? 
Sim (18)Não (9)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
6.0
Zizo Mendel Analisado por Zizo Mendel    16 de Julho de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Amei a moto e estou bastante satisfeito com o investimento que fiz. Valeu a pena. Já estou sonhando com a Ténéré 660 Z... risos

Eu recomendo!
Prós
Tanque com capacidade para 16 litros; Consumo adequado para o tamanho da moto; Fácil de pilotar; Muito macia e confortável; Motorzão; Lindíssima.
Contras
Banco duro e incomodo para viagens longas.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
500 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (17)Não (1)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Alexandre Antonio Analisado por Alexandre Antonio    24 de Janeiro de 2013
Atualizado pela última vez: 15 de Maio de 2013
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Tenho descrito num blog minhas experiências como motoqueiro/motociclista, é mais um "diário" para meus filhos e netos saberem quem eu sou/fui.

A quem interessar, o primeiro link está aqui: http://vo1cefa2la.wordpress.com/2012/11/29/motoqueiro/

:-)

Eu recomendo!
Prós
É linda (esperei seis meses até a Yamaha lançar ela branca com a faixa de competição vermelha na diagonal, foi adquirida dia 05/12/2012).
Motor confiável, freios excelentes, autonomia excelente (16 litros de gasolina no tanque), partida elétrica e ignição eletrônica.
Manobrabilidade excelente no trânsito.
Preço de peças originais considerei "barato" e digo: capa do banco original, 78 reais (um dia após comprar a moto, ela no estacionamento onde trabalho, furaram o banco, ela contava com apenas 58 Km rodados), a capa já foi trocada. outro caso, caí parado na porta de casa, arranhou o manete do lado esquerdo, 12 reais para trocar o manete original na Autorizada Yamaha em Anápolis.
Mais um ítem que terei que trocar mas será na sexta-feira dia 25/01/2012, um espelho retrovisor direito, preço: 52 reais.
Outra coisa boa dessa moto é o farol aliás, OS faróis! Parecem o de um Mirage aqui da Base Aérea de tão densos!
Não vou falar da buzina porque nem posso, por aqui anda chovendo pacas e qualquer buzina de moto fica com voz de pato por mais nova que seja Kkkkkkkk.
Para quem tem intenção de comprar essa moto dou uma dica: ligue o motor, ele ficará entre 2.000 e 2.100 giros, espere um pouco, deixe os giros chegarem a 1.500 Rpm, dê umas aceleradas, confira a embreagem, abra o portão e, se mande! Não ande antes de o motor chegar aos 1.500 giros, é fria!
Nos dois abastecimentos que fiz até os 600 Km ela está fazendo 25,8 Km/l !

Atualizando: dia 10/05/3013 saí de Anápolis-GO e fui a São Vicente-SP, passei o dia das mães com minha mãe e retornei ontem (13/05/2013).
Saí (ontem) cinco horas da manhã, parei em Santa Rita do Passa Quatro-SP, Uberaba-MG, Catalão-GO e só! Fiz a viagem em 13 horas, cheguei na porta da minha casa em Anápolis exatamente às 17:50h!
Por aí vocês podem sentir o que essa moto (que amanhã irá para a revisão dos 5.000 Km) é capaz de fazer!

hehe!
Contras
1 - Essa moto "pede" uma "sexta" marcha, a Yamaha bem que poderia oferecer uma relação mais condizente;
2- A "reserva" do tanque de gasolina "abre" no odômetro quando ela está com 8 (oito) litros gastos (meio tanque), justamente quando é mais perigoso, se você "deitar" um pouco a mais do ângulo do descanso lateral você "cai como uma jaca" e vou dar um exemplo: sábado passado estava num cruzamento debaixo de maior chuva, parei a moto e tentei colocar o pé direito no chão, havia um pequeno buraco onde enfiei o pé e, quando senti que iria cair, estiquei o braço, rompi os ligamentos do acrômio (ombro). Outro tombo que tomei com ela foi no dia que a comprei em Goiânia, cheguei em casa (Anápolis) debaixo de chuva, a lâmpada da rua queimada, coloquei a roda dianteira na calçada, a traseira na rua, baixei o descanso e, cadê o chão! Foi o primeiro tombo (besta).
3- Tenho 1,79 de altura, 50 anos, desde os 14 anos de idade sou motoqueiro, das sete moto que tive seis foram Yamaha (duas RS-125, uma RX-125, duas DT-180) e, digo prôceis: Essa Ténéré 250 é "arisca", não "bobêem", em estrada de chão é mais fácil de controlar que parada.
4- Não é uma moto feita pra andar com garupa.
5- Mina mulher quer que eu venda ela Kkkkkkkkkkkkk Tá com ciúme! Kkkkkkkkkkkkkk!

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
600 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (17)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Silvio Analisado por Silvio    19 de Novembro de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Comprei a moto pelos comentários dos amigos que tinham a moto.
Gostei muito de andar com ela na cidade, muito ágil e de boa resposta, consumo excelente fiz 30 km/l na cidade e na estrada fiz 33 km/l.
Na estrada achei que faltava velocidade final e sofria muito nas ultrapassagens, como ela é leve sofre um pouco com o vento lateral.
O banco é muito ruim para estrada, principalmente após uma hora, depois da primeira vez na estrada troquei o banco da Gilberto Bancos, valeu cada centavo.
Rodei direto 2:30 e sem incomodo algum.
Como estava acostumado com a posição guidão da moto custom que é mais para traz, coloquei um rizer que melhorou muito minha posição na moto e deixou minha coluna em uma posição mais confortável.
Tenho 170 cm e fico na ponta dos pés na moto, já vi um adaptador que abaixa uns 5 cm, mas ainda acho que não vale apena para mim, mas para quem tem entre 160 e 165 cm deve ajudar muito.
Coloquei o suporte para bauleto lateral, mas para proteção em caso de queda. Não sei se vou colocar o bauleto, pois o ideal para moto é o E 21 da GIVI que custa em media R$520,00 o par, mas para uma viagem seria de bom tamanho o E-41 da GIVI que custa apenas R$ 1.800,00 e que não seria proporcional a moto 250 e sim uma TENERE 660, tanto em tamanho como em peso na moto.
Foi estalado um reforço de chassis na moto para não correr risco do peso do Bauleto Traseiro trincar o chassis da moto.
Instalei um sistema de fitas de LED no bauleto Traseiro GIVI E-45 para ter iluminação traseira, break light e sistema de setas.
Para aumentar a segurança ao andar a noite.

Eu recomendo!
Prós
Consumo
Dirigibilidade
Passa tranquilo no corredor
Excelente na cidade e media na estrada
Contras
Banco ruim após uma hora sentado doe todo o corpo.
Apesar de ser uma 250 cc esperava que mantivesse os 130 km/h tranquilo, mas precisa forçar o motor para isto.
Talvez por que estava acostumado com a MIRAGE 250 que chegava fácil.
Talvez una 6 ª marcha ajudasse.
freios pouco borrachudo
Para que tem abaixo de 165 cm sofre muito quando para no semáforo.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Estrada
Quilometragem
1.400 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (15)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Adenilson Tomé Analisado por Adenilson Tomé    15 de Agosto de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Excelente moto!!! Recomendo 100%. O seguro dela é no minimo metade do valor de uma XRE 300 (concorrente direta). Pouquíssima manutenção.

Eu recomendo!
Prós
- Motor de alta durabilidade;
- Econômica;
- Preço;
- Seguro + barato (comparado com honda);
- Visual.
Contras
- Banco duro para viagens longas;
- Não possuir bagageiro de fábrica;
- Os aros de ferro (tem que ser de alumínio!!);
- O pneu dianteiro poderia ser 90x90x21 ao invés de 80x90x21.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
39.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (15)Não (1)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
7.0
Damião Paz Analisado por Damião Paz    19 de Julho de 2012
Atualizado pela última vez: 19 de Julho de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Até agora a moto só tem me surpreendido. Muito boa.

Eu recomendo!
Prós
Ótima moto, anda bem na cidade e passa segurança na estrada. Ótimo consumo, tem muita 150 que não consome mais do que ela.
Contras
O preço ainda está um pouco salgado.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
2.800 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (14)Não (2)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Moisés Camargo Analisado por Moisés Camargo    22 de Fevereiro de 2013
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Volto com uma opinião mais amadurecida, racional e menos emocional, mas não menos apaixonado. Passou aquela febre de moto nova, mas as boas sensações continuam.
Ela me leva pra todo lugar: padaria, mercado, trabalho, passeio de fim de semana, longas jornadas, campo, praia, sítio, e tudo a um custo muito justo. Revisões baratas, a cada 5 mil Km, o que se traduz em baixo custo operacional e menos moto parada. Faz uns 23 a 29 Km/l, depende da pressa e do piloto, mas nunca consegui passar dos 30 Km/l como alguns relatam. Pra efeito de comparação, minha CG fazia de 22 a 30 Km/l de média, ou seja bebe pouco mesmo! É uma moto que apaixona quem vê, quem anda e até quem não gosta. Recomendo com louvor. Motor confiável, resistente e muito econômico. Nem senti a alta da gasolina.
Na cidade te traz o conforto de motos maiores, como bancos largos, postura ereta, joelhos pouco flexionados, suspensões macias sem prejudicar a ciclística e consumo e custo de moto pequena.
Na estrada anda bem, gasta pouco, faz muita curva. Tem ciclística de moto grande, não fosse a diferença de potência andaria junto com as F 800 e V-Strom na reta e na curva. Tem boa autonomia, tanque grande e gasta pouco. Posição de dirigir muito boa, permite horas de viagem sem muito cansaço. Só castiga um pouco a poupança. Mas nossa tolerância aumenta com o tempo.
Se tivesse que descrever a Ténéré com uma única palavra, seria VERSÁTIL

Eu recomendo!
Prós
Motor confiável, consumo, visual arrebatador, ciclística. O motor é indestrutível, econômico e muito eficaz. O visual é muito subjetivo, mas é a moto de 250 cc mais bonita do mercado, os proprietários das concorrentes podem até falar que não, mas acho que se derretem por ela. Seu comportamento na cidade é muito bom, tem conforto de moto grande e consumo de moto pequena. Alguns desavisados até perguntam se é "de cardã" ou se é 1000 rsrsrs. Na estada não é um canhão ou usina de força. Se quiser correr compre uma Ninja, não uma trail. Vai de 100 a 120 Km/h sem problemas. Faz muita curva e passa muita segurança. Farol, além de lindo, muito bom, painel completo, posição de pilotagem muito boa.
Contras
Banco duro e material do guarda-pó (sanfona da bengala) bem ruinzinho. O banco é meio desconfortável na estrada, principalmente depois de umas duas ou três horas rodando. Precisava falar para os projetistas da Yamaha que nosso traseiro não é de ferro!

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
13.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Baixo
Esta análise foi útil para você? 
Sim (13)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Sidney Carvalho Analisado por Sidney Carvalho    02 de Agosto de 2012
Analista Top 1000  -   Ver todas as minhas análises

Amaciando o motor e muito satisfeito com a moto

Eu recomendo!
Prós
Conforto, economia, dirigibilidade, visual
Contras
preço

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Pista
Quilometragem
509 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (11)Não (2)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
5.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
7.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Edson Castro Analisado por Edson Castro    26 de Julho de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Depois de 11 mese de uso, até hoje 26/07/2012, nenhum problema amanhã to levando para revisão dos 20.000 km
uso para ir ao trabalho e pequenas viagens no fim de semana

Eu recomendo!
Prós
Excelente dirigibilidade, otima pra superar obstaculos, boa autonomia, motor elastico ( gosta de ser exigido), e é linda.
Contras
O banco maltrata o piloto, após 1 hora de pilotagem fica dificil, mas existe banco opcional no mercado + ou - $ 500,00
as autorizadas aqui em Belem Pa arracam o olho em peças como patilha de freio $120,00

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
20.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (10)Não (0)
Denunciar esta análise
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
9.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
9.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Jean Carlos Silva Analisado por Jean Carlos Silva    22 de Julho de 2012
Analista Top 500  -   Ver todas as minhas análises

Uso diariamente no transito e a agilidade dela é ideal para a cidade... Fins de semana as vezes rola uns passeios e ela se sai muito bem na estrada e é estável em qualquer velocidade!

Eu recomendo!
Prós
Encara qualquer terreno
Mantém boa velocidade na estrada
Grande autonomia
Estabilidade em velocidades até 140 km/h
Contras
Freio dianteiro borrachudo

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2011
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
9.400 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (9)Não (0)
Denunciar esta análise
65 resultados - mostrando 1 - 20 1 2 3 4
 
Powered by JReviews