Análises escritas por Junior Maringá

3 resultados - mostrando 1 - 3
 
Trail
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
8.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
8.0
Junior Maringá Analisado por Junior Maringá    22 de Maio de 2015
Analista Top 100  -  

Saudações caríssimos!
Sou fã da NC (New Concept), moto inovadora de versatilidade irrefutável.
Excelente torque, consumo, ciclística, posição de pilotagem, estabilidade, robustez, conforto para piloto e garupa, etc.
Adorei o motor girando baixo, rodo a 110 ~ 130 km/h em qualquer condição (subida, com garupa, carregado etc) a pouco mais de 3 mil giros, rendendo cerca de 25 km/l. Claro que o consumo depende muito do punho, pois a moto mantém tranquilamente velocidades de cruzeiro bem superiores aos 110 ~130 km/h que costumo andar.
Já tive muitas motos, de diversas cilindradas (3 e 4 dígitos), confesso que a NC me surpreendeu positivamente, é sem dúvida uma moto excepcional, meu número!
Construção simples, motor resistente e de fácil manutenção, projeto mundial, vasta gama de concessionários da marca no Brasil, moto só alegria!
Tinha uma 700 usada que usei por um tempo, vendi pra pegar a 750, estou gostando ainda mais.
As outras motos são boas também, DL, Versys, Triumph, BMW, Tenere, etc, até melhores que a NC em certos aspectos, mas não adianta argumentar, pro meu uso, pra minha tocada, pros meus anseios, a NC é insuperável.

Esta análise foi útil para você? 
Sim (4)Não (0)
Denunciar esta análise
Naked
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
10.0
Conforto 
 
8.0
Performance 
 
10.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
8.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Junior Maringá Analisado por Junior Maringá    09 de Junho de 2014
Analista Top 100  -  

Moto muito boa, estou satisfeito com a aquisição. A suspensão tem diversas regulagens, contudo mesmo no mais macio ela fica ainda muito firme, compromete um pouco o conforto da motocicleta em asfalto mais irregular. As peças são caras, bem caras mesmo, um radiador custa quase 5 mil reais na autorizada, a saída é importar por conta caso haja necessidade de repor algo com preço proibitivo. O consumo de combustível é muito relativo, minha pior média foi 13 e a melhor 19, no geral fica entre 14 e 16 km/l, considerando a cc da moto acho que não bebe tanto. Já tive bandit 650 injetada, ano e modelo 2011, a diferença de consumo é desprezível, achei muito próximas as médias, não trocaria a 1250 pela 650 visando apenas economia de gasolina. Quanto ao peso, só se sente que ela pesa horrores ao manobrá-la parada, rodando é uma bicicleta. Enfim, a moto é um canhão, tem um torque hercúleo, ultrapassa fácil a barreira dos 200 km/h, faz curva muito bem, funciona como um relógio suíço, excelente custo benefício acima de 1000 cc.

Eu recomendo!
Prós
Potência, torque, ergonomia, dirigibilidade, simplicidade mecânica, resistência do conjunto, prazer ao pilotar, design, valor de aquisição, ar retrô
Contras
Consumo de combustível, suspensão, peso, peças caras, tímida representação da marca no Brasil

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2009
Tipo de uso
Lazer
Terreno testado
  • Urbano
  • Pista
Quilometragem
7.000 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (12)Não (0)
Denunciar esta análise
Street
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
10.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
10.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
10.0
Junior Maringá Analisado por Junior Maringá    11 de Abril de 2014
Analista Top 100  -  

Motocicleta excelente, os prós superam em muito os contras, aprovadíssima!

Eu recomendo!
Prós
1) Moto muito macia, filtra bem as imperfeições de percurso, não castigando tanto os ocupantes da motocicleta;
2) Muito ergonômica, tanto piloto quanto garupa encaixam na moto perfeitamente, repercutindo em facilidade de condução e manobra;
3) Excelente autonomia, tanque com capacidade que ultrapassa um pouco os 19 litros, faz sempre mais de 400 km com um tanque de álcool;
4) Mecânica simplesmente sensacional, não quebra nunca;
5) Baixo consumo de combustível, faz mais de 20 km/l com etanol e até 30 km/l com gasolina, já consegui médias piores e melhores que o citado, depende da forma de conduzir a moto;
6) Manutenção simples e barata;
7) Menos visada para roubo;
8) Possibilidade de utilizar a moto em rodovias, pois mantém bem os 110/120 km/h;
9) Relação silenciosa;
10) Não vaza óleo pelo motor, sempre sequinho por fora, sem lambuzeira;
11) Não precisa regular válvulas toda semana, igual uma XRE que tive;
12) Cabeçote e sede de válvulas de metal sólido e resistente, não de isopor;
13) Farol muito bom, ilumina bem;
Enfim, moto de qualidade diferenciada, muito boa, tenho também uma Hornet 2011 e acho menos confortável que a Fazer.
Contras
1) Rabeta molenga, vibra um pouco;
2) Poderia ter um pouco mais de torque, pra sentir menos as ladeiras quando em 2 na motocicleta, neste quesito a XRE se sai um pouco melhor, acredito que a CB 300 também;
3) Trava de capacete pouco funcional.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Ano de Fabricação
2013
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
  • Pista
Quilometragem
10.000 Km
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Manutenção
Normal
Esta análise foi útil para você? 
Sim (0)Não (0)
Denunciar esta análise
3 resultados - mostrando 1 - 3
Powered by JReviews