Análises escritas por Irwing Gonçalves

1 resultados - mostrando 1 - 1
 
Esportivas
 
Satisfação Geral 
 
10.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
7.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
5.0
Custo x Benefício 
 
5.0
Irwing Gonçalves Analisado por Irwing Gonçalves    31 de Maio de 2012
Analista Top 500  -  

É uma moto que vale a pena pra quem quer entender melhor como uma esportiva funciona. Tem ótima qualidade mecânica confiável.
Você só não pode esquecer que mesmo aparentando ser uma supersport ela é apenas uma 250cc, com um desempenho bem acima das motos 250 que estamos acostumados, mas mesmo assim é uma 250cc.

Pode comprar que não vai se arrepender.

Eu recomendo!
Prós
A moto está sempre à mão quando você precisa, para a estrada é uma excelente moto desde que não planeje viagens acima de 3 horas seguidas, que é quando o banco começa a incomodar um pouco. O motor ganha vida extra depois dos 7000rpm e é ai que a diversão começa. Seu habitat é realmente a estrada, faz curvas que é uma beleza, principalmente se você trocar os pneus IRC por algo melhor como um Pirelli Sport Demom que os que uso.

A aparência é realmente um diferencial na Ninja 250R, muito linda e chama atenção por onde passa. O acabamento é de primeira qualidade, digno de motos de alta cilindrada e mais caras.

O comportamento da moto em curvas é mais que excepcional, com um bom ângulo de inclinação e a moto transmite uma boa sensação de segurança e colocar a mesma no trajeto que você quer com a Ninja 250R é algo mais que natural. Você manda e ela simplesmente vai, realmente excelente.
Contras
O motor em baixa rotação é meio xoxo, mas melhora depois dos 7000rpm, ela também poderia vir com pneus melhores de fábrica. O tensor da corrente de comando deu um problema e pelo que li em outros fóruns é algo meio que comum, algum tipo de vício da Ninja 250R. Um desses caras do fórum trocou o tensor e depois de 1mil KM rodados ele voltou a apresentar o barulho chato.
Acontece que o tensor depois de um tempo relaxa e não fica na posição correta, apresentando barulho de corrente de comando batendo, o que fiz foi travar o tensor(explicarei isso no tópico Diário de Bordo da Ninja 250R).

O amortecedor se não for ajustado para o seu peso na pre-carga da mola ele vai cansar logo. Algo que as próprias concessionárias deveriam fazer ou ao menos te falar da existência dessa necessidade.
Custo de peças é muito alto, se comparando com motos de alta cilindrada em alguns casos.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2010
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
34.780 Km
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Manutenção
Alto
Esta análise foi útil para você? 
Sim (46)Não (0)
Denunciar esta análise
1 resultados - mostrando 1 - 1
Powered by JReviews