Análises escritas por Darth Sidious

1 resultados - mostrando 1 - 1
 
Trail
 
Satisfação Geral 
 
9.0
 
Visual 
 
9.0
Conforto 
 
9.0
Performance 
 
8.0
Dirigibilidade 
 
9.0
Consumo 
 
10.0
Custo x Benefício 
 
9.0
Darth Sidious Analisado por Darth Sidious    15 de Setembro de 2012
  -  

Pilotos de pernas curtas ou com menos de 1.70 de altura tem de ter atenção ao conduzir a moto.
Uma boa companheira de viagem.
Merece ser tratada com muito carinho e respeito e ser batizada com nome de mulher.

Eu recomendo!
Prós
A moto é muito gostosa de ser pilotada, a altura do chão é muito boa o consumo fica na casa dos 33km/l (mantendo velocidade máxima de 75km/h e trocando de marchas suavemente). O visual é arrebatador, os comandos são de fácil utilização, os faróis são sensacionais, boa para medias e longas viagens (sem pressa).
Apesar da largura, enfrenta bem o trânsito.
Muito estável
Contras
O quadro exige atenção contra pontos de oxidação (eu aplico silicone em spray após cada lavagem como forma preventiva).
A capa da corrente não impede que a roda traseira "lave" a corrente sob chuva. Uma capa mais fechada como a da xre talvez diminua essa caracteristica.
O câmbio é um pouco duro e exige paciência e precisão do piloto nas trocas de marcha, mas nada que estrague o prazer da pilotagem.
Por ter uma relação mais longa que a lander, não se mostra tão ágil quanto a lander para superar pisos com areia fofa. Para piso de terra ou lama leve encara sem problemas.
Depois de algum tempo o banco em contato com a carenagem do tanque faz um barulho tipo "nheco nheco", resolvi colocando calços de feltro fob o apoio do banco e apertando a carenagem.
A moto merecia um pneu mais largo e aros de aluminio de fábrica. Resolvi isso instalando aros D.I.D , os mesmos da xre. Os pneus ficarão para a troca.
A bolha causa uma certa turbulência no capacete, mas depois de um tempo me acostumei. O peito fica bem protegido de chuva e vento ao se pilotar em rodovia.
O compartimento para ferramentas não é protegido o suficiente.
A moto poderia ter o mesmo sistema de remoção do banco da fazer, pois há um bom espaço para guardar as tranqueiras embaixo do banco.
A yamaha poderia oferecer de fábrica o paralama dianteiro pintado de azul... tive de fazer isso a parte.

Condição do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Ano de Fabricação
2012
Tipo de uso
Meio de transporte
Terreno testado
  • Urbano
  • Terra
  • Estrada
Quilometragem
8.300 Km
Esta análise foi útil para você? 
Sim (24)Não (2)
Denunciar esta análise
1 resultados - mostrando 1 - 1
Powered by JReviews